Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/1952
Title: A participação dos agentes indígenas de saúde nos serviços de atenção à saúde: a experiência em Santa Catarina, Brasil
Other Titles: Participation by indians health agents in health services: the experience in Santa Catarina State, Brazil
Authors: Langdon, Esther Jean
Diehl, Eliana Elisabeth
Wiik, Flávio Braune
Dias-Scopel, Raquel Paiva
Affilliation: Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Florianópolis. Brasil.
Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências da Saúde. Florianópolis. Brasil.
Instituto Superior de Estudos da Religião. Rio de Janeiro. Brasil
Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Leônidas e Maria Deane. Manaus. Brasil.
Abstract: Este trabalho analisa a formação e o papel do agente indígena de saúde (AIS) nas Terras Indígenas (T.I.) Xapecó e Laklãnõ, Santa Catarina, Brasil, frente à Política Nacional de Atenção à Saúde dos Povos Indígenas. O papel do AIS na atenção básica de saúde é definido com base na mediação entre os saberes e práticas de atenção à saúde tradicionais e biomédicos, inserido no conceito de atenção diferenciada. Em ambas as T.I. foi constatada uma grande rotatividade de AIS, bem como a falta e/ou a inadequação de cursos de capacitação. Observaram-se ainda dificuldades dos AIS para entender a justificativa das atividades delegadas a eles, agravadas pela ambigüidade de seu papel frente à comunidade e por problemas na comunicação com os outros profissionais de saúde. Considerando os pressupostos da Política Nacional, esta pesquisa indicou que a articulação entre as práticas indígenas de auto-atenção e os serviços biomédicos é precária, necessitando de um aprofundamento nas discussões, com a efetiva participação de todos os atores envolvidos na atenção à saúde.
Abstract: This study analyzes the role and training of indian health agents as defined by the National Policy for Health Care of Indians Peoples on two Indian reservations in Santa Catarina, Brazil. The health agent’s role in primary care is based on mediation between traditional health practices and biomedicine, subsumed in the concept of differentiated care. On both reservations, a large turnover of indigenous health agents and lack of adequate training were observed. The indigenous health agents expressed difficulty in understanding the reasons for their activities, role ambiguity vis-à-vis the community, and communications problems with other health professionals. Considering the national policy guidelines, this study indicates that the provision of differentiated care is precarious and that a dialogue is necessary, with actual participation by all stakeholders in the health services.
Keywords: South American Indians
Indigenous Health
Primary Health Care
keywords: Índios Sul-Americanos
Saúde da População Indígena
Atenção Primária à Saúde
Issue Date: 2006
Citation: Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v.22, n.12, p. 2637-2646,2006.
ISSN: 0102-311X
Appears in Collections:ILMD - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
A participação dos agentes indígenas.pdf104.43 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.