Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/13818
Title: Estudo longitudinal da infecção por hantavirus em roedores silvestres no estado do Paraná
Advisor: D'Andrea, Paulo Sérgio
Members of the board: Rangel, Elizabeth Ferreira
Almeida, Alzira Maria Paiva de
Bergallo, Helena de Godoy
Baptista, Darcílio Fernandes
Kajin, Maja
Authors: Teixeira, Bernardo Rodrigues
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: A Síndrome Cardio-Pulmonar por Hantavírus (SPH) é uma zoonose cuja emergência está relacionada a alterações ambientais que modificam os padrões de riqueza e abundância das espécies. Nestas situações, espécies de hábitos generalistas/oportunistas podem ser favorecidas, como é o caso das principais espécies de roedores hospedeiros de hantavírus no Brasil. Em geral os hantavírus apresentam uma associação específica entre o genótipo viral e a espécie de roedor hospedeiro, entretanto trabalhos recentes vêm reportando a ocorrência de spillover em hospedeiros secundários. No Brasil, são conhecidos nove genótipos virais, sendo cinco associados a roedores e casos de SPH e quatro associados apenas a roedores hospedeiros. O Estado do Paraná é o 4º em número de casos de SPH no Brasil e o município de General Carneiro se localiza na região da Floresta Ombrófila Mista, região que concentra a maioria dos casos do Estado. Este trabalho teve como objetivos: (1) Caracterizar a fauna de pequenos mamíferos e determinar a taxa de infecção por hantavírus em roedores silvestres em quatro unidades de paisagem do Estado do Paraná; (2) realizar um estudo das populações de roedores silvestres e de sua infecção por hantavírus, no município de General Carneiro/PR, considerando os parâmetros populacionais, as variáveis de micro-habitat e a estrutura das comunidades, ao longo de dois anos. A identificação taxonômica foi baseada na análise cariotípica e, quando necessário, pela análise da morfologia craniana. Os espécimes infectados por hantavírus tiveram sua identificação específica confirmada por sequenciamento do gene Citocromo b. O diagnóstico de infecção por hantavírus foi realizado através de ensaio imunoenzimático ELISA, utilizando o antígeno Araraquara, e sequenciamento de DNA O levantamento de espécies foi realizado em sete municípios do Estado do Paraná e o estudo temporal em General Carneiro foi realizado em seis áreas com diferentes graus de conservação. Foram encontradas no total 14 espécies de roedores e 7 de marsupiais, todas de ocorrência frequente no Estado do Paraná. As principais espécies hospedeiras foram os roedores Akodon montensis e Oligoryzomys nigripes, associados aos genótipos virais Jaborá (JABV) e Juquitiba (JUQV), respectivamente. O grau de conservação das áreas não influenciou a composição das espécies ou a ocorrência de hantavírus no estudo temporal. As quatro espécies infectadas (Akodon serrensis, Akodon montensis, Akodon paranaensis, Oligoryzomys nigripes) apresentaram maiores prevalências de infecção na primavera/verão, estações com maior atividade reprodutiva, maior quantidade de indivíduos adultos e menores tamanhos populacionais. Maiores tamanhos populacionais ocorreram no outono/inverno devido à grande quantidade de indivíduos jovens recrutados. Estes padrões populacionais foram semelhantes também para Oxymycterus judex e Thaptomys nigrita. No estudo total foram identificadas infecções spillover em A. montensis/JUQV, O. judex/JUQV, A. serrensis/JABV, A. paranaensis/JABV e A. paranaensis/JUQV. Estas infecções spillover ocorrem em períodos de baixa prevalência nos hospedeiros primários, sendo importantes na manutenção dos genótipos JABV e JUQV no ambiente. A infecção spillover entre A. serrensis e A. montensis está relacionada a ocupação do micro-habitat por estas espécies. A infecção por JABV em roedores está relacionada à uma menor abundância de A. serrensis, à presença de roedores machos adultos e à ocorrência da espécie A. montensis nas áreas de estudo
Abstract: Hantavirus cardio - pulmonary syndrome (HPS) is a zoonosis whose emergence is associated to habitat disturbance that alter diversit y and abundance of natural communities, thereby favoring generalist/opportunistic rodent species , as is the case of the main species of hantavirus rodent hosts in Brazil. Each hantavirus genotype is associated predominantly with a specific rodent host spec ies; however, an increasing number of studies have reported the occurrence of hantavirus spillover to secondary hosts. Until now, there are nine known viral genotypes in Brazil , five of them are associated with rodents and HPS cases, and the remaining are associated with rodent hosts only . The state of Paraná has one of the highest incidences of HPS in Brazil and the General Carneiro municipality is located in Mixed Ombrophilous Forest, a biome with the highest incidence of HPS in Paraná. This study purpose was (1) to conduct a survey of small mammals and their hantavirus infection in the State of Paraná, southern Brazil ; (2) to analyze population dynamics, micro - habitat associations and community structure of rodent hosts and hantavirus infection over a two - year period in General Carneiro municipality . All species were identified by karyotyping or cranial morphology/morphometry. Hantavirus antibody - positive specimens were confirmed by molecular analysis (amplification of the cytochrome b gene). Serum and tis sue samples obtained from rodents were submitted to IgG enzyme - linked immunosorbent assay (ELISA), using N - Araraquara hantavirus recombinant nucleocapsid protein, and DNA sequencing, respectively. The species survey was conducted in seven counties and the two - year study in General Carneiro was conducted in six sites with different vegetational types . Fourteen rodent species and seven marsupial species were captured , all of them considered common species in Paraná . The main host species were Akodon montensis and Oligoryzomys nigripes associated with Jaborá Virus genotype ( JABV) and Juquitiba virus genotype ( JUQV), respectively. T he species composition and the occurrence of hantavirus were not correlated to any vegetation type in two - year study . A clear patter n of higher hantavirus prevalence in seasons with higher reproductive activity, greater numbers of adult individuals and lower population size was observed for the hantavirus infected species ( A. serrensis , A. montensis , A. paranaensis , O. nigripes ). Incre ases in rodent abundance occurred in cooler months with higher numbers of younger individuals . These population patterns were also similar for Oxymycterus judex and Thaptomys nigrita . Spillover infections of A. montensis /JUQV, O. judex /JUQV, A. serrensis /J ABV, A. paranaensis /JABV and A. paranaensis /JUQV were observed. The spillover infections to secondary hosts took place during periods of low prevalence in the primary host, which suggest that secondary hosts may play an important role for maintaining JABV and JUQV sylvatic cycles. The spillover infection between A. serrensis and A. montensis is related to micro - habitat preferences of these species . The JABV infection in rodents is related to a lower abundance of A. serrensis and the occurrence of adult male rodents and A. montensis in the study areas
DeCS: Infecções por Hantavirus/diagnóstico
Doenças dos Roedores
Estudos Ecológicos
Síndrome Pulmonar por Hantavirus
Issue Date: 2013
Citation: TEIXEIRA, Bernardo Rodrigues. Sexualidade e gênero na pesquisa e na prática de Ensino em Biociências e Saúde. 2013. 139 f. Tese (Doutorado em Biologia Parasitária) - Fundação Oswaldo Cruz, Instituto Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2013.
Date of defense: 2013-Out-31
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Pós-Graduação em Biologia Parasitária
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz
Program: Programa de Pós-Graduação em Biologia Parasitária
Copyright: open access
Appears in Collections:IOC - PGBP - Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
bernardo_teixeira_ioc_dout_2013.pdf5.31 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.