Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/23799
Title: Análise do comportamento de oviposição do mosquito Aedes aegypti em Paquetá/RJ
Advisor: Schama, Renata
Authors: Lima, Letícia Ferreira
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Aedes aegypti é um dos mais importantes insetos vetores, sendo responsável pela transmissão dos vírus da dengue, chikungunya e Zika no Brasil, causando atualmente grande impacto para a saúde pública. O mosquito é tradicionalmente controlado através do uso de inseticidas químicos, gerando uma pressão de seleção que faz com que o número de mosquito resistentes aumentem, comprometendo os programas de controle vetorial. Com isto, novas metodologias de controle estão ganhando impulso, o que torna importante o conhecimento do tamanho estrutura populacionais e do comportamento do vetor, como o comportamento de oviposição. Diversos estudos sobre esta espécie sugerem a existência da oviposição em saltos. Porém, em algumas populações estudadas o comportamento de oviposição em saltos não foi observado, e por isso, uma melhor avaliação se torna necessária. A seleção de um local de oviposição pela fêmea pode influenciar na sobrevivência da espécie e aumentar a dispersão do mosquito, sendo fundamental para a epidemiologia das arboviroses. Estudos de parentesco genético, são muito comuns para análise de comportamento em diversas espécies. Este trabalho, busca analisar o comportamento de oviposição do mosquito Ae. aegypti, através da análise de parentesco feita em indivíduos de uma mesma armadilha e entre armadilhas diferentes. Para essa inferência diversas metodologias se encontram disponíveis, mas, em sua maioria, são voltadas para determinar parentesco em populações naturais, onde ambos os indivíduos parentais e a prole estão na amostra, o que não é possível no estudo com mosquitos Portanto, buscou\2013se avaliar, através de simulação, dois diferentes programas de reconstrução de parentesco para determinar qual melhor se adequa aos dados aqui trabalhados. Para isso, armadilhas foram instaladas no bairro de Paquetá/RJ, e as amostras coletadas foram analisadas com o uso de doze loci microssatélites. Os programas de inferência de parentesco Colony e ML-Relate foram comparados através da avaliação de dados simulados. Para as simulações, sete diferentes cenários foram criados, cada um com um total de 250 indivíduos e diferentes porcentagens de meio-irmão. Assim, foram inferidas a proporção de falsos positivos e negativos, possibilitando uma verificação da acurácia de cada programa. As simulações dos dados mostram que muitos indivíduos são categorizados de maneira incorreta nos diferentes cenários testados, mostrando que a presença de meio irmãos na amostra dificultam a categorização correta das díades. O programa ML-Relate apresentou uma acurácia de até 95%, mas taxas de classificação corretas de irmãos completos baixas. O programa Colony apresentou maior acurácia (98%), menores taxas de erro e altas taxas de classificações corretas. Portanto o programa Colony foi usado para a inferência do parentesco das amostras coletadas em Paquetá onde foi observada a presença de irmãos completos entre diferentes armadilhas instaladas no verão, indicando o comportamento de oviposição em saltos nas fêmeas de Ae. aegypti. O mesmo não foi observado nas amostras coletadas no inverno, o que indica uma menor dispersão das fêmeas neste período
Abstract: Aedes aegypti is one of the most important insect vectors, being responsible for the transmission of dengue, chikungunya and Zika viruses in Brazil, causing great impact in public health. The mosquito population is traditionally controlled with chemical insecticides, generating a selection pressure that causes the number of resistant mosquitoes to increase compromising vector control programs. New control methodologies are being developed and require knowledge of the population size, structure and behavior of this vector, such as oviposition behavior. Several studies suggest that this mosquito species has a skip oviposition behavior, which can increase its dispersion. However, in some studied populations this type of behavior was not observed, demonstrating variability among populations for this trait. The selection of an oviposition site by the female can influence the survival of the species and is important in the epidemiology of arbovirus diseases. Genetic kinship studies are commonly used to investigate behavior in several species. The present work aims to analyze Ae. aegypti oviposition behavior through kinship analysis of individuals sampled within and between diffferent traps in Paquetá, Brazil. For kinship inference several methodologies are available but most rely on both parental individuals and offspring being sampled together, which is not possible in mosquito studies. Therefore, here we evaluate the performance of two different kinship reconstruction programs for the data studied here. Traps were installed in the neighborhood of Paquetá / RJ, and the collected samples were analyzed with the use of twelve microsatellite loci The programs Colony and ML-Relate were evaluated with simulated data. Seven different simulation scenarios were created, each with a total of 250 individuals and different half-sibling percentages. The number of false positives and negatives and accuracy of each program was compared. The simulations show that many individuals are categorized incorrectly in the different scenarios tested. Our results show that the number of half siblings dyads in comparison to full siblings is a problem in this type of analysis. The ML-Relate program showed an accuracy of up to 95% but low correct classification rates of full siblings. The program Colony showed higher accuracy (98%), lower error rates, and high correct classification rates. Therefore the program Colony was used to infer the relatedness of our sampled individuals. The presence of full siblings within and between different traps was observed in Paquetá during the summer, which indicates skip oviposition behavior of Ae. aegypti. During the winter no full sibling dyad was observed between different traps indicating smaller female dispersion
keywords: Aedes
Oviposição
Repetições de Microssatélites
Simulação por Computador
Issue Date: 2017
Citation: LIMA, Letícia Ferreira. Análise do comportamento de oviposição do mosquito Aedes aegypti em Paquetá/RJ. 2017. 119 f. Dissertação (Mestrado em Biologia Computacional e Sistemas)-Fundação Oswaldo Cruz, Instituto Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2017.
Date of defense: 2017
Place of defense: Rio de Janeiro
Department: Instituto Oswaldo Cruz
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz
Program: Programa de Pós-Graduação em Biologia Computacional e Sistemas
Copyright: open access
Appears in Collections:IOC - PGBCS - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
leticia_lima_ioc_mest_2017.pdf1.55 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.