Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/12857
Title: Participação do fator inibidor da migração de macrófagos (MIF) no processo inflamatório pulmonar induzido por sílica em camundongos
Advisor: Silva, Patricia Machado Rodrigues e
Members of the board: Bou Habib, Dumith Chequer
Bozza, Marcelo Torres
Santos, Thereza Fonseca Quirico
Authors: Gallois, Kene Dique
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Abstract: A silicose é a pneumoconiose de maior prevalência no Brasil e resulta da exposição às partículas de sílica cristalina, sendo caracterizada por infiltrado inflamatório, deposição de colágeno e formação de granulomas, em um contexto dependente de uma gama de mediadores. O fator inibidor da migração de macrófagos (MIF) é uma citocina pró-inflamatória atuante em diferentes tipos de patologias, sendo importante em respostas imunes e nos mecanismos decorrentes do dano tecidual. Neste trabalho, investigamos a participação do MIF no moelo experimental de silicose murina. Camundongos \201Cwild-type\201D (BALB/c) e MIF \201Cknockout\201D (MIF-/-) foram submetidos à instilação intranasal com 10 mg de sílica, sendo as análises realizadas 7 (fase aguda) e 28 dias (fase crônica) pós-sílica. Verificamos a existência de um aumento significativo no número de leucócitos totais no lavado broncoalveolar de camundongos silicóticos em 7 dias. O mesmo perfil foi observado no caso de células mononucleares e neutrófilos, enquanto que o número destes últimos permaneceu elevado por pelo menos 28 dias. A análise tecidual revelou a presença de um intenso infiltrado de células inflamatórias 7 dias pós-sílica, seguido de progressão da resposta fibrótica com formação de granulomas peribronquiolares em 28 dias. Vimos, também, que os camundongos silicóticos exibiram um aumento na deposição de colágeno nos pulmões, quando comparados aos controles, juntamente com elevação significativa nos níveis das quimiocinas M IP-1\03B1 MIP-2 e das citocinas fibrogênicas TNF-\03B1 e TGF-\03B2, em ambos os tempos analisados. Esse fenômeno apresentou correlação direta com o quadro de comprometimento da função pulmonar (aumento de resistência e elastância) e de hiperreatividade das vias aéreas ao agente broncoconstrictor metacolina Os camundongos MIF-/- sílica apresentaram, ainda, na fase aguda, redução nos níveis de MIP-1\03B1 e MIP-2, em paralelo a um menor infiltrado leucocitário, expressão diminuída do marcador F4/80 e de menor proporção dos granulomas, acompanhado por redução da resposta de hiperreatividade das vias aéreas. Em contraste, foi verificado processo exacerbado de granulomas no pulmão dos camundongos sílica MIF-/- 28 dias pós-sílica, através da detecção de marcado aumento na área tecidual ocupada por granulomas, menor deposição de colágeno e níveis elevados de TNF-\03B1 e TGF-\03B2, quando comparados aos camundongos \201Cwild-type\201D. Além disso, foi detectada, na fase crônica da doença, uma expressão elevada de \03B1-SMA no pulmão de camundongos sílica MIF-/-, refletindo a presença de miofibroblastos. Observamos, ainda, que camundongos silicóticos tratados com anticorpo neutralizante anti-MIF apresentaram comprometimento da função pulmonar e alterações morfológicas no tecido pulmonar reduzidos, indicando a participação do MIF como mediador pró-inflamatório de fase aguda da silicose. Em conclusão, nossos resultados indicam que o MIF coloca-se como um mediador atuante na modulação do quadro silicótico, constituindo um potencial alvo para intervenção terapêutica no caso da doença humana
Abstract: Silicosis is the pneumoconiosis of highest prevalence in Brazil and is of crystalline silica particles, being characterized by granuloma formation, in a way dependent on a wide range of mediato migration inhibitory factor (MIF) several inflammatory diseases to investigate the potential role of MIF in a model of (BALB/c) and MIF knockout the analyses made on day 7 (acute phase) and 28 (chronic phase). increase in the number of total l mice, on day 7 after silicosis induction mononuclear cells and neutrophil least 28 days. Tissue analyses day 7, followed by fibrotic response day 28. We also noted that silicotic mice exhibited an increase in a marked increase in the levels of MIP increase in the levels of fibrogenic cytokines TNF These phenomena directly correlated resistance and elastance) and MIF-/- silicotic mice showed hyperreactivity to methacholine of MIP-1 and MIP-2 and F4/80 expression and granuloma area phase, a marked increased in granuloma tissue area compared to WT mice, together with lower collagen deposition and and TGF- . An increase in the expression of also noted. When silicotic mice were treated with anti the reduced pulmonary function and tissue damage were noted, indicating a role for MIF as a proinflammatory mediator in silicosis. In conclusion, our results to play a relevant modulatory role in as a potential therapeutic target in human disease.
DeCS: Fibrose
Silicose
Pneumonia
Fatores Inibidores da Migração de Macrófagos
Issue Date: 2009
Citation: GALLOIS, K. D. Participação do fator inibidor da migração de macrófagos (MIF) no processo inflamatório pulmonar induzido por sílica em camundongos. 2009. 73f. Dissertação (Mestrado em Biologia Celular e Molecular) - Fundação Oswaldo Cruz, Instituto Oswaldo Cruz, Rio de janeiro, RJ, 2009
Date of defense: 2009
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz
Program: Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular
Copyright: open access
Appears in Collections:IOC - PGBCM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
kene_gallois_ioc_mest_2009.pdf8.71 MBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.