Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/14191
Full metadata record
DC FieldValue
dc.contributor.advisorBoller, Maria Aparecida Affonso
dc.contributor.authorOliveira, Eliane Cristina de Freitas
dc.date.accessioned2016-05-11T12:50:35Z
dc.date.available2016-05-11T12:50:35Z
dc.date.issued2014
dc.identifier.citationOLIVEIRA, E. C. F. Controle da qualidade do plasma hiperimune equino antibotrópico produzido no Instituto de Biologia do Exército. 2013. 46 f. Trabalho de conclusão de curso(Especialização em Vigilância Sanitária)-Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2013.
dc.identifier.urihttps://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/14191
dc.description.abstractOs acidentes ofídicos têm importância em saúde pública em virtude de sua grande frequência e gravidade. O tratamento para esses acidentes consiste na administração de soro antiofídico, cuja matéria-prima é o plasma hiperimune equino de animais hiperimunizados contra o veneno ofídico. Para a avaliação da qualidade do plasma hiperimune equino antibotrópico produzido no Instituto de Biologia do Exército através da determinação da potência desse plasma foram utilizados quarenta equinos, obedecendo ao protocolo de produção recebido do Instituto Butantan. As amostras de sangue dos cavalos foram colhidas no 22o dia de cada ciclo. Foi realizada a prova de atividade (potência) em um pool dessas amostras o que permitiu calcular e determinar a potência do plasma. A pesquisa durou quatro ciclos de produção do ano de 2012. Foi feita uma comparação da potência do plasma de cada ciclo de produção com o que preconiza a legislação e a Farmacopeia Brasileira. Em todos os ciclos de produção, a potência do plasma hiperimune equino antibotrópico ficou acima do limite mínimo especificado pela legislação e pela Farmacopeia Brasileira. A pesquisa proposta permitiu concluir que o plasma hipermune equino antibotrópico produzido no Instituto de Biologia do Exército no ano de 2012 está dentro do padrão de qualidade estabelecido pela legislação.
dc.language.isopor
dc.rightsopen access
dc.titleControle da qualidade do plasma hiperimune equino antibotrópico produzido no Instituto de Biologia do Exército
dc.typeTCC
dc.degree.date2013
dc.degree.departmentCoordenação de Pós-Graduação
dc.degree.grantorFundação Oswaldo Cruz. Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde
dc.degree.localRio de Janeiro/RJ
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Vigilância Sanitária
dc.creator.affilliationFundação Oswaldo Cruz. Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde
dc.contributor.memberAraújo, Humberto Pinheiro de
dc.contributor.memberLucas, Elizabeth Porto Reis
dc.contributor.memberDias, Alexandre Alves de Souza de Oliveira
dc.subject.decsAntivenenos
dc.subject.decsSoros Imunes
dc.subject.decsBothrops
dc.subject.decsControle de Qualidade
dc.subject.decsVigilância Sanitária
Appears in Collections:INCQS - Trabalhos de Conclusão de Curso - Especialização

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
50.pdf749.28 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.