Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/14363
Title: Comunicação, informação e controle social no SUS: um estudo em dois municípios da região metropolitana de Belo Horizonte/MG
Advisor: Oliveira, Valdir de Castro
Members of the board: Santos, Adriana Kelly
Van Stralen, Cornelis Jhoannes
Oliveira, Valdir de Castro
Lerner, Kátia
Reis, Gilberto Antônio
Authors: Diniz, Berenice de Freitas
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde. Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Abstract: Esse trabalho se propôs a estudar a comunicação e informação para o controle social no Sistema Único de Saúde (SUS). Os objetos empíricos desse estudo foram os Conselhos de saúde de dois municípios de pequeno porte, situados na Região Metropolitana de Belo Horizonte/MG: Brumadinho e Sarzedo. Partindo do pressuposto de que qualquer forma de controle social se faz com práticas comunicacionais e informacionais, objetivou-se analisar até que ponto há um uso efetivo da comunicação e informação para o controle social: seja no interior dos conselhos na sua prática cotidiana ou, externamente, na comunicação com a sociedade. A metodologia utilizada foi a pesquisa qualitativa, utilizando-se o método de análise documental, entrevista com conselheiros de saúde e observação participante. Na análise documental, foram analisados relatórios de conferências de saúde, atas e pautas das reuniões dos conselhos de saúde, com temas que se relacionavam com comunicação e informação para o controle social. A entrevista com conselheiros foi realizada a partir de questionário semiestruturado a fim de obter informações sobre a percepção dos conselheiros sobre o tema ―comunicação e informação para exercício do controle social no SUS‖. A observação participante permitiu verificar como ocorrem as relações comunicacionais nos espaços das reuniões dos conselhos. Os resultados da pesquisa confirmaram a nossa hipótese, de que há poucos investimentos informacionais e comunicacionais nos conselhos de saúde e isso dificulta e compromete a participação dos conselheiros. A falta de diálogo do conselho com a sociedade acarreta o desconhecimento sobre as suas ações e isso atribui um grau de pouca importância do órgão pela população.
Abstract: This work intended to study communication and information for social control in the Unified Health System (SUS). The empirical objects of this study were healthcare councils from two small towns located in the Metropolitan Region of Belo Horizonte / MG - Brumadinho and Sarzedo. Assuming that any form of social control is made with communication and information practices, the objective was to exa mine the extent to which there is an effective use of communication and information for social control, either within the councils in their daily practice or externally in communication with society. The methodology was qualitative research using the metho d of documentary analysis, interviews with health advisors and participant observation. In document analysis were analyzed reports from health conferences, Healthcare Council ́s minutes and agendas in the light of communication and information for social co ntrol. The interview was held with counselors by applying a semi - structured questionnaire in order to obtain information on counselor perceptions on the topic of communication and information for the exercise of social control in SUS. Participant observati on aimed to verify how communicational relationships occur in the Council meeting spaces. The survey results confirmed our hypothesis that there are few informational and communicational investments in healthcare councils, and this complicates and compromi ses counselors‘ participation. The lack of dialogue between the Council and society results in ignorance of their actions by the population leading to a perception that the organ is of a minor importance.
DeCS: Sistema Único de Saúde
Conselhos de Saúde
Conferências de Saúde
Participação Social
Issue Date: 2014
Citation: DINIZ, B de F. Comunicação, informação e controle social no SUS: um estudo em dois municípios da região metropolitana de Belo Horizonte/MG. 2014. 170f. Dissertação (Mestrado em Informação e Comunicação em Saúde) - Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde, Rio de janeiro, RJ, 2014.
Date of defense: 2014
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Pós-Graduação em Informação e Comunicação em Saúde
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde
Program: Programa de Pós-Graduação em Informação e Comunicação em Saúde
Copyright: open access
Appears in Collections:ICICT - PPGICS - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
berenice_diniz_icict_mest_2014.pdf1.74 MBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.