Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/6826
Title: Estudo comparativo da pressão de dióxido de carbono arterial e do expirado em neonatos sob ventilação mecânica em uma UTI neonatal
Advisor: Alves, Bianca da Silva
Authors: Fiatt, Marciane Pesamosca
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz.Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: O objetivo principal deste estudo é avaliar e analisar a correlação entre a pressão final do dióxido de carbono exalado (PetCO2) e a pressão parcial de dióxido de carbono arterial (PaCO2) em pacientes neonatos pré-termos (aqueles nascidos antes de completar 37 semanas de idade gestacional). Estudo quantitativo, observacional, comparativo com recém-nascidos internados em uma Unidade de terapia Intensiva Neonatal que necessitarem de ventilação mecânica invasiva por mais de 24 horas e coleta de gasometria arterial. Serão excluídos os RN ventilados com ventilação de alta frequência, os portadores de malformações congênitas e aqueles com instabilidade térmica. Será registrado a média de 3 valores da PetCO2 durante a coleta de gasometria (01 minuto antes, durante e 01 minuto após), numa ficha de avaliação, onde também serão anotados dados do paciente, como idade gestacional e peso de nascimento, dias de ventilação mecânica e parâmetros utilizados, doença de base e severidade da doença pulmonar( avaliada pelo índice de oxigenação, pressão média das vias aéreas, fração inspirada de oxigênio e relação pressão parcial arterial do oxigênio/pressão parcial alveolar de oxigênio) para posterior análise estatística. Será necessário avaliar 137 pares de medidas de PaCO2 e do PetCO2, para que seja possível estimar uma diferença mínima de 2,5 mmHg entre as medidas da PaCO2 e do PetCO2, considerando que o desvio padrão esperado seria de 12mmHg, de acordo com estudo de Trevisanuto et al, 2012, com poder de 90% e nível de significância de 0,05. Será utilizado o teste t para amostras pareadas ou teste de Wilcoxon caso a distribuição dos dados não seja normal. Variáveis categóricas serão analisadas com o teste Qui quadrado (x2). A correlação das variáveis quantitativas será determinada pelo coeficiente de correlação de Pearson ou Spearman. Os resultados serão expressos como média ± DP, mediana ou percentual (%). O estudo será realizado após aprovação pelo Comitê de Ética em Pesquisa do Grupo Hospitalar Conceição, conforme exigências do Ministério da Saúde -resolução 196/96
keywords: Ventilação mecânica invasiva
DeCS: Capnografia
Estudo Comparativo
Dióxido de Carbono
Unidades de Terapia Intensiva Neonatal
Respiração Artificial
Issue Date: 2012
Citation: FIATT, Marciane Pesamosca. Estudo comparativo da pressão de dióxido de carbono arterial e do expirado em neonatos sob ventilação mecânica em uma UTI neonatal. 2012. 33 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Informação Científica e Tecnológica em Saúde) - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde, Fundação Oswaldo Cruz; Grupo Hospitalar Conceição, Porto Alegre, RS, 2012
Place of defense: Porto Alegre/RS
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Comunicação e Informação Cientifica e Tecnológica em Saúde; Grupo Hospitalar Conceição
Program: Programa de Pós-Graduação em Informação Científica e Tecnológica em Saúde
Copyright: open access
Appears in Collections:ICICT - Trabalhos de Conclusão de Curso - Especialização ICTS - RS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marciane Pesamosca Fiatt[1].pdf509.53 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.