Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/17425
Title: A Escola de Medicina da Bahia ou o lugar onde Pedro Archanjo foi bedel: representações de estereótipos acerca de macumba, loucura e crime
Authors: Mandarino, Ana Cristina de Souza
Gomberg, Estélio
Affilliation: Universidade Federal de Sergipe
Universidade Federal da Bahia
Abstract:  O presente artigo objetiva discutir, através da ideologia vigente entre os integrantes da Escola de Medicina da Bahia, como estes vão tratar a questão da loucura e da criminalidade frente aos novos paradigmas científicos do Século XIX e de como estes vão ser responsáveis pela concepção dos estereótipos que vão incindir sobre negros, mestiços e adeptos das religiões afrobrasileiras. Também analisaremos, através daquela que se tornou a publicação científica mais importante da época - Gazeta Médica da Bahia - , como os ideais e valores de uma classe em emergência eram difundidos com vistas à manutenção de um ideal – o fim da miscigenação.   
keywords: Escola Médica da Bahia
Gazeta Médica da Bahia
Esteriótipos
Religiões Afro-Brasileiras
Issue Date: 2015
Publisher: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Comunicação e Informação Cientifica e Tecnológica em Saúde.
Copyright: open access
Appears in Collections:ICICT - RECIIS - Volume 4 - Número 3

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
8.pdf257.8 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.