Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/29408
Title: Formação de pseudocistos em trichomonas vaginalis: uma análise ultraestrutural, estrutural e proteômica
Advisor: Jesus, José Batista de
Members of the board: Waghabi, Mariana Caldas
Silva, Silvia Amaral Gonçalves da
Valente, Richard Hemmi
Neves, Antônio Pereira
Menna-Barreto, Rubem Figueiredo Sadok
Authors: Lopes, Geovane Dias
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Trichomonas vaginalis é o agente etiológico da tricomoníase em humanos, uma infecção sexualmente transmissível comum e global. O ciclo de vida deste parasito apresenta a forma de trofozoíto sem um estágio cístico. Entretanto, a presença de formas esféricas com flagelos internalizados e viáveis , denominadas pseudocistos, tem sido comumente observada neste parasito. Como estão em baixa proporção em cultivo axênico, a padronização de métodos de indução é fundamental para se estudar esta forma. Além disso, existem poucos estudos moleculares para compreender a formação de pseudocistos. Neste trabalho, investigamos o efeito do ferro na dinâmica da formação de pseudocistos caracterizando a mudança morfológica destes pseudocistos induzidos pela depleção de ferro por microscopia ótica e eletrônica, bem como os mecanismos moleculares envolvidos nesta transformação através de um estudo proteômico quantitativo baseado em espectrometria de massas Foi observado que a depleção de ferro induz uma mudança morfológica dos trofozoítos replicativos em pseudocistos, formas arredondadas, não multiplicativas e sem motilidade. Esta transformação morfológica está relacionada a (i) uma mudança metabólica em direção a um fenótipo menos glicolítico, (ii) alterações na abundância de maquinário de montagem hidrogenossômica ferro-enxofre (ISC); (iii) aumento da abundância de partículas reguladoras do sistema ubiquitina-proteassoma; (iv) alterações significativas nas proteínas envolvidas na adesão e reorganização do citoesqueleto; (v) parada na fase G2/M associada a alterações na abundância de proteínas reguladoras do ciclo celular. Tais dados confirmam que os pseudocistos sofrem importantes alterações fisiológicas e estruturais para sobreviver sob condições ambientais desfavoráveis.
Abstract: Trichomonas vaginalis is a sexually transmitted anaerobic parasite that infects humans causing trichomoniasis, a very common sexually transmitted disease. The life cycle of this parasite possesses a trophozoite form without a cystic stage. However, the presence of viable and spherical forms with internalized flagella, denominated pseudocysts, has been commonly observed for this parasite. Pseudocysts are in low proportion in axenic culture; therefore, the standardization of induction methods is fundamental to study this form. In addition, the molecular mechanisms regulating the dynamics of trophozoite transformation into a pseudocyst are unknown. We investigated the effects of iron on the dynamics of pseudocyst formation and the morphological characterization of these iron-depletion induced pseudocysts by optical and electron microscopy, as well as the molecular mechanisms involved in the formation through a deep quantitative proteomic study based on mass spectrometry using a label-free approach It was observed that iron depletion induces a morphological change of replicative trophozoites in pseudocysts, rounded, non-multiplicative and non-motile forms. This morphological transformation of trophozoite to pseudocysts is coupled to (i) a metabolic shift towards a less glycolytic phenotype, (ii) alterations in the abundance of hydrogenosomal iron-sulfur cluster (ISC) assembly machinery; (iii) increased abundance of regulatory particles of the ubiquitin\2013proteasome system; (iv) significant alterations in proteins involved in adhesion and cytoskeleton reorganization; (v) arrest in G2/M phase associated to alterations in the abundance of regulatory proteins of the cell cycle. Such data supports that pseudocysts suffer important physiological and structural alterations for survive under unfavorable environmental conditions.
keywords: Trichomonas vaginalis
Deficiência de Ferro
Trofozoítos
Espectrometria de Massas
Issue Date: 2018
Citation: LOPES, Geovane Dias. Formação de pseudocistos em trichomonas vaginalis: uma análise ultraestrutural, estrutural e proteômica. 2018. 120 f. Tese (Doutorado em Biologia Parasitária)-Instituto Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2018.
Date of defense: 2018
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Pós-Graduação em Biologia Parasitária
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz
Program: Programa de Pós-Graduação em Biologia Parasitária
Copyright: restricted access
Appears in Collections:IOC - PGBP - Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
geovane_lopes_ioc_dout_2018.pdf3.82 MBAdobe PDF    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.