Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/26584
Title: Distribuição, infecção natural e fontes alimentares de triatomíneos coletados em municípios do estado do Rio Grande do Sul e ações educativas na prevenção e vigilância da Doença de Chagas
Advisor: Mallet, Jacenir Reis dos Santos
Carbajal de la Fuente, Ana Laura
Members of the board: Galvão, Cleber
Costa, Jane
Silva, Elidiomar Ribeiro da
Feder, Maria Denise
Costa, Filipe Anibal Carvalho
Brasileiro, Cícero
Alencar, Jeronimo
Authors: Lima, Nathanielly Rocha Casado de
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: A doença de Chagas é considerada uma doença tropical negligenciada. Trata-se de uma infecção crônica e potencialmente fatal, causada pelo protozoário T. cruzi e transmitida por triatomíneos. Os triatomíneos do Sul mostram uma grande diversidade de espécies, incluindo T. infestans T. rubrovaria, T. carcavalloi e T. circummaculata. O objetivo geral foi realizar um estudo multidisciplinar com abordagem biológica, morfométrica e molecular em triatomíneos coletados no Rio Grande do Sul, implementando ações educativas de saúde, atendendo as ações do Plano Brasil sem Miséria. Objetivos específicos: verificar a distribuição de triatomíneos coletados em 06 municípios, avaliando o grau de infestação do peri e intradomicílio, analisar o conteúdo do tubo digestivo identificando sua fonte alimentar, avaliar o índice de infecção natural por T. cruzi nos triatomíneos capturados nos diversos ambientes, comparar e determinar possíveis diferenças entre as espécies T. carcavalloi, T. circummaculata e T. rubrovaria através da morfometria clássica, avaliar aspectos sobre a biologia de T. carcavalloi e informar e sensibilizar a população quanto à importância da vigilância entomológica. As coletas foram realizadas entre 2013 e 2016, obtendo-se 2112 exemplares. Os municípios com os maiores números de triatomíneos coletados foram Lavras do Sul (1025) e Caçapava do Sul com 389. Para avaliação de infecção por T. cruzi quatrocentos exemplares de triatomíneos foram analisados sendo 33 T. carcavalloi, 9 T. circummaculata, 7 T. rubrovaria, 123 T. infestans, e 228 exemplares de ninfas O exame à fresco realizado foi negativo para as três espécies do complexo rubrovaria, só sendo encontrada positividade em dois exemplares adultos de T. infestans (6,7%), enquanto que no diagnóstico molecular 30 amostras foram positivas e 370 negativas. A presença de T. Infestans infectados chama a atenção para a vigilância entomólogica sobre esta espécie. Na avaliação da fonte alimentar através de obtenção de fezes dos triatomíneos obteve-se 24,5% amostras positivas para ave (mais frequente), ovelha e roedor e 55,5% negativas. Utilizando a dissecção do intestino, avaliou-se 224 exemplares (223 ninfas e 2 adultos da espécie T. rubrovaria), onde 75,6 % apresentaram reatividade para um ou mais dos antissoros testados, 24,4 %, não apresentaram reatividade. A fonte alimentar mais frequente foi ave (84,7 %) e ovelha (7,3 %) e em 12,8 % observou-se reatividade para mais de uma fonte. A estatística descritiva mostra que os valores obtidos para as quinze variáveis métricas nas amostras apresentaram variabilidade em todas. Dados sobre a biologia de T. carcavolloi mostram este requer vários repastos sanguíneos para realização da ecdise e os machos exibem menor resistência ao jejum que as fêmeas, o que pode representar uma maior busca por fontes alimentares. A capacidade de transmissão da doença de Chagas mostrada por T. carcavalloi é tão elevada quanto a de T. rubrovaria, enquanto T. circummaculata se infecta menos, provavelmente devido ao fato de se alimentar com menos frequência em mamíferos. Foram aplicados 74 questionários em 123 unidades domiciliares, onde, por exemplo, mais de 90% reconheceu um triatomíneo adulto, mas não a ninfa e 70% sabiam dizer o nome da doença transmitida pelo barbeiro. Nas oficinas e palestras a aplicação de pré-teste e pós-teste na avaliação dos conhecimentos mostrou a positividade destas atividades na contribuição para as ações de vigilância e controle dos triatomíneos
