Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/27403
Title: A atividade física habitual, a capacidade funcional e o estado nutricional em adolescentes com fibrose cística
Advisor: Chaves, Celia Regina Moutinho de Miranda
Authors: Fortes, Ana Cláudia Ximenes Duprat
Coadvisor: Gonçalves, Christine Pereiraa
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Nacional de Saúde da Mulher da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Introdução: A fibrose cística (FC) é uma doença genética caracterizada principalmente pelo acometimento do sistema respiratório e gastrointestinal. O comprometimento da função pulmonar, da musculatura esquelética, do estado nutricional e da capacidade cardiorrespiratória podem comprometer a capacidade de exercício e o nível de atividade física nesses indivíduos. Objetivo: Avaliar a atividade física habitual, a capacidade de exercício e o estado nutricional em adolescentes com FC. Metodologia: Estudo transversal e descritivo. Participaram do estudo adolescentes com diagnóstico de FC, com idade entre 10 e 19 anos incompletos, com acompanhamento no Instituto Nacional da Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira. A atividade física habitual foi avaliada pelo questionário Three Day Physical Activity Recall, que quantifica o tempo em diferentes níveis de intensidade da atividade física e infere o gasto energético. Para fins de análise estatística, os participantes foram classificados em dois grupos: atividade física habitual moderada a vigorosa menor que 60 minutos e maior que 60 minutos por dia. A capacidade de exercício foi avaliada pelo Shuttle Walk Test. O estado nutricional foi avaliado por índices antropométricos (índice de massa corporal para idade e de estatura para idade) e de composição corporal (circunferência muscular do braco, dobras cutâneas tricipital e subescapular e percentual de gordura coporal). Para comparação dos dados entre os grupos de atividade física habitual, foi utilizado o teste Mann-Whitney ou teste t e Qui-quadrado. Foi realizada a regressão lógistica para avaliar a associação das variáveis com a atividade física habitual. A diferença foi considerada estatisticamente significativa para um valor de p<0,05. Resultados: Foram avaliados 42 adolescentes com mediana de idade de 14 anos, sendo 28 do sexo feminino. Quanto à atividade física habitual, apenas 42% realizavam mais de 60 minutos de atividade moderada a vigorosa, conforme a recomendação. Além disso, as meninas realizavam menos atividade vigorosa que os meninos. No Shuttle Walk Test, os participantes percorreram, em média, 760,1 ± 219,8 metros, o que correspondeu a 71,5 ± 17,9% da distância prevista, o que representa, para a maioria, uma capacidade de exercício um pouco abaixo do esperado para a idade. Com relação ao estado nutricional, somente 16,7% foram considerados desnutridos pelo índice de massa corporal para idade. No entanto, a desnutrição ocorreu em 59,5% dos adolescentes quando avaliados pela circunferência muscular do braço. A capacidade funcional, assim como o estado nutricional, não influenciou no nível de atividade física dos adolescentes com FC. Conclusão: Aproximadamente metade dos adolescentes não realiza a atividade física habitual recomendada para sua faixa etária. O gênero pode influenciar no nível de atividade física habitual de adolescentes com FC. As meninas apresentaram uma chance maior de sedentarismo.
keywords: Fibrose Cística
Atividade Motora
Esforço Físico
Tolerância ao Exercício
Estado Nutricional
Issue Date: 2018
Citation: FORTES, Ana Cláudia Ximenes Duprat. A atividade física habitual, a capacidade funcional e o estado nutricional em adolescentes com fibrose cística. 2018. 118 f. Dissertação (Mestrado em Pesquisa Aplicada à Saúde da Criança e da Mulher)-Instituto Nacional de Saúde da Mulher da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2018.
Date of defense: 2018
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz
Program: Programa de Pós-Graduação em Pesquisa Aplicada à Saúde da Criança e da Mulher
Copyright: open access
Appears in Collections:IFF - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
anaclaudia_fortes_iff_mest_2018.pdf1.78 MBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.