Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/23824
Title: Tecnologias Sociais em Saneamento e Educação para o Enfrentamento da Transmissão das Parasitoses Intestinais no Assentamento 25 de Maio, Ceará
Advisor: Moraes Neto, Antonio Henrique Almeida de
Gondim, Grácia Maria de Miranda
Authors: Dias, Alexandre Pessoa
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: O prolongamento da escassez hídrica no semiárido brasileiro, no seu quinto ano consecutivo em 2016, resultou na variação dos aspectos qualiquantitativos das águas e nos fatores de risco da transmissão das doenças infectoparasitárias. Este estudo teve o objetivo de avaliar o uso integrado de tecnologias sociais em saneamento e de educação popular em saúde ambiental no Assentamento 25 de Maio, localizado no Sertão Central do Ceará, visando ao enfrentamento da transmissão das parasitoses intestinais. Foi realizado um estudo longitudinal de prevalência de parasitoses intestinais e análises da qualidade das águas domiciliares e comunitárias, articulado a pesquisa-ação e a um processo de educação popular no assentamento da reforma agrária, no período de 2014 a 2016. Foram cadastrados 60 domicílios, pertencentes a quatro agrovilas, e obtidos, mediante aplicação de questionários, os dados sociodemográficos e as condições sanitárias no território. Foi realizado o diagnóstico parasitológico de 199 moradores por meio de exames coproparasitológicos, pela técnica de sedimentação espontânea (Lutz 1919; Hoffman, Pons e Janer 1934) no laboratório da escola do campo. A caracterização da qualidade das águas foi realizada por meio de medições e análises físico-químicas e microbiológicas. A intervenção no território se deu com a implantação de 30 filtros domiciliares de água, distribuídos para a metade das famílias participantes da pesquisa, que foram sorteadas para constituir o grupo de intervenção A metade restante formou o grupo controle. Os resultados revelaram alta prevalência de parasitoses intestinais, com 26%, 45%, e 53% nos anos de 2014, 2015 e 2016, respectivamente, com poliparasitismo chegando a 26% em 2016. Um total de 50% de águas de dessedentação humana, provenientes de diversas origens, estava insatisfatório, de acordo com a Portaria no. 2914, do Ministério da Saúde. Constatou-se que o manejo inadequado e a quantidade restrita de água para consumo, higiene e preparo de alimentos estavam associados às infecções por parasitoses intestinais. Os filtros domiciliares apropriados pelas famílias atuaram como fator de proteção da qualidade das águas. As características microbiológicas das águas de chuva armazenadas nas cisternas justificam a utilização dos filtros domiciliares, além da cloração. Os parâmetros físico-químicos se apresentaram adequados para a viabilidade do sistema cisterna - filtro domiciliar. Nesse sentido, a educação popular em saúde ambiental é determinante para a apropriação e sustentabilidade dessas tecnologias sociais no manejo, tratamento e armazenamento seguro das águas nos domínios domiciliar e comunitário
Abstract: The protract of the water scarcity in the Brazilian semi-arid region, on its fifth consecutive year at 2016, has resulted in variations on the quanti-qualitative aspects of the waters and at the risk factors for the transmission of the infectious and parasitic diseases. This study aimed to evaluate the integrated use of social technologies in sanitation and environmental health popular education in the 25th of May settlement, located in the central part of Sertão - a semi-arid, rural area - of Ceará, targeting to cope with the transmission of intestinal parasitoses. A longitudinal study of the prevalence of intestinal parasitoses and analyses of the quality of the domiciliary and community waters was carried out, articulated to the action research and a process of popular education in the referred agrarian reform settlement, from 2014 to 2016. Sixty households were registered, belonging to four agro villages, and the sociodemographic data and the sanitary conditions in the territory were obtained by the use of questionnaires. A parasitological diagnosis of 199 residents was carried out by coproparasitological examinations, applying the spontaneous sedimentation technique (Lutz 1919, Hoffman, Pons and Janer 1934) in the laboratory of the country school. The characterization of the water quality was carried out through physical-chemical and microbiological measurements and analyses The intervention in the territory occurred with the implantation of 30 domiciliary water filters, distributed to half of the families participating in the research, which were drawn to constitute the intervention group. The remaining half formed the control group. The results showed a high prevalence of intestinal parasitoses, with 26%, 45%, and 53% in the years 2014, 2015 and 2016, respectively, with polyparasitism reaching 26% in 2016. A total of 50% of the human provisioning water from various sources was unsatisfactory, according to Ordinance no. 2914 from the Ministry of Health. It was found that inadequate management and a limited amount of water for consumption, hygiene and food preparation were associated with intestinal parasitic infections. Household filters appropriated by those families acted as a protection factor for water quality. The microbiological characteristics of rainwater stored in cisterns justify the use of home filters in addition to chlorination. The physical-chemical parameters were adequate for the viability of the cistern-household filter system. In this sense, environmental health popular education is determinant for the appropriationand sustainability of these social technologies in the management, treatment and safe storage of water in domicile and community domains
keywords: Doenças Parasitárias
Educação em Saúde
Secas
Saneamento Rural
DeCS: Água de Chuva
Issue Date: 2017
Citation: DIAS, Alexandre Pessoa. Tecnologias Sociais em Saneamento e Educação para o Enfrentamento da Transmissão das Parasitoses Intestinais no Assentamento 25 de Maio, Ceará. 2017. 327 f. Tese (Doutorado em Medicina Tropical)-Fundação Oswaldo Cruz, Instituto Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2017.
Date of defense: 2017
Place of defense: Rio de Janeiro
Department: Instituto Oswaldo Cruz
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz
Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical
Copyright: open access
Appears in Collections:IOC - PGMT - Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
alexandre_dias_ioc_dout_2017.pdf32.62 MBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.