Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/23430
Title: Implicação dos genótipos nulos de GSTM1 e GSTT1 e de outros possíveis preditores da hepatotoxicidade induzida pelo tratamento anti-tuberculose
Advisor: Castro, Liane de
Brasil, Pedro Emmanuel Alvarenga Americano do
Members of the board: Rolla, Valéria Cavalcanti
Guaraldo, Lusiele
Araújo, Natalia Motta de
Nunes, Estevão Portela
Authors: Monteiro, Thaís Pereira
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: A maioria dos fármacos que compõe o esquema básico para o tratamento da tuberculose (TB), apesar de altamente eficazes contra o bacilo da TB, frequentemente causam hepatotoxicidade. As enzimas Glutationas S- transferases (GSTs) atuam no metabolismo de fármacos e fazem parte dos processos de detoxificação de metabólitos. Muitos estudos já investigaram as variantes nulas de GST Mu1 (GSTM1) e de GST Theta1 (GSTT1) como possíveis fatores de risco da hepatotoxicidade induzida por medicamentos anti-tuberculose. Porém ainda são poucos os estudos conduzidos em populações brasileiras, e a maioria das pesquisas com este tema não investigam polimorfismos genéticos juntamente com fatores ambientais no desenvolvimento de hepatotoxicidade. Diante disso, este estudo analisou os genótipos GSTT1 e GSTM1 nulos em pacientes brasileiros em tratamento para tuberculose controlando outros possíveis preditores que possam ter efeito na hepatotoxicidade induzida por medicamentos. Este foi um estudo prospectivo com 177 pacientes que receberam tratamento para TB no período de março de 2006 a 2011, na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas (IPEC), Rio de Janeiro, Brasil. Após a obtenção do DNA genômico, as deleções de GSTM1 e GSTT1 foram analisadas através da técnica da Reação em Cadeia da Polimerase (PCR). Os dados demográficos, clínicos e laboratoriais dos pacientes foram obtidos a partir dos prontuários clínicos e armazenados em banco de dados. A mediana de idade (intervalo interquartílico) da população foi de 37 (30,0 \2013 49,0) anos, a maioria era do sexo masculino com etnia não-branca e com menos de dois parceiros sexuais por ano. As formas clínicas da TB mais freqüentes foram a pulmonar, seguida da extrapulmonar e disseminada. A co-infecção com Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) estava presente em 44,63% dos pacientes e 79,75% estavam sob tratamento anti-retroviral. Do total de pacientes, a prevalência de infecção ativa pelo Vírus da Hepatite B (HBV) foi de 2,26% e da infecção pelo Vírus da Hepatite C (HCV) foi de 6,78%. Ainda, 29,38% eram fumantes e 15,8% foram classificados como alcoólatras. As freqüências encontradas dos genótipos nulos foram 31,07% para GSTM1 e 22,03 % para GSTT1. A incidência de hepatotoxicidade foi 33,33% e possíveis preditores dessa reação adversa foram avaliados. A infecção ativa com HBV e os níveis elevados da alanina aminotransferase (ALT) pré-tratamento representaram preditores. As variantes genéticas analisadas não foram preditoras da hepatotoxicidade, porém há evidência de que os polimorfismos genéticos de GSTM1 estejam relacionados à intensidade da toxicidade.
keywords: Tuberculose
Doença Hepática Induzida por Substâncias e Drogas
Glutationa Transferase
Farmacogenética
DeCS: Tuberculose
Farmacogenética
Glutationa Transferase
Doença Hepática Induzida por Substâncias e Drogas
Issue Date: 2012
Citation: MONTEIRO, Thaís Pereira. Implicação dos genótipos nulos de GSMT1 e GSTT1 e de outros possíveis preditores da hepatoxicidade induzida pelo tratamento antitubercolise. 2012. 88 f. Disseração (Mestrado em Pesquisa Clínica em Doenças Infecciosas) – Fundação Oswaldo Cruz, Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, Rio de Janeiro, RJ, 2012.
Date of defense: 2012
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Pós-Graduação em Pesquisa Clínica em Doenças Infecciosas
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas
Program: Programa de Pós-Graduação em Pesquisa Clínica em Doenças Infecciosas
Copyright: restricted access
Appears in Collections:INI - PCDI - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
thais_monteiro_ipec_mest_2012.pdf1.54 MBAdobe PDF    Request a copy



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.