Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/23516
Full metadata record
DC FieldValue
dc.contributor.authorKodama, Kaori
dc.contributor.authorPimenta, Tânia Salgado
dc.contributor.authorBastos, Francisco Inácio Pinkusfeld Monteiro
dc.contributor.authorBellido, Jaime Gregorio
dc.date.accessioned2017-12-06T13:45:07Z
dc.date.available2017-12-06T13:45:07Z
dc.date.issued2012
dc.identifier.citationKODAMA, K. Mortalidade escrava durante a epidemia de cólera no Rio de Janeiro (1855-1856): uma análise preliminar. História, Ciências, Saúde – Manguinhos, Rio de Janeiro, v.19, p.59-79, dez. 2012. Suplemento.
dc.identifier.issn01045970
dc.identifier.urihttps://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/23516
dc.description.abstractApresenta uma primeira análise do perfil sociodemográfico dos óbitos registrados durante a primeira epidemia de cólera no Rio de Janeiro, a partir de dados coletados nos registros de óbito da Santa Casa de Misericórdia. Desde a manifestação do cólera, em 1855, relatos médicos brasileiros apontam seu viés social, que, no caso do país, implicava a alta mortalidade de escravos e livres pobres. Do ponto de vista histórico, entretanto, a epidemia e sua dinâmica foram pouco estudadas. A recuperação de dados originais sobre o cólera e a análise das taxas de mortalidade associadas à doença auxiliam-nos a melhor compreender aspectos do universo escravo na zona urbana da cidade, no período subsequente ao fim do tráfico negreiro
dc.language.isopor
dc.publisherFundação Oswaldo Cruz. Casa de Oswaldo Cruz
dc.rightsopen access
dc.subject.othercólera
dc.subject.othersaúde dos escravos
dc.subject.othermortalidade
dc.subject.otherepidemia
dc.subject.otherBrasil
dc.titleMortalidade escrava durante a epidemia de cólera no Rio de Janeiro (1855-1856): uma análise preliminar
dc.title.alternativeSlave mortality during the cholera epidemic in Rio de Janeiro (1855-1856): a preliminary analysis
dc.typeArticle
dc.description.abstractenThe article offers a preliminary analysis of the sociodemographic profile of deaths recorded during the first cholera epidemic in Rio de Janeiro, based on data gathered from death records at Santa Casa de Misericórdia Hospital. After cholera appeared in the country in 1855, Brazilian medical reports indicated a social bias, with slaves and the free poor suffering high mortality. From a historical perspective, however, little research has been done on the epidemic and its dynamics. The recovery of original data on cholera and the analysis of cholera mortality rates help us to better understand aspects of the slave universe in the urban zone of Rio de Janeiro in the period following the end of the slave trade.
dc.creator.affilliationFundação Oswaldo Cruz. Casa de Oswaldo Cruz. Programa de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde. Rio de Janeiro, RJ, Brasil
dc.creator.affilliationFundação Oswaldo Cruz. Casa de Oswaldo Cruz. Programa de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde. Rio de Janeiro, RJ, Brasil
dc.creator.affilliationFundação Oswaldo Cruz. Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica. Rio de Janeiro, RJ, Brasil
dc.creator.affilliationFundação Oswaldo Cruz. Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica. Rio de Janeiro, RJ, Brasil
dc.subject.encholera
dc.subject.enslave
dc.subject.enhealth
dc.subject.enmortality
dc.subject.enepidemic
dc.subject.enBrazil
dc.subject.decscólera/história
dc.subject.decsescravidão/história
dc.subject.decsmortalidade/história
dc.subject.decsepidemia/história
dc.subject.decsBrasil
dc.subject.decsHistória do Século XIX
Appears in Collections:COC - Artigos de Periódicos
ICICT - Artigos de Periódicos



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.