Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/5083
Title: Necessidades e demandas de informações: uma abordagem a partir da vigilância sanitária
Other Titles: Needs and demands of information? a to approach starting from the sanitary surveillance
Advisor: Moraes, Ilara Hämmerli Sozzi de
Authors: Lins, Maria José Castro d'Almeida
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Analisa o processo de definiçäo de demandas informacionais na saúde, da perspectiva da ciência da informaçäo, enquanto conhecimento para se lidar com: i)o registro e a recuperaçäo da informaçäo; ii)desenvolver metodologias para a geraçäo, uso e disseminaçäo de informaçöes; e iii)transformar o conhecimento científico em metalinguagens que permitam o acesso às informaçöes e seu uso. Seu objeto foi construído no campo da transferência e recuperaçäo da informaçäo, focalizando a 'informaçäo da informaçäo' e o 'metaconhecimento' como entendidos por Gómez (1996), onde a "informaçäo acerca da informaçäo articula esta ao conhecimento". O estudo foi desenvolvido na Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro (SES/RJ), no espaço de interseçäo entre a Coordenaçäo Geral de Vigilância Sanitária (VISA) e o Centro de Informaçöes em Saúde (CISA). Procurou-se obter uma visäo do cenário informacional da SES/RJ e, mais especificamente, da VISA, averiguando como se processa a definiçäo de demandas informacionais, assim como os aspectos de oferta e utilizaçäo da informaçäo, sistematizaçäo das demandas informacionais, relevância da informaçäo para o gestor, conhecimento da informaçäo disponibilizada em rede interna e externa, habilidade para lidar com as novas tecnologias da informaçäo e, ainda, a indicaçäo de crescimento de demandas de informaçäo para apoiar a decisäo. Os resultados destacam a persistência de uma lógica fragmentadora permeando os sistemas de informaçäo em saúde disponíveis, bem como os esforços para a superaçäo da mesma. Permitem, também, confirmar a existência de baixo uso de informaçöes na VISA como conseqüência dessa fragmentaçäo e também de uma gama complexa de questöes, dentre as quais se pode citar a falta de uma maior pertinência destas informaçöes frente às necessidades dos gestores. Conclui-se pela falta de estruturaçäo das informaçöes na VISA, o que determina o modo anárquico, näo sistemático como se expressam as necessidades informacionais dos gestores. Estas necessidades, formando uma massa nebulosa, difusa, ambígua, exigem entervençäo metodológica para definir os fluxos e o modo de definir as demandas informacionais.
keywords: Técnicas de Apoio para a Decisão
Serviços de Informação
Vigilância Sanitária
Issue Date: 2001
Citation: LINS, Maria José Castro d'Almeida. Necessidades e demandas de informações: uma abordagem a partir da vigilância sanitária. 2001. 282 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública)-Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2001.
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca
Copyright: open access
Appears in Collections:ENSP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
245.pdf4.34 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.