Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/31818
Full metadata record
DC FieldValue
dc.contributor.authorValente, Jurema Pureza
dc.date.accessioned2019-02-21T16:46:55Z
dc.date.available2019-02-21T16:46:55Z
dc.date.issued2000
dc.identifier.citationVALENTE, Jurema Pureza. Sobre um modo de transmissão da matemática. Cadernos de Saúde Pública, v. 16, n. 2, p. 561-567, 2000.
dc.identifier.issn0102-311X
dc.identifier.urihttps://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/31818
dc.description.abstractRelato de uma experiência com o ensino da matemática em curso de pós-graduação de Saúde Pública, entremeado com reflexões e conceitos. Os alunos que chegam a estes cursos sofrem, em geral, de mal-estar com a matemática. Um mal-estar histórico. Em decorrência disso, apresentam dificuldade com o aprendizado dessa disciplina. Sem pretender minimizar os obstáculos usuais e mesmo as afinidades no desenvolvimento das abstrações, sugere-se que grande parte das dificuldades não são da ordem da matemática propriamente dita, mas, com freqüência, de experiência opressiva no passado, bem como da construção do espaço de sala de aula. Tal ponto de vista envolve o entendimento da experimentação, das vivências, em que os sujeitos estão implicados. O foco deste trabalho está no modo de transmissão, no desenvolvimento de uma pedagogia.
dc.language.isopor
dc.publisherENSP/Fiocruz
dc.rightsopen access
dc.subject.otherEducação de Pós-Graduação
dc.subject.otherEnsino
dc.subject.otherMatemática
dc.titleSobre um modo de transmissão da matemática
dc.title.alternativeOn a mode of transmission for mathematics
dc.typeArticle
dc.identifier.doi10.1590/S0102-311X2000000200027
dc.description.abstractenThis paper reports on an experience in teaching mathematics in a graduate course in public health, intermingled with reflections and concepts. Students enrolled in such courses generally feel uneasy about learning mathematics. Without underrating the usual obstacles and even affinities in developing abstractions, the results suggest that a major portion of the difficulties derives not from mathematics itself, but from an oppressive experience in the past. Difficulties also relate to the construction of space in the classroom. Such a perspective involves understanding experiments and life experiences in which the subjects are involved. In short, the work focuses on how to transmit mathematics in the development of a pedagogical approach.
dc.creator.affilliationFundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Departamento de Ciências Sociais. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
dc.subject.enGraduate Education
dc.subject.enTeaching
dc.subject.enMathematics
dc.subject.decsEducação de Pós-Graduação
dc.subject.decsEnsino
dc.subject.decsMatemática
dc.identifier.eissn1678-4464
Appears in Collections:ENSP - Artigos de Periódicos
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ModoTransmissãoMatemática.pdf63.16 kBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.