Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/26696
Title: Detecção de alelos associados à resistência aos inseticidas químicos no vetor da malária (Anopheles arabiensis) em Santiago, Cabo Verde
Other Titles: Detection of alleles associated with resistance to chemical insecticides in the malaria vector (Anopheles arabiensis) in Santiago, Cabo Verde
Advisor: Ayres, Constância Flávia Junqueira
Members of the board: Ayres, Constância Flávia Junqueira
Silva Filha, Maria Helena Neves Lobo
Siqueira, Herbert Álvaro Abreu de
Authors: Cruz, Derciliano Lopes da
Coadvisor: Paiva, Marcelo Henrique Santos
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Aggeu Magalhães. Recife, PE, Brasil.
Abstract: Mosquitos do complexo Anopheles gambiae são os principais vetores de malária. Devido à falta de vacinas para prevenir esta doença, a principal forma de reduzir seu impacto reside no uso de inseticidas químicos para controlar seus vetores. No entanto, o uso intensivo destes compostos tem levado ao surgimento de resistência aos inseticidas em várias populações de mosquitos do gênero Anopheles na África. O objetivo deste estudo foi investigar a presença de alelos de resistência na população de Anopheles arabiensis da cidade da Praia, capital de Cabo Verde. Larvas de Anopheles spp. foram coletadas em três áreas da capital, e mantidas até a emergência de adultos. Estes foram identificados morfologicamente e em seguida armazenados a -20°C. O DNA foi extraído individualmente e submetido à identificação molecular das espécies usando marcadores moleculares. Os indivíduos identificados como An. arabiensis foram submetidos a PCR para pesquisar mutações específicas associadas à resistência aos inseticidas nos genes que codificam para a acetilcolinesterase (Ace-1), canal de sódio (Nav) e Glutationa s-transferase Epsilon 2 (GSTE2). Do total de 440 mosquitos obtidos, análises morfológicas revelaram a presença de 52,3% de An. gambiae s.l e 47,7% de Anopheles pretoriensis. A identificação molecular mostrou que 100% dos An. gambiae s.l eram da espécie An. arabiensis. As mutações G119S no gene Ace-1 e L119F no gene GSTE2 não foram detectadas em nenhuma amostra. A análise de seqüenciamento do gene GSTE2 revelou a presença de 16 sítios polimórficos e uma diversidade genética (π) de 2,67. A análise do gene Nav, revelou a presença da mutação L1014S com uma frequência de 7,3% na população estudada. Os dados apresentados neste estudo apontam para a necessidade de readequação das ações de controle do vetor atualmente adotadas em Cabo Verde. O monitoramento molecular da resistência deve continuar a ser realizado a fim de orientar as novas estratégias a serem empregadas na região de estudo.
Abstract: Mosquitoes of the Anopheles gambiae complex are the main malaria vectors. Due to the lack of vaccines to prevent this disease, the main way to reduce its impact is the use of chemical insecticides to control their vectors. However, the intensive use of these compounds has led to the emergence of insecticide resistance in several Anopheles populations in Africa. The goal of this study was to investigate the presence of resistance alleles in the Anopheles arabiensis population from the city of Praia, capital of Cape Verde. Larvae of Anopheles spp. were collected in three areas of the capital, and maintained until the emergence of adults. These samples were morphologically identified and then stored at -20 °C. The DNA was individually extracted and submitted to the species identification using molecular markers. Individuals identified as An. arabiensis were subjected to PCR to screen for mutations associated with insecticide resistance in the genes encoding acetylcholinesterase (Ace-1), Sodium Channel (Nav) and Glutathione s-transferase Epsilon class (GSTE2). From the total of 440 mosquitoes obtained, morphological analyzes revealed the presence of 52.3% of An. gambiae s.l and 47.7% of Anopheles pretoriensis. Molecular identification showed that 100% of An. gambiae s.l belonged to the species An. arabiensis. The mutations G119S in Ace-1 and L119F in GSTE2 genes were not detected in the samples analysed. Sequencing analysis revealed the presence of 16 polymorphic sites and a genetic diversity (π) of 2.67 for GSTE2. Analysis of the Nav gene revealed the presence of the L1014S mutation with a frequency of 7.3% in the studied population. The data presented in this study point out the need to adjust the vector control actions currently adopted in Cape Verde. Molecular resistance monitoring should continue to be conducted in order to guide the new strategies to be employed in the study region.
Keywords: Anopheles arabiensis
Vector control
Inseticide resistance
keywords: Anopheles arabiensis
Controle vetorial
Resistência à inseticidas
DeCS: Anopheles/genética
Anopheles/efeitos de drogas
Controle de Vetores
Resistência a inseticidas/genética
Alelos
Mutação/genética
Inseticidas/farmacologia
Insetos Vetores/efeitos de drogas
Técnicas de Silenciamento de Genes
Reação em Cadeia da Polimerase/métodos
Dados de Sequência Molecular
Primers do DNA
Acetilcolinesterase/genética
Canais de Sódio/genética
Glutationa Transferase/genética
Piretrinas/farmacologia
Compostos Organofosforados/farmacologia
Bioensaio
Cabo Verde
Animais
Issue Date: 2018
Citation: CRUZ, D.L. Detecção de alelos associados à resistência aos inseticidas químicos no vetor da malária (Anopheles arabiensis) em Santiago, Cabo Verde. 2017. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Biociências e Biotecnologia em Sáude) - Instituto Aggeu Magalhães, Fundação Oswaldo Cruz, Recife, 2017.
Date of defense: 2018-02-27
Place of defense: Recife/PE
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Aggeu Magalhães.
Program: Programa de Pós-Graduação em Biociências e Biotecnologia em Saúde
Copyright: restricted access
Appears in Collections:PE - IAM - PPBBS - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação final Derciliano 12.03.18.pdf1.79 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.