Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/31544
Title: Estudo de distintos níveis holárquicos para uma região metropolitana por meio da aplicação de Indicadores de sustentabilidade ambiental e de saúde
Other Titles: Environmental and health sustainability indicators for the Metropolitan Region of Sao Paulo - an ecosystem approach to study different Holarchical levels
Authors: Giatti, Leandro Luiz
Freitas, Carlos Machado de
Nascimento, Paulo Roberto do
Landin, Rubens
Gaviolli, Juliane
Cutolo, Silvana Audrá
Maria, Natasha Ceretti
Carbone, Amanda Silveira
Toledo, Renata Ferraz de
Affilliation: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. São Paulo, SP, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. São Paulo, SP, Brasil.
Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. São Paulo, SP, Brasil.
Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. São Paulo, SP, Brasil.
Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. São Paulo, SP, Brasil.
Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. São Paulo, SP, Brasil.
Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. São Paulo, SP, Brasil.
Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. São Paulo, SP, Brasil.
Abstract: Problemas ambientais e de saúde adquirem caráter, magnitude e imprevisibilidade em grandes metrópoles, havendo pouco entendimento das motricidades desses processos e fraca articulação da unidade metro politana para com seus componentes, os municípios. Este artigo objetiva estabelecer uma concepção teórica e metodológica para abordagem de um sistema metropolitano, a Região Metropolitana de São Paulo, sob uma perspectiva de sustentabilidade ambiental e de saúde. Para isso, estuda-se a metrópole enquanto sistema holárquico auto-organizável aberto, aplicando-se uma matriz de indicadores de modo a diferenciar como questões socioeconômicas, ambientais e de saúde se distribuem conferindo características singulares aos 39 municípios componentes, compreendidos como hólons. Aplica-se a análise sobre a questão das áreas de mananciais distribuídas de modo desigual em municípios periféricos, os quais possuem condições precárias de pressão por ocupação, indicadores de inclusão social e de saúde. Os resultados obtidos permitem inferir que a sustentabilidade necessita ser analisada a partir de outras centralidades que se constituem em uma região metropolitana, como na questão do provimento de serviços ambientais como a água, superando a expressão de determinados municípios concentradores de população e renda. Esta concepção pode ser considerada como relevante motivação à retomada da gestão metropolitana com foco na sustentabilidade.
Abstract: Environmental and health problems acquire character, magnitude and unpredictability in large cities, with little understanding of these processes and their driving forces and weak articulation within a metropolitan area and its components, the municipalities. This paper aims at establishing theoretical and methodological basis to approach a metropolitan system, the São Paulo Metropolitan Region, by means of sustainability in terms of environment and health. The metropolis was studied as a self-organizing holarchic open system by an indicator matrix analysis showing how socioeconomic, environmental and health characteristics are distributed, conferring singular characteristics to the 39 component municipalities which are understood as holons. Exploring watershed protection areas, those are unequally distributed in peripherals municipalities in which are found worse conditions in terms of pressure for occupation and social and health indicators. The results obtained allows to infer that the sustainability must be analyzed from other centralities in a metropolitan region, like in the situation of providing environmental services as water, overcoming the burden of certain municipalities because of their population or income. This conception must be considered as relevant motivation for recovering the metropolitan management with focus on sustainability.
Keywords: metropolis
sustainability indicators
environmental health
keywords: Metrópoles
Indicadores de Sustentabilidade
Saúde Ambiental
DeCS: Metrópoles
Indicadores de Desenvolvimento Sustentável
Saúde Ambiental
Issue Date: 2013
Publisher: Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental.
Citation: GIATTI, Leandro Luiz et al. Estudo de distintos níveis holárquicos para uma região metropolitana por meio da aplicação de Indicadores de sustentabilidade ambiental e de saúde. Revista Brasileira de Ciências Ambientais, n. 30, p. 1-10, 2013
ISSN: 1808-4524
Copyright: open access
Appears in Collections:ENSP - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EstudoDistintos.pdf386.75 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.