Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/31017
Title: Do olhar ao cuidar: desafios na atenção à saúde indígena na casa de saúde do índio de Manaus
Advisor: Pereira, Maria Luiza Garnelo
Members of the board: Teixeira, Carla Costa
Lima, Antônio Carlos de Souza
Authors: Ribeiro, Andréa Araújo
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Pesquisas Leônidas e Maria Deane. Manaus, AM, Brasil.
Abstract: Este trabalho visou analisar as práticas discursivas dos profissionais de saúde da Casa de Saúde do Índio de Manaus – CASAI de Manaus – e os sentidos atribuídos, por eles, sobre os indígenas assistidos na instituição; viabilizando, assim, a compreensão da implicação desses sentidos nas práticas sanitárias ali desenvolvidas. Na época da pesquisa, foram analisadas notícias veiculadas em um jornal de grande circulação no Amazonas sobre a instituição responsável pela saúde indígena – a FUNASA, visando contextualizar os sentidos atribuídos pela sociedade brasileira em relação a FUNASA e a implicação destes sentidos nas políticas públicas de saúde indígena. A pesquisa foi desenvolvida a partir da abordagem da pesquisa qualitativa, subsidiada pelo método etnográfico e utilização das técnicas da observação direta, entrevistas semi-estruturadas e análise documental. A análise foi consubstanciada pelas teorias da semiologia dos discursos e antropologia social a partir do enfoque da política indigenista tutelar brasileira. O estudo concluiu que o perfil de atuação dos profissionais de saúde da CASAI é subsidiado pelo ação civilizatória do Estado brasileiro, que tem como propósito auxiliar o índio a ‘evoluir’ a se tornar ‘civilizado’; negando, assim, a autonomia política dos indígenas submetidos a assistência em saúde nesta instituição. Em relação aos textos postos em circulação na mídia, constatou-se que estes se configuraram em denúncias e exposição das dificuldades de viabilização de políticas e ações mais adequadas e sérias por parte da FUNASA em relações aos indígenas. O desenvolvimento desta pesquisa viabilizou o entendimento/contextualização das práticas de atenção em saúde realizadas na CASAI de Manaus e do cenário das políticas de saúde indígena no Brasil. A partir deste trabalho, visamos proporcionar reflexões para a operacionalização de melhorias no cenário da assistência em saúde aos povos indígenas no contexto brasileiro.
Abstract: This article has as its goal to analyze the discourse practices of the healthcare professional of the Casa de Saúde do Índio – CASAI, in Manaus, and the meaning assigned by them on the Indians who are assisted in the institution, thus, enabling the implication of such meaning in the sanitation practices developed thereat. At the time of the research work, news published in a widely read newspaper in the State of Amazonas, on the institution responsible for the Indian health – FUNASA, aiming at contextualizing the meaning assigned by the Brazilian society regarding FUNASA and the implication of such meaning in the Indian healthcare public policies. The research work was developed grounded on the qualitative research approach, subsidized by the ethnographic method and the use of the direct observational techniques, semi-structured interviews and document analysis. The analysis was consubstantiated by the discourse semiology and social anthropology theories from the standpoint of the ideology of the Brazilian tutelage Indigenist policy. The study concluded that the profile of the performance of the professions who work in the CASAI is subsidized by the Brazilian State civilizatory action that has as its goal to assist the Indian towards ‘evolving’ and becoming ‘civilized’, by negating, thus the political autonomy of the Indians who are submitted to healthcare assistance in this institution. With respect to the texts placed in circulation by the media, it was verified that these are related to denunciations and exposure of the difficulties in the implementation of more serious and adequate policies and actions on the part of FUNASA in matters related to the Indians. The development of this research work has enabled the understanding/contextualization of healthcare practices carried out in CASAI in Manaus and of the scenario of the Indian healthcare policies in Brazil. This work aimed at providing reflections as to the performance of improvements in the scenario related to the healthcare of the Indigenous people within the Brazilian context.
Keywords: Indian healthcare
Indigenist policy
keywords: Saúde indigena
Politica indigenista
Issue Date: 2008
Citation: RIBEIRO, Andréa Araújo. Do olhar ao cuidar: desafios na atenção à saúde indígena na casa de saúde do índio de Manaus. 2008. 108 f. Dissertação (Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias da Amazônia) - Instituto Leônidas e Maria Deane, Fundação Oswaldo Cruz; Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2008.
Date of defense: 2008-03-31
Place of defense: Manaus, AM
Defense institution: Universidade Federal do Amazonas
Program: Programa de Pós-Graduação em Saúde, Sociedade e Endemias na Amazônia
Copyright: open access
Appears in Collections:AM - ILMD - PPGSSEA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Andréa.pdf459.05 kBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.