Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/24479
Title: Indicadores de Saúde Bucal no Estado de Minas Gerais, no período de 2005 a 2012: um estudo exploratório
Other Titles: Indicators of Oral Health in the State of Minas Gerais, in the period 2005-2012: an exploratory study
Advisor: Andrade, Carla Lourenço Tavares de
Matta, Gustavo Correa
Authors: Lamy, Renata de Lourdes Ribeiro Franco
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: O objetivo foi realizar um estudo exploratório dos indicadores de saúde bucal no estado de Minas Gerais, no período de 2005 a 2012. Para tanto, realizou-se um estudo ecológico de caráter descritivo, no qual procedeu-se um mapeamento regionalizado dos serviços de saúde bucal no estado e uma análise descritiva acerca dos indicadores de saúde bucal da atenção básica e especializada, considerando as regiões ampliadas de saúde do estado e sua relação com os dados nacionais. Os dados da série histórica dos indicadores foram comparados com as informações relativas à implantação das Equipes de Saúde Bucal na Estratégia Saúde da Família, dos Centros de Especialidades Odontológicas e dos Laboratórios Regionais de Prótese Dentária existentes no estado. As principais bases de dados utilizadas foram: Sala de Apoio à Gestão Estratégica do Departamento de Atenção Básica do Ministério da Saúde; Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, e; Sistema de Informações Ambulatoriais do Sistema Único de Saúde (SIA-SUS). Os resultados mostraram que houve um aumento nos valores dos indicadores de saúde bucal da atenção básica, no âmbito estadual e nacional, com um declínio do indicador de exodontia em relação aos procedimentos de 45,9% no estado e de 14,6% no país, entre 2008 e 2012. Em relação aos indicadores da atenção especializada, o aumento do número de procedimentos especializados (periodontais e endodônticos) foi compatível com a expansão do número de CEO de 115,4% no estado e de 181,0% no país, entre 2005 e 2012, porém ocorreu um decréscimo dos procedimentos de biópsia dos tecidos moles da boca. No tocante às regiões ampliadas de saúde de Minas Gerais, a distribuição dos serviços de saúde bucal e a análise dos indicadores mostrou-se desigual entre essas regiões. O estudo também mostrou que na maioria dos indicadores de saúde bucal analisados foram encontradas inconsistências, expressas em sub e/ou supra-registros, que interferiram diretamente na análise das RAS de Minas Gerais. Ademais, não foi possível estabelecer uma análise temporal contínua dos indicadores ao longo do período de 2005 a 2012, devido às diversas alterações que vêm ocorrendo nos instrumentos nacionais de pactuação do SUS, em relação à base de cálculo e/ou seleção dos indicadores de saúde bucal. Conclui-se que os sistemas de informações em saúde, particularmente o SIA-SUS, e os instrumentos nacionais de pactuação do SUS apresentaram limites no tocante à análise dos indicadores de saúde bucal deste estudo. Dessa forma, torna-se imprescindível mais estudos voltados para definição e discussão dos indicadores de saúde bucal pactuados no país, a fim de contribuir para a construção de séries históricas consistentes para o monitoramento e a avaliação da Política Nacional de Saúde Bucal.
Abstract: The aim was to conduct an exploratory study of oral health indicators in the state of Minas Gerais, in the period 2005-2012. Therefore, we performed a descriptive ecological study, in which we proceeded to a regionalized mapping services oral health in the state and a descriptive analysis of oral health indicators of basic and specialized care, considering the expanded health regions of the state and its relationship with national data. The historical series of indicators were compared with the information on the siting of Oral Health Teams in the Family Health Strategy, the Dental Specialty Centers and Regional Laboratories existing Prosthodontics in the state. The main databases used were: Living Support to Strategic Management, Department of Primary Care Health Ministry; Brazilian Institute of Geography and Statistics, and; Outpatient Information System of the Unified Health System (SIA- SUS). The results showed an increase in the values of oral health indicators of primary care at the state and national level, with a decline of indicator extraction procedures in relation to the state 45.9% and 14.6% in the country between 2008 and 2012. Regarding indicators of specialized care, increasing the number of specialized procedures (periodontal and endodontic ) was compatible with the expansion of the number of CEOs in the state of 115.4% and 181.0% in country between 2005 and 2012, however there was a decrease of biopsy procedures of the soft tissues of the mouth. Regarding the regions expanded health of Minas Gerais, the distribution of oral health services and analysis of indicators proved to be unequal between these regions. The study also showed that in most oral health indicators analyzed inconsistencies, expressed in sub-and/or supra-records, that interfered directly in the analysis of RAS were found in Minas Gerais. Moreover, it has not been possible to establish a continuous temporal analysis of the indicators over the period 2005-2012, due to the various changes taking place in the national instruments of agreement SUS, in relation to the calculation basis and/or selection of health indicators oral. We conclude that systems of health information, particularly SIA-SUS, and national instruments of agreement SUS showed limits regarding the analysis of oral health indicators in this study. Thus, it becomes essential to most studies focused on the definition and discussion of oral health indicators agreed in the country in order to contribute to the construction of consistent time series for monitoring and evaluation of the National Oral Health Policy.
Keywords: Oral Health
Indicators of Health Services
Health Information Systems Ambulatory Care Policy
Unified Health System
keywords: Saúde Bucal
Indicadores de Serviços
Política de Saúde
Sistemas de Informação em Atendimento Ambulatorial
Sistema Único de Saúde
DeCS: Saúde Bucal
Indicadores de Serviços
Política de Saúde
Sistemas de Informação em Atendimento Ambulatorial
Sistema Único de Saúde
Atenção Primária à Saúde
Issue Date: 2014
Citation: LAMY, Renata de Lourdes Ribeiro Franco. Indicadores de Saúde Bucal no Estado de Minas Gerais, no período de 2005 a 2012: um estudo exploratório. 2014. 117 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2014.
Place of defense: Rio de Janeiro
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca
Program: Programa de Pós-graduação em Saúde Pública
Copyright: open access
Appears in Collections:ENSP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ve_Renata_de_Lourdes_ENSP_20141.99 MBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.