Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/15312
Title: Fauna Triatominae do Estado da Bahia, Brasil. I — As espécies e distribuição geográfica.
Authors: Sherlock, Ítalo Rodrigues de Araújo
Serafim, Elizete M
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz. Salvador, BA, Brasil
Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz. Salvador, BA, Brasil
Abstract: Este é a primeira de uma série de publicações sobre os triatoviineos do Eslado da Bahia , com base nos áados obtidos na. inspeção de 889.972 domicílios de 11.045 localidades do EHado, nos nyics de 1957 a 1971, quando se coletaram 33.588 exemplares do h emiptero. Foram identificadas 18 espécies per tencentes a 4 gêneros, conforme a seguir <’ relatado. Triatoma rubrovária, referida em antiga citação, não mais ocorre 'io Estado. Triatoma bahiensis veràeu sua validade específica, sendo considerada apenas urna variedade de T. pessoai. Exisif.m também varieaades de outra* espécies, as quate serão estudadas com mais detalhes noutros trabalhes futuros. Panstrongylus megistus é principalmente abundante na. faixa litorânea do Estado, com florestas latijoleadas, onde ns condições ae umidade são elevadas e c clima, é tropical quente e úmido. É a espécie considerada de maior impor - iãnciri no. transmissão da Doença de Chagas na. Bahia. T. brasiliensis foi encontrada c cmumente nas áreas de clima estépico com vegetação xerófila. A sua. presença em áreas de clima, tropical quente e úmido, foi traduzida como send.o uma variedade da esvécie. O seu encontro em áreas ae florestas lati.folead.as úmidas com clima de selvas, foi aceito como devido, possivelmente, ao transporte mecânico. Verificou-se que T. infestans, antes limitada ao paralelo 16° nos climas ?nesotérmicos. está se disseminando, provavelmente por ação mecânica para áreas possuidoras de características climáticas diversas. T. sórdida foi encontrada somente nas áreas de clima seco. seguindo ae uma maneira geral o curso dos rios. T. rubrofasciata permaneceu com sua distribuição limitada a duas cidades coloniais na zona litorânea, rarefazendo-se nestes últimos anos, provavelmente devido a higienização por que passam os locais de <ua antiga penetração. O gênero Rhodnius que é representado pelo R. negletus, constou de um só exemplar coletado n um domicílio, em zona. de clima, estéptico. com vegetação xerófila. Do género Psamolestes, foi considerada como a única espécie ocorrente o F. tertius. Esta espécie está aissemina.da por tedo o Estado, dependendo provavelmente a sua distribuição da dos ninhos das aves nos quais colonizam. ,4.ç seguintes espécies também ocorrem, porém em menor densidade, às veies se?ido representadas por achados fortuitos, e tem limitadas áreas de distribuição no Estado: P. diasi. P. geniculatus, P. lutzi, T. costalimai, T. lenti, T maculata, T. melanocephala, P. pessoai, T. petrochii e T. tíbíamacuiata.
Abstract: This is the first of a series on the Triatominae (Hemiptera. Reduviidae> cf the State of Bahia, Brazil. Surveys were made, of 889,972 dwelling? in 11,04s localities of the State and 33,588 bugs were collected. Four genera and eighteen species oj Triatominae were identified, as follows. Triatoma bahiensis Sherlock & Serafim, 1967 is here considered tc be a s y n onym oi subspecies of T. pessoai Sherlock & Serafim, 1967. Other subspecies or races of other Triatominae have been encountered in Bahia. and will be considered fully elsewhere. Panstrongylus megistus (Burmeister, 1835) is more abundant in the l i t toral areas with tropical climate, high h umid ity and broad-leaved forest vegetation. P. megistus is considered to be the most impor tant vector of Chagas Disease in the State 0] Bahia. 1. brasiliensis Neiva, 1911 is principally fo und in areas with an arid climate and xerophilic vegetation. I t was also found in some areas with tropical humid climate, where it ma y be a d iffe ren t race. Some specimens were also caught in areas with a cooler climate and vegetation of moist broad-leaved forest. The spread of T. brasiliensis to this area is considered to be due to h um a n agency T. inie s tans Klug, 1834, once limited in Brazil to tempe rate areas south of the 16th parallel, ?ias been spreading northward through areas with diverse climate characteristics, possibly due to accidental means. T. sordida (Stal, 1859) was fo u n d to have a riverain distributioji in areas with dry climate. T. rubrofasc ia ta <£>e Geer. 1773) is limited to two old colonial ports in the State. Years ago it was quite abundant in these places. Improvements in s a n itary conditions in recent years probagly account for the present scarcity of ihis species in both localities. The following species were fo u n d in small numbers and in limited areas: P. diasi (Pinto & L en t) , P. geniculatus (Latreille), P. lutzi (Neiva & L en t) , T. costalimai Verano & Galvao, T. lenti Sherlock & Serafim, T. ma cu la ta Erickson, 1. melanoc epha la Neiva & Pinto, T. pessoai Sherlock & Serafim. T. petrochii Pinto & Barreto, and T. tibiama culata Pinto. A single specimen of Rhodnius neglectus Lent, 1940 was caught, for the fir st time, in a house in a dry area of the nor thwes t part of the State. Of the genus Psamolestes, only P. tertius Lent & Juberg, 1965 was found all over the State. This species ivas restricted to suitable bird nests, lohich are its normal habitat.
keywords: Doença de Chagas
Triatomíneos
Panstrongylus megistus
Triatoma infestans
Issue Date: 1972
Publisher: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical
Citation: SHERLOCK, I. R. A.; SERAFIM, E. M. Fauna Triatominae do Estado da Bahia, Brasil. I — As espécies e distribuição geográfica. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, v. 6, n. 5, p. 265-276, 1972.
Description: Chamado antes como: Núcleo de Pesquisas da Bahia do Instituto de Endemias Rurais da Fundação Instituto Oswaldo Cruz.
ISSN: 0037-8682
Copyright: open access
Appears in Collections:BA - IGM - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Sherlock IA Fauna triatominae do estado I.pdf1.21 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.