Abstract: Chagas disease is considered a neglected tropical disease It is a chronic and potentially fatal infection caused by protozoan T. cruzi and transmitted by triatominae. Triatominae in the State of Rio Grande do Sul shows a great diversity including Triatoma infestans Triatoma rubrovari, Triatoma carcavalloi and Triatoma circummaculata. Thus, the overall objective was to conduct a multidisciplinary study with biological, morphometric and molecular approach in triatominae collected in RS and, moreover, implement educational activities to contribute to the prevention of Chagas disease in the State, taking into account the actions of Plano Brasil sem Miséria (Brazil without Misery Plan). Specific objective: to verify the distribution of triatominae collected in 06 municipalities with assessment of the degree of infestation of peri and intradomicile, detect the possible hosts and/or reservoirs of triatominae, by examining the contents of the digestive tract of triatominae identifying their food source, assess rate of natural infection by Trypanosoma cruzi in triatominae captured in wild environments , peri and intradomicile, compare and determine possible differences among the species T. carcavalloi, T. circummaculata and T. rubrovaria through classic morphometry, evaluate some aspects of the biology of Triatoma carcavalloi and inform and sensitize the population about the importance of entomological surveillance. Collections were made between 2013 and 2016, and 2112 specimen were obtained. Municipalities with the largest numbers of triatominae collected were Lavras do Sul (1025) and Caçapava do Sul (389). In order to evaluate the infection with T. cruzi 400 specimen of triatominae were analyzed, and 33 from T. carcavalloi, 9 from T. circummaculata, 7 from T. rubrovaria, 123 from T. infestans and 228 specimens of nymphs The fresh test was negative for the three species of rubrovaria complex, positivity was only found positive on two adult specimens of T. infestans (6.7%), while in molecular diagnostic 30 samples were positive and 370 were negative. The presence of infected T. Infestans draws attention to entomological surveillance on this species. In assessment of food source through obtaining feces from triatominae it was obtained 24.5% of positive samples for bird (more frequent), sheep and rodent and 55.5% were negative. Using the dissection of the intestine, 224 specimens were evaluated (223 nymphs and 2 adults of the species T. rubrovaria), where 75.6% showed reactivity to one or more of antiserum tested, 24.4% did not present reactivity. The most frequent food source was bird (84.7%) and sheep (7.3%) and it was observed in 12.8% reactivity for more than one source. The descriptive statistics shows that the values obtained for the fifteen metric variables in samples showed variability in all of them. Data on the biology of T. carcavolloi shows that it is required multiple blood meals so that ecdysis is performed and males exhibit less resistance to fasting than females, which may represent a greater search for food sources. The capacity of transmission of Chagas disease shown by T. carcavalloi is as high as that of T. rubrovaria, while T. circummaculata is less infected, probably due to the fact that it feeds less frequently in mammals. It was applied 74 questionnaires in 123 households, where for example over 90% recognized an adult triatominae, but not the nymph, and 70% know the name of the disease transmitted by barber bug. In workshops and lectures, the application of pre-test and post-test in knowledge assessment showed the positivity of these activities to contribute to the actions of surveillance and control of triatominae
keywords: Infecção
Monitoramento Epidemiológico
Triatominae
Doença de Chagas
Epidemiologia
DeCS: Infecção
Monitoramento Epidemiológico
Triatominae
Doença de Chagas
Epidemiologia
Issue Date: 2017
Citation: LIMA, Nathanielly Rocha Casado de. Distribuição, infecção natural e fontes alimentares de triatomíneos coletados em municípios do estado do Rio Grande do Sul e ações educativas na prevenção e vigilância da Doença de Chagas. 2017. 103 f. Tese (Doutorado em Medicina Tropical)-Fundação Oswaldo Cruz, Instituto Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2017.
Date of defense: 2017
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Pós-Graduação em Medicina Tropical
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz
Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical
Copyright: restricted access
Appears in Collections:IOC - PGMT - Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
nathanielly_lima_ioc_dout_2017.pdf4.55 MBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.