Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/1472
Full metadata record
DC FieldValue
dc.contributor.authorVargas, Eliane Portes
dc.contributor.authorMaksud, Ivia
dc.contributor.authorMoás, Luciane da Costa
dc.contributor.authorBritto, Ruth
dc.date.accessioned2011-02-10T11:56:21Z
dc.date.available2011-02-10T11:56:21Z
dc.date.issued2010
dc.identifier.citationVARGAS, Eliane Portes et al. A construção do sentido nos tratamentos religiosos. RECIIS - Revista Eletrônica de Comunicação, Informação & Inovação em Saúde, Rio de Janeiro, v. 4, n. 5, p. 3-13, dez. 2010.
dc.identifier.issn1981-6286
dc.identifier.urihttps://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/1472
dc.description.abstractEste trabalho tem por objetivo compreender como a temática do HIV/Aids vem sendo problematizada na área da Saúde Coletiva, em sua interface com o campo dos denominados “direitos sexuais e reprodutivos” e das tecnologias reprodutivas como uma inovação tecnológica ainda pouco debatida no âmbito das políticas públicas de saúde. Para tanto, examina os marcos do atual debate em torno da reprodução medicamente assistida, tendo em vista os diferentes enfoques encontrados na literatura acadêmica sobre o tema, no âmbito das políticas públicas de saúde voltadas para o HIV/Aids e para as mulheres. Pressupõe que questões históricas e políticas relativas à formação desses campos se refletem na maneira como esse tema, ainda escasso na literatura examinada, tem sido abordado. A análise desenvolvida apóia-se em estudos disponíveis realizados nesse campo, em documentos oficiais e mídia impressa, e reúne um conjunto de reflexões acerca dos temas reprodução assistida, HIV/Aids e direitos reprodutivos.
dc.description.abstractEste trabalho tem por objetivo compreender como a temática do HIV/Aids vem sendo problematizada na área da Saúde Coletiva, em sua interface com o campo dos denominados “direitos sexuais e reprodutivos” e das tecnologias reprodutivas como uma inovação tecnológica ainda pouco debatida no âmbito das políticas públicas de saúde. Para tanto, examina os marcos do atual debate em torno da reprodução medicamente assistida, tendo em vista os diferentes enfoques encontrados na literatura acadêmica sobre o tema, no âmbito das políticas públicas de saúde voltadas para o HIV/Aids e para as mulheres. Pressupõe que questões históricas e políticas relativas à formação desses campos se refletem na maneira como esse tema, ainda escasso na literatura examinada, tem sido abordado. A análise desenvolvida apóia-se em estudos disponíveis realizados nesse campo, em documentos oficiais e mídia impressa, e reúne um conjunto de reflexões acerca dos temas reprodução assistida, HIV/Aids e direitos reprodutivos.
dc.language.isopor
dc.rightsopen access
dc.subject.otherHIV
dc.subject.otherAids
dc.subject.otherTecnologias reprodutivas
dc.subject.otherDireitos reprodutivos
dc.titleHIV/Aids, direitos reprodutivos e tecnologias reprodutivas: mapeando diferentes perspectivas
dc.typeArticle
dc.identifier.doi10.3395/reciis.v4i5.368pt
dc.creator.affilliationFundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
dc.creator.affilliationUniversidade Federal Fluminense. Instituto de Saúde da Comunidade. Niterói, RJ, Brasil.
dc.creator.affilliationUniversidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Instituto de Ciências Humanas e Sociais. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
dc.creator.affilliationUniversidade Plínio Leite. Centro Universitário Plínio Leite. Niterói, RJ, Brasil.
dc.subject.enHIV
dc.subject.enAids
dc.subject.enReproductive technologies
dc.subject.enReproductive rights
Appears in Collections:ICICT - RECIIS - Volume 4 - Número 5
IOC - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
368-2052-5-PB.pdf276.84 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open
368-2054-5-PB.pdf247.46 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.