Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/25641
Full metadata record
DC FieldValue
dc.contributor.advisorBochner, Rosany
dc.contributor.advisorMagalhäes, Mônica de Avelar Figueiredo Mafra
dc.contributor.authorCoelho, Nathalie Queirolo Kaladinsky Citeli
dc.date.accessioned2018-04-05T16:51:20Z
dc.date.available2018-04-05T16:51:20Z
dc.date.issued2018
dc.identifier.citationCOELHO, Nathalie Queirolo Kaladinsky Citeli. Modelagem da distribuição potencial de Lachesis muta (linnaeus, 1766) (Serpentes|: Viperidae) e a distribuição do soro antilaquético no Brasil. 2018. 90 f. Dissertação (Mestrado em Informação e Comunicação em Saúde)-Fundação Oswaldo Cruz, Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde, Rio de Janeiro, 2018.
dc.identifier.urihttps://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/25641
dc.description.abstractEm 2017, a Organização Mundial da Saúde inseriu os acidentes ofídicos na categoria A da lista de doenças tropicais desatendidas, ou seja, com alto impacto para saúde mundial e que não recebem atenção necessária. Essa medida foi impulsionada pelo aumento constante do número de casos, que tem afetado 2,5 milhões de pessoas anualmente no globo. É fundamental que o combate a esse agravo seja prioritário e desenvolvido através da cooperação de diferentes áreas do conhecimento. Neste sentido, o presente trabalho teve por objetivo identificar a distribuição geográfica potencial da serpente Lachesis muta e contribuir para as estratégias de produção e distribuição do Soro Antibotrópico (pentavalente) e Antilaquético no Brasil - SABL. Para a realização do estudo foram utilizados registros da espécie depositados em Coleções Zoológicas de Museus e bases de dados digitais, dados oriundos do Ministério da Saúde, Secretarias Estaduais de Saúde de cada estado brasileiro e SINAN O modelo apresentou adequabilidade climática para a espécie em 60% do território brasileiro, incluindo os Biomas Amazônia e Mata Atlântica. Entre janeiro e abril de 2017 foram distribuídas 4530 ampolas de SABL para 21 estados, os locais de maior recebimento são consonantes com os maiores valores de adequabilidade, com exceção do Distrito Federal. Atualmente, há 1902 municípios brasileiros com polo de atendimento para acidentes com serpentes, dos quais 41% apresentou adequabilidade para ocorrência da espécie. Essas localidades devem ser consideradas prioritárias para o recebimento de SABL em comparação com aquelas sem adequabilidade. De acordo com o SINAN, foram notificados 7736 acidentes com Lachesis muta entre os anos de 2007 e 2015 no Brasil. As maiores taxas de incidência e valores de adequabilidade foram registradas para a região Norte, que por esse motivo, deve ser tratada como prioridade no combate a esse agravo
dc.language.isopor
dc.rightsrestricted access
dc.subject.otherAnálise Espacial
dc.subject.otherAntivenenos
dc.titleModelagem da distribuição potencial de Lachesis muta (linnaeus, 1766) (Serpentes|: Viperidae) e a distribuição do soro antilaquético no Brasil
dc.typeDissertation
dc.degree.date2018
dc.degree.departmentPós-Graduação em Informação e Comunicação em Saúde
dc.degree.grantorFundação Oswaldo Cruz. Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde
dc.degree.levelMestrado Acadêmico
dc.degree.localRio de Janeiro/RJ
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Informação e Comunicação em Saúde
dc.description.abstractenIn 2017, the World Health Organization has included ophidian accidents in category A of the list of neglected tropical diseases, i.e. with a high impact on world health and that does not receive the necessary attention. This measure was driven by the increase in the number of cases, which has affected 2.5 million people annually on the globe. It is fundamental that the combat to this aggravation be a priority and developed through the cooperation of different areas of knowledge. Our goals were to identify the potential geographical distribution of Lachesis muta snake and to contribute to antivenom production and distribution in Brazil. We used records of the species deposited in Museums Zoological Collections and digital data bases, data originated from the Ministry of Health, State Secretaries of Health of each Brazilian state and SINAN The model presented climatic suitability for the species in 60% of the Brazilian territory, including the Amazon and Atlantic Forest Biomes. Between January and April 2017, 4530 ampoules of antivenom were distributed to 21 Brazilian states, the sites with the highest receipt of serum were in agreement with the highest values of suitability, except Federal District. Currently, there are 1902 Brazilian municipalities with hospital assistance for snakebite, of which 41% presented suitability for occurrence of the species. These locations are priorities for receiving antivenom in contrast to those without adequacy. According to SINAN, 7736 accidents with Lachesis muta were notified between 2007 and 2015 in Brazil. The highest incidence rates and suitability values were recorded for the North region, which is a priority for mitigate this disease
dc.creator.affilliationFundação Oswaldo Cruz. Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
dc.contributor.memberCarvalho, Bruno
dc.contributor.memberLaguardia, Josué
dc.contributor.memberBochner, Rosany
dc.contributor.memberMagalhães, Mônica
dc.subject.decsLachesis muta
dc.subject.decsAnálise Espacial
dc.subject.decsAntivenenos
Appears in Collections:ICICT - PPGICS - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
nathalie_coelho_icict_mest_2018.pdf3.62 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.