Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/7926
Title: Descrição dos fatores neonatais associados ao óbito na internação após o nascimento em uma maternidade terciária
Advisor: Llerena Junior, Juan Clinton
Costa, Maria de Fátima dos Santos
Members of the board: Llerena Junior, Juan Clinton
Campos, Mônica Rodrigues
Moreira, Maria Elisabeth Lopes
Authors: Oliveira, Amanda Regina Ribeiro de
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira. Departamento de Ensino. Programa de Pós-Graduação em Saúde da Criança e da Mulher. Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Abstract: Introdução: As mortes infantis representam um problema para a saúde pública, pois são mortes precoces e na maioria das vezes podem ser evitadas. Os avanços tecnológicos e o largo combate às doenças infecto-parasitárias fizeram com que a mortalidade infantil caísse de forma significativa no Brasil nas últimas décadas. O principal componente responsável pela mortalidade infantil é o neonatal. Objetivo: Identificar os fatores neonatais associados ao desfecho óbito na primeira internação imediatamente após o nascimento. Metodologia: Foi realizado um estudo transversal retrospectivo. Foram incluídos os nascidos vivos no IFF que ficaram internados imediatamente após o nascimento em UTI neonatal, sendo excluídos aqueles que permaneceram no alojamento conjunto após o nascimento e os que nasceram em outras instituições e posteriormente foram transferidos para o IFF. As informações foram retiradas do banco de dados disponíveis no IFF. As variáveis foram analisadas inicialmente de forma descritiva e posteriormente através de um modelo de Regressão Logística Múltipla objetivando identificar as que contribuíram significativamente com a ocorrência do desfecho óbito. Uma análise complementar foi dedicada aos RN’s que foram a óbito na sala de parto. Resultados: No presente trabalho, no modelo final, quando foram ajustadas todas as variáveis do estudo que apresentaram significância estatística, a análise multivariada mostrou aumento do risco de óbito associado aos RN’s com extremo baixo peso ao nascimento, APGAR 5’ menor que 7, fizeram uso de respirador, tiveram pneumonia, e apresentaram alguns tipos de malformações congênitas. O uso de capacete como recurso de assistência respiratória apareceu como fator protetor. Conclusão: O óbito neonatal foi associado ao peso menor que 1000 gramas ao nascimento, APGAR no quinto minuto menor que 7, uso de respirador, apresentar pneumonia e alguns tipos de malformações congênitas.
Abstract: Introduction: Child deaths represent a problem for public health, because they are early deaths and most often can be avoided. Technological advances and fight off the infectious and parasitic diseases caused infant mortality fell significantly in Brazil in recent decades. The principal component is responsible for the newborn infant mortality. Objective: To identify factors associated with neonatal outcome death at first hospitalization immediately after birth. Methodology: We conducted a retrospective cross-sectional study. Live births in the IFF who were hospitalized immediately after birth in the neonatal ICU were included, and excluded those who stayed in rooming after birth and those born at other institutions and were later transferred to the IFF. The information was taken from the database available on IFF. Variables were initially analyzed descriptively and later by a multiple logistic regression model aiming to identify who contributed significantly to the occurrence of the outcome death. An additional analysis was devoted to RN's who died in the delivery room. Results: In this work, in the final model when they were adjusted all study variables that were statistically significant, multivariate analysis showed an increased risk of death associated with RN's with extremely low birth weight, APGAR 5 'less than 7, made use of respirator had pneumonia, and showed some types of congenital malformations. Helmet use as a resource for respiratory assistance appeared as a protective factor. Conclusion: The neonatal death was associated with weight less than 1000 grams at birth, in the fifth minute APGAR lower than 7, mechanical ventilation, pneumonia and present some types of congenital malformations.
keywords: Internação
Fatores Neonatais
Desfecho Óbito
Recém-Nascido
DeCS: Tempo de Internação
Mortalidade Infantil
Indicador de Risco
Recém-Nascido
Issue Date: 2013
Publisher: Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira
Citation: OLIVEIRA, Amanda Regina Ribeiro de. Descrição dos fatores neonatais associados ao óbito na internação após o nascimento em uma maternidade terciária. 2013. 90 f. Dissertação (Mestrado em Saúde da Criança e da Mulher)-Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira, Rio de Janeiro, 2013.
Date of defense: Março, 2013
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Derpatamento de Ensino
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira
Program: Programa de Pós-Graduação em Saúde da Criança e da Mulher
Copyright: restricted access
Appears in Collections:IFF - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Amanda_Oliveira_iff_mest_2013.pdf4.2 MBAdobe PDF    Request a copy
TA_Amanda_Oliveira_2013.pdf1.05 MBAdobe PDF    Request a copy



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.