Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/26094
Title: Entre o Hospital Geral e a Casa dos Expostos: assistência à infância e transformação dos espaços da Misericórdia carioca (Rio de Janeiro, 1870-1920)
Other Titles: Children and the Misericórdia of Rio: Circulation and Transformation of Spaces (Rio de Janeiro, 1870-1920)
Authors: Sanglard, Gisele
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Casa de Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Abstract: Este artigo busca analisar a assistência à infância oferecida pela Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro no período em que ainda não havia, no Brasil, instituições voltadas para a saúde da criança. A principal hipótese com a qual estarei trabalhando é de que a Casa dos Expostos passou a exercer, paulatinamente, funções distintas daquelas de que fora inicialmente incumbida. Nessa perspectiva, a linha de continuidade dar- -se-ia pela manutenção do nome, de sua vinculação à Misericórdia e ao simbolismo e ritualística da Irmandade. Para demonstrar essa hipótese estarei me baseando em um conjunto documental guardado na antiga Casa dos Expostos, composto de dois livros em que se registravam as crianças para lá encaminhadas a fim de serem aleitadas enquanto suas mães eram atendidas no Hospital Geral da Misericórdia. Essa documentação permite conhecermos o cotidiano da Irmandade na assistência à criança desamparada, categoria que começa a frequentar os corredores da Casa dos Expostos, a partir da década de 1870; bem como questões relativas aos quadros de saúde e doença destas crianças e, em alguns casos, de suas mães; raça e cultura material.
Abstract: This article examines health care provided to childhood by the Santa Casa da Misericordia of Rio de Janeiro in a period when institutions focused on children’s health did not exist in Brazil. The main hypothesis I will support is that the Casa dos Expostos gradually began to exercise functions which were distinct from those it was originally responsible for. From this perspective, continuity would mean maintaining the name, its connection to the Mercy institution, the symbolism and ritual of the Fraternity. To demonstrate this hypothesis, My basis will be a set of documents stored at the old Casa dos Expostos, composed of two books in which the children sent there in order to be breastfeed while their mothers were treated at the General Hospital of Mercy were registered. This documentation allows us to take a glance at the daily life of the Fraternity as far as assisting helpless children is concerned, a category of service that starts being frequently seen in the corridors of Casa dos Expostos from the 1870s; as well as issues related to health management and disease of these children and, in some cases, of their mothers; their race and material culture.
Keywords: Childhood
Santa Casa da Misericórdia
Rio de Janeiro
keywords: Assistência à infância
Santa Casa da Misericórdia
Rio de Janeiro
DeCS: Assistência à Saúde/história
Serviços de Saúde da Criança/história
Hospitais/história
História do século XIX
História do século XX
Brasil
Issue Date: 2016
Citation: SANGLARD, Gisele. Entre o Hospital Geral e a Casa dos Expostos: assistência à infância e transformação dos espaços da Misericórdia carioca (Rio de Janeiro, 1870-1920). Revista Portuguesa de História, v. 47, p. 337-358, 2016.
Copyright: restricted access
Appears in Collections:COC - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Entre o Hospital Geral e a Casa dos Expostos.pdf857.8 kBAdobe PDF    Request a copy



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.