Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/10430
Title: Rituais e símbolos na atenção formal à saúde: o caso do vestuário profissional, na ótica de pacientes da atenção básica
Authors: Fontanella, Bruno José Barcellos
Silva, Fernanda Rodrigues da
Gomes, Romeu
Affilliation: Universidade Federal de São Carlos. Centro de Ciências Biológicas e da Saúde. Área de Saúde Mental. Departamento de Medicina. São Carlos, SP, Brasil.
Universidade Federal de São Carlos. Curso de Medicina. São Carlos, SP, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Fernandes Figueira. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Este trabalho teve como objetivo analisar e interpretar as reflexões e experiências de usuários frequentadores do serviço de Atenção Primária à Saúde / Unidades de Saúde da Família (US F) sobre o uso do jaleco branco ou roupas brancas por médicos e outros profissionais de saúde. O método utilizado foi o de entrevistas individuais com questões abertas, em profundidade, com usuários de US F, transcritas integralmente e analisadas quanto ao conteúdo e enunciados. A amostra foi fechada por saturação teórica. Como resultado, identificou-se nas 11 entrevistas uma marcante assimetria sociocultural e psicológica como pano de fundo dos três núcleos de sentido identificados: vestuário como marca identitária; vestuário não valorizado como símbolo de competência profissional e vestuário interferindo, positiva ou negativamente, nas relações entre clínicos e pacientes. Discutem-se a premência à simbolização na área da saúde, as dificuldades dos participantes em discorrer sobre o tema e sobre o porquê da emergência de possíveis novos símbolos de competência. Finalmente, concluiu-se que compreender os significados atribuídos pelos usuários dos sistemas de saúde aos atos e práticas realizados por seus cuidadores pode contribuir para o aperfeiçoamento progressivo dessas práticas formais de cuidado. Embora as funções ritualísticas dos comportamentos e objetos utilizados nos atos de cuidado à saúde sejam mais facilmente observadas nas chamadas práticas informais e populares, elas persistem nas maneiras formais ou profissionais de agir. Esse tipo de fenômeno se deu após a emergência da medicina científica moderna, com o jaleco branco, por exemplo, e ainda se dá, na atualidade, embora novos símbolos pareçam surgir e ocupar esse espaço ritualístico.
keywords: Relações Profissional-Paciente
Relações Médico-Paciente
Vestuário
Antropologia
Comportamento Ritualístico
DeCS: Relações Profissional-Paciente
Relações Médico-Paciente
Vestuário
Antropologia
Comportamento Ritualístico
Issue Date: 2012
Publisher: Instituto de Medicina Social
Citation: FONTANELLA, Bruno José Barcellos. et al. Rituais e símbolos na atenção formal à saúde: o caso do vestuário profissional, na ótica de pacientes da atenção básica. Physis (Rio J.)., Rio de Janeiro, v. 22, n. 2, p. 507-525, 2012.
ISSN: 0103-7331
Copyright: open access
Appears in Collections:IFF - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rituais e símbolos na atenção formal à saúde o caso do vestuário....pdf1.01 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.