Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/37505
Title: Análise dos gastos em saúde com as vigilâncias do campo da saúde nos municípios de Minas Gerais: 2005 a 2011
Other Titles: Analysis of spending on health with the field of health surveillance in the municipalities of Minas Gerais: 2005-2011
Advisor: De Seta, Marismary Horsth
Andrade, Carla Lourenço Tavares de
Authors: Barbosa, Ludmila Gonçalves
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Neste estudo ecológico se examinam o padrão de gastos na função Saúde e a evolução dos gastos declarados pelos municípios de Minas Gerais com a saúde e com as vigilâncias sanitária e epidemiológica, nos anos 2005 a 2011. Essas vigilâncias consistem em subfunções típicas da função Saúde, segundo as normas que regem a contabilidade governamental. Para isso utilizaram-se: 1) análise fatorial (AF), método dos componentes principais, com indicadores construídos a partir do Sistema de Informação sobre Orçamentos Públicos em Saúde (SIOPS) e do Sistema de Informação sobre Finanças Municipais (FINBRA), dados referentes ao ano de 2011; 2) comparação dos valores obtidos para os indicadores de receita e de gasto em saúde e com as vigilâncias, nos anos 2005, 2008 e 2011. Nos dois procedimentos analíticos, o município é a unidade de análise, e o universo abarcou 685, dos 853 municípios existentes no estado de Minas Gerais. Na análise, agregaram-se aos indicadores construídos: o porte municipal por faixas; o Produto Interno Bruto Municipal per capita, dividido em quartis; e a divisão dos municípios mineiros em regiões. Construíram-se mapas temáticos com base nos resultados da análise fatorial e a evolução dos indicadores de gasto revelou quatro situações: aumentou ou diminuiu o gasto em um dos intervalos de tempo (2005 a 2008 ou 2008 a 2011), estacionário positivo (aumentou nos dois intervalos de tempo) ou estacionário negativo (diminuiu nos dois intervalos de tempo). Os resultados apontam: 1) a distribuição homogênea dos três fatores obtidos na AF com a predominância de valores Médios para os scores dos três fatores nos municípios mineiros; a existência de apenas 53 municípios que apresentaram scores Alto e/ou Baixo para pelo menos um dos três fatores; 2) o crescimento dos valores per capita dos gastos em saúde e com as vigilâncias, acompanhado de redução da participação do percentual de gastos em saúde e com as subfunções, o que pode indicar o crescimento relativo dos dispêndios com outras funções de governos, ou com outras subfunções da saúde.
Abstract: This ecological study examines the pattern of spending in Health and the evolution of expenditures declared by the municipalities of Minas Gerais state, Brazil, with health and the sanitary and epidemiological surveillances in the years 2005 to 2011. These surveillances are typical subfunctions of the Health function, according to the rules that conduct government accounts. For this were used: 1) factor analysis (FA), main components method, with indicators built from the Information System on Public Health Budget (SIOPS) and the Municipal Finance Information System (FINBRA), data on year 2011; 2) comparison of values obtained for the indicators of expenditures on income, health, and surveillance in the years 2005, 2008 and 2011. In the two analytical procedures, the municipality is the unit of analysis, and the universe encompassed 685 of the 853 municipalities within the state of Minas Gerais. In the analysis, built indicators were added to: the municipal scale by bands; per capita Municipal Gross Domestic Product, divided into quartiles; and the division of municipalities of Minas Gerais state in regions. Thematic maps were built based on the results of the factor analysis and the evolution of indicators of expenditure revealed four situations: increased or decreased spending in one of the time intervals (2005-2008 and 2008-2011), stationary positive (increased in both time intervals) or stationary negative (decreased in both time intervals). The results show: 1) homogeneous distribution of the three factors obtained in the FA with predominance of average values for the scores of the three factors in the districts of Minas Gerais; the existence of only 53 counties that had high and / or low scores for at least one of three factors; 2) the growth of per capita expenditure values with health and surveillance, accompanied by reduced participation in the percentage of health spending and the subfunctions, which may indicate the relative increase in expenditures on other functions of government, or on other health subfunctions.
Keywords: Expenditures
Information Systems
Health Financing
Sanitary Surveillance
Epidemiological Surveillance
Health
keywords: Gastos
Sistemas de Informação
Financiamento da Saúde
Vigilância Sanitária
Vigilância Epidemiológica
Saúde
DeCS: Gastos em Saúde
Sistemas de Informação
Financiamento da Assistência à Saúde
Vigilância Sanitária
Monitoramento Epidemiológico
Issue Date: 2013
Citation: BARBOSA, Ludmila Gonçalves. Análise dos gastos em saúde com as vigilâncias do campo da saúde nos municípios de Minas Gerais: 2005 a 2011. 2013. ix,123 f. Dissertação (Programa de Pós Graduação em Saúde Pública) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Rio de Janeiro, 2013.
Date of defense: 2013
Place of defense: Rio de Janeiro
Department: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Fundação Oswaldo Cruz
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca
Program: Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública
Copyright: open access
Appears in Collections:ENSP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ve_Ludmila_Goncalves_ENSP_20131.45 MBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.