Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/24808
Title: Estresse psicossocial no trabalho e o padrão de consumo de álcool em trabalhadores offshore
Other Titles: Psychosocial stress at work and alcohol consumption patterns in offshore oil workers
Estrés psicosocial en el trabajo y patrón de consumo de alcohol en trabajadores offshore
Authors: Vidal, Jahina Moura
Abreu, Angela Mendes
Portela, Luciana Fernandes
Affilliation: Universidade Federal do Rio de Janeiro. Escola de Enfermagem Anna Nery. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil / Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro. RJ, Brasil.
Abstract: Os objetivos foram avaliar a associação entre o estresse psicossocial no trabalho e o padrão de consumo de álcool em trabalhadores offshore. Trata-se de um estudo transversal realizado com 210 prestadores de serviço em instalações petrolíferas situadas no Estado do Rio de Janeiro, Brasil, entre julho e setembro de 2014. O instrumento de coleta consistiu em um questionário multidimensional autopreenchido. A exposição ao estresse foi avaliada segundo o modelo demanda-controle e o padrão de consumo de álcool foi avaliado pelo instrumento AUDIT (Alcohol Use Disorders Identification Test). As análises estatísticas se basearem no modelo de regressão logística multivariado. Os participantes têm, em média 32,9 anos (desvio padrão ± 8,1 anos). A maioria é casada (62,9%) e relata ter religião (84,5%); 15,2% apresentam consumo abusivo de álcool, 20,3% completaram o Ensino Superior e 56,6% têm menos de 5 anos de experiência no campo offshore. Todos os participantes estão submetidos ao esquema de turnos de trabalho de 12 horas diárias ao longo de 15 dias seguidos por 15 dias de folga, 62,4% trabalham em turnos fixos. As análises multivariadas mostraram que trabalhadores expostos ao alto estresse no trabalho (RC = 3,30; IC95%: 1,18-9,27) têm maior chance de apresentar consumo abusivo de álcool quando comparados aos trabalhadores não expostos. Os resultados apresentados contribuem para o maior entendimento de um tema ainda controverso na literatura, qual seja, a relação entre o estresse psicossocial e o consumo de álcool, e apontam para a necessidade de novas investigações.
Keywords: Psychological stress
Alcoholism
Oil and Gas Industry
Worker's health
keywords: Estresse Psicológico
Alcoolismo
Indústria de Petróleo e Gás
Saúde do Trabalhador
Issue Date: 2017
Publisher: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca
Citation: VIDAL, Jahina Moura; ABREU, Angela Mendes: PORTELA, Luciana Fernandes. Estresse psicossocial no trabalho e o padrão de consumo de álcool em trabalhadores offshore. Cad. Saúde Pública, v.33, n.6, e00116616, 2017.
ISSN: 0102-311X
Copyright: open access
Appears in Collections:ENSP - Artigos de Periódicos
IOC - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
luciana_portela_etal_IOC_2017.pdf189.66 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.