Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/18029
Full metadata record
DC FieldValue
dc.contributor.advisorDiotaiuti, Liléia Gonçalves
dc.contributor.authorBustamante Gomez, Marinely Blanca
dc.date.accessioned2017-03-13T19:01:47Z
dc.date.available2017-03-13T19:01:47Z
dc.date.issued2016
dc.identifier.citationBUSTAMANTE GOMEZ, Marinely Blanca. Caracterização e distribuição da resistência a deltametrina de populações silvestres e domésticas de Triatoma infestans da Bolívia. 2016. 77 f. Tese (Doutorado em Ciências - Concentração Doenças Infecciosas e Parasitárias)-Centro de Pesquisas René Rachou, Fundação Oswaldo Cruz, Belo Horizonte. 2016.
dc.identifier.urihttps://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/18029
dc.description.abstractA persistência do Triatoma infestans e a transmissão contínua de Trypanosoma cruzi nos Vales Inter-Andinos e no Grande Chaco da Bolívia são de grande importância. Na última década, focos silvestres desta espécie foram descritos em amplas áreas, na qual o alcance das estratégias de controle do vetor é limitado, sendo frequentes os relatos de resistência do T. infestans a inseticidas, que incluem populações silvestres e domésticas. O presente estudo teve como objetivo caracterizar o perfil de suscetibilidade (1) e hereditariedade (2) de populações silvestres e domésticas de T. infestans da Bolívia à deltametrina, bem como descrever a área de distribuição das populações resistentes a diferentes piretróides na América do Sul (3). 1) Foram avaliadas nove populações de T. infestans silvestres e domésticas do Grande Chaco e dos Vales Inter-Andinos da Bolívia. Três amostras silvestres de T. infestans (dark morph) do Chaco (Santa Cruz) foram suscetíveis a deltametrina (RR50 de <2), com 100% de mortalidade em resposta a dose diagnóstica (DD). A população doméstica de Villa Montes do Grande Chaco (Tarija) apresentou altos níveis de resistência (RR50 = 129,12 e 0% DD). Do mesmo modo, as populações domésticas dos Vales Inter-Andinos (Cochabamba) apresentaram RR50 > 9, sendo as populações silvestres menos suscetíveis, com RR50 >5 do que SRL. 2) Cruzamentos experimentais foram realizados entre uma colônia suscetível RR50=0,62 (S), uma resistente RR50=129,12 (R) e com susceptibilidade reduzida RR50=5,04 (SR), em ambas as direções (♀x♂ e ♂x♀). O modo de herança do caráter resistente foi determinado pelo grau de dominância (DO) e dominância efetiva (DML). A hereditariedade (h2) foi estimada a partir da colônia R selecionada durante duas gerações, utilizando a dose diagnóstica (10 ng.i.a./ninfa). O resultado para DO e DML (<1) indica que a resistência é um caráter de dominância incompleta e de herança autossômica. A Dose Letal 50% (DL50) para F1 de ♀Sx♂R e ♂Sx♀R foi de 0,74 e 3,97 respectivamente, revelando efeito de diluição da resistência inicialmente observada. Por outro lado, foi observado um incremento da RR50 de 2,25 vezes (F1) e 26,83 vezes (F2) na população selecionada em comparação com a colônia parental. 3) Foi compilado um total de 24 artigos que avaliaram a suscetibilidade a diferentes piretróides em 222 populações de T. infestans coletadas no campo dos países de Argentina, Bolívia, Brasil e Paraguai. A relação entre resistência aos inseticidas (avaliada por critérios diferentes) e diferentes variáveis ambientais foi estudada utilizando modelo linear generalizado. A DL50 mostrou uma forte relação linear com a RR50. Análise estatística descritiva demonstrou que a distribuição de frequência da Log (DL50) é bimodal, sugerindo a existência de dois grupos estatísticos (um grupo de menor e outro com maior Log (DL50). Finalmente, o modelo significativo incluindo 5 variáveis ambientais referentes a temperatura e precipitação, revelou concentração das populações com altas DL50 sobre a região identificada como o centro de dispersão de T. infestans. Os dados obtidos neste estudo contribuem com informações sobre a variabilidade do perfil de resistência, ocorrência e distribuição de populações resistentes na Bolívia.
