Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/10325
Title: Gender differences in social support and leisure-time physical activity
Diferenças de gênero no apoio social e atividade física de lazer
Authors: Oliveira, Aldair J
Lopes, Claudia S
Rostilla, Mikael
Werneck, Guilherme Loureiro
Griep, Rosane Härter
Ponce de Leon, Antônio Carlos Monteiro
Faerstein, Eduardo
Affilliation: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Instituto de Educação.Laboratório de Dimensões Sociais Aplicadas à Atividade Física e ao Esporte. Seropédica, RJ. Brasil.
Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Instituto de Medicina Social. Departamento de Epidemiologia. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
University. Stockholm. Centre for Health Equity Studies. Stockholm, Sweden.
Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Instituto de Medicina Social. Departamento de Epidemiologia. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Instituto de Medicina Social. Departamento de Epidemiologia. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Instituto de Medicina Social. Departamento de Epidemiologia. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: OBJETIVO: Identificar diferenças de gênero no efeito de dimensões de apoio social na manutenção, tipo e tempo da atividade física de lazer em adultos. MÉTODOS: Estudo longitudinal com 1.278 funcionários públicos não docentes de uma universidade do Rio de Janeiro. A atividade física foi avaliada utilizando questão dicotômica, com um período de referência de duas semanas, e outras questões relativas ao tipo de atividade (individual ou grupo) e ao tempo gasto na atividade. O apoio social foi medido pelo Medical Outcomes Study Social Support Scale. Para a análise, os modelos de regressão logística foram ajustados separadamente por gênero. RESULTADOS: A regressão logística multinomial mostrou associação entre o apoio material e as atividades individuais (OR = 2,76, IC95% 1,2;6,5) entre as mulheres. O apoio afetivo foi associado com o tempo gasto em atividades físicas de lazer (OR = 1,80, IC95% 1,1;3,2) apenas entre os homens. CONCLUSÕES: Todas as dimensões de apoio social examinadas influenciaram o tipo ou o tempo gasto em atividades físicas de lazer. Em algumas dimensões de apoio social, as associações variaram segundo gênero. Estudos futuros devem elucidar os mecanismos envolvidos nessas diferenças entre os gêneros.
Abstract: OBJECTIVE: To identify gender differences in social support dimensions’ effect on adults’ leisure-time physical activity maintenance, type, and time. METHODS: Longitudinal study of 1,278 non-faculty public employees at a university in Rio de Janeiro, RJ, Southeastern Brazil. Physical activity was evaluated using a dichotomous question with a two-week reference period, and further questions concerning leisure-time physical activity type (individual or group) and time spent on the activity. Social support was measured with the Medical Outcomes Study Social Support Scale. For the analysis, logistic regression models were adjusted separately by gender. RESULTS: A multinomial logistic regression showed an association between material support and individual activities among women (OR = 2.76; 95%CI 1.2;6.5). Affective support was associated with time spent on leisure-time physical activity only among men (OR = 1.80; 95%CI 1.1;3.2). CONCLUSIONS: All dimensions of social support that were examined influenced either the type of, or the time spent on, leisure-time physical activity. In some social support dimensions, the associations detected varied by gender. Future studies should attempt to elucidate the mechanisms involved in these gender differences.
Keywords: Leisure Activities
Motor Activity
Interpersonal Relations
Gender and Health
Cohort Studies
keywords: Atividades de Lazer
Atividade Motora
Relações Interpessoais
Gênero e Saúde
Estudos de Coortes
Issue Date: 2014
Publisher: Faculdade de Saúde Pública - USP
Citation: OLIVEIRA, Aldair J. et al. Gender differences in social support and leisure-time physical activity. Rev Saúde Pública, v.48, n.4, p.602-612, 2014.
DOI: 10.1590/S0034-8910.2014048005183
ISSN: 0034-8910
Copyright: open access
Appears in Collections:IOC - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
rosane_griep3etal_IOC_2014.pdf226.33 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.