Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/31434
Full metadata record
DC FieldValue
dc.contributor.authorSilva, Clélia Christina Mello
dc.contributor.authorGuimarães, Mauro
dc.date.accessioned2019-02-05T16:19:11Z
dc.date.available2019-02-05T16:19:11Z
dc.date.issued2018
dc.identifier.citationSILVA, Clélia Christina Mello; GUIMARÃES, Mauro. Mudanças climáticas, Saúde e Educação ambiental como Política Pública em tempos de crise socioambiental. Revista de Políticas Públicas, v. 22, p. 1151-1170, 2018.
dc.identifier.issn0104-8740
dc.identifier.urihttps://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/31434
dc.description.abstractEste trabalho apresenta uma reflexão sobre o papel da educação ambiental crítica como promotora da saúde e sugere a sua utilização como política pública prioritária nos processos de adaptação e mitigação dos problemas ambientais decorrentes de mudanças climáticas. Discute, ainda, a crise socioambiental e a saúde planetária; as interferências das mudanças climáticas na saúde; a divergência terminológica das vertentes educacionais para a discussão dos problemas ambientais; o papel da educação e do educador ambiental e a Educação Ambiental crítica como promotora da Saúde, capaz de construir do coletivo para o coletivo, uma sociedade resiliente às mudanças climáticas e em sintonia com a natureza. O artigo apresenta, assim, diferentes formas de viabilizar a praticidade do discurso teórico.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal do Maranhão
dc.rightsopen access
dc.subject.otherEducação ambiental
dc.subject.otherMudanças climáticas
dc.subject.otherSaúde Pública
dc.titleMudanças climáticas, Saúde e Educação Ambiental como Política Pública em tempos de crise socioambiental
dc.typeArticle
dc.description.abstractenThis work shows a re0 ection on the role of critical environmental education as a health promoter and suggest its use as a priority public policy in the processes of adaptation and mitigation of environmental problems caused by climate changes. Discuss in this article, the socio- environmental crisis and planet’s health; the interferences of climatic changes in health, the terminological divergence of educational areas for the discussion of environmental problems; the role of education and the environmental educator and Critical Environmental Education as a promoter of the One Health, able to construct from the collective to the collective, a society resilient to the climatic changes and in balance with nature. The article show diferent ways to make feasible the theoretical discourse.
dc.creator.affilliationFundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Laboratório de Avaliação e Promoção da Saúde Ambiental. Rio de Janeiro, RJ, Brasil / Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Curso de Pós-Graduação em Educação. Seropédica, RJ, Brasil.
dc.creator.affilliationUniversidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação Ambiental, Diversidade e Sustentabilidade. Curso de Pós-Graduação em Educação. Nova Iguaçu, RJ, Brasil.
dc.subject.enEnvironmental education
dc.subject.enClimate changes
dc.subject.enUnique health
dc.identifier.eissn2178-2865
Appears in Collections:IOC - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
cleliacristina_silva2_etal_IOC_2018.pdf250.8 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.