dc.language.isopor
dc.rightsopen access
dc.subject.otherTriatoma infestans
dc.subject.otherResistência a piretróides
dc.subject.otherBolívia
dc.subject.otherTriatomíneos
dc.titleCaracterização e distribuição da resistência a deltametrina de populações silvestres e domésticas de Triatoma infestans da Bolívia
dc.typeThesis
dc.degree.date2016
dc.degree.grantorFundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas René Rachou
dc.degree.localBelo Horizonte/MG
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
dc.contributor.advisorcoPessoa, Grasielle Caldas D Ávila
dc.description.abstractenBoth the persistence of Triatoma infestans and the uninterrupted transmission of Trypanosoma cruzi in the inter-Andean valleys and Grande Chaco regions in Bolivia are of high relevance. Wild foci of this species have been described within a wide area this past decade. In places where the reach of the vector control strategies is limited, accounts of wild and domestic populations of insecticide resistant T infestans are frequent. The following study aimed to characterize the deltamethrin susceptibility profile (1) and heritability (2) in wild and domestic T. infestans Bolivian populations. Additionally, we describe the geographic distribution of pyrethroid resistant South American populations of this species.1) We evaluated 9 populations of wild and domestic T. infestans from Grande Chaco and two from the Bolivian inter-Andean valleys. Three wild T. infestans (dark morph) from Chaco (Santa Cruz) were susceptible towards deltamethrin (RR50 de < 2) presenting a 100% mortality in response to the diagnostic dose (DD). In contrast, the Villa Montes domestic population in Gran Chaco (Tarija) showed high levels of resistance (RR50 = 129.12 and 0% DD). Concordantly, the domestic populations from the inter-Andean valleys (Cochabamba) presented a RR50 > 9, whereas the wild populations were less susceptible (RR50 > 5 than SRL).2) We performed experimental crosses between susceptible (S) [RR50=0.62], resistant (R) [RR50=129.12], and a reduced susceptibility (SRL) [RR50=5.04] colonies, in both directions (♀x♂ e ♂x♀). The heritability mode of the resistance trait was determined by the degree of dominance (DD) and effective dominance (DML). Heritability (h2) was estimated considering R colony individuals selected after two generations using the diagnostic dose (10 ng.a.i./nymph). The results regarding the DD and DML (<1) indicate that resistance is an incomplete dominance trait of autosomal inheritance. The lethal doses 50% (DL50) for the F1 ♀Sx♂R and ♂Sx♀R crosses were 0.74 and 3.97 respectively. This revealed a dilution effect upon the resistance observed initially. Oppositely, we observed a 2.25 fold increase in the RR50 for the F1 and 26.83 fold for F2 when comparing between the selected population and the parental colony.3) We reviewed 24 scientific publications that assess pyrethroid susceptibility in 222 T. infestans field collected populations from Argentina, Bolivia, Brasil, and Paraguay. The relation between insecticide resistance (assessed with various criteria) and multiple environmental variables was studied using a General Linear Model. The DL50 presented a strong linear relation with RR50. Descriptive statistical analyses revealed that the frequency distribution of log (DL50) values is bimodal, which suggests the existence of two statistical groups of lower and higher log (DL50) values. Finally, a significant model considering 5 environmental variables, regarding temperature and precipitation revealed the concentration of the populations with high DL50 on the region identified as the T. infestans origin of dispersion.The data collected and results obtained in this study bring forth valuable information regarding variability in resistance profiles, as well as the occurrence and distribution of resistant populations in Bolivia.
dc.creator.affilliationFundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas René Rachou. Belo Horizonte, MG, Brasil.
dc.subject.enTriatoma infestans
dc.subject.enTriatomines
dc.subject.enPyrethroid resistance
dc.subject.enBolivia
dc.contributor.memberGonçalves, Liléia Diotaiuti
dc.contributor.memberPessoa, Grasielle Caldas D Ávila
dc.contributor.memberDias, João Carlos Pinto
dc.contributor.memberMoreira, Rita de Cássia
dc.contributor.memberObara, Marcos T
dc.contributor.memberDias, João Victor Leite
dc.contributor.memberLeite, Silvia Ermelinda Barbosa
dc.subject.decsDoença de Chagas
dc.subject.decsTrypanosoma cruzi
dc.subject.decsTriatoma
dc.subject.decsTriatominae
dc.subject.decsPiretrinas
Appears in Collections:MG - IRR - PPGCS - Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_DIP_MarinelyBlancaBustamanteGomez.pdf3.52 MBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.