Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/9572
Title: Avaliação do perfil de suscetibilidade a antimicrobiologia e presença dos genes necA e quacA/B em staphylococcus spp. isolados de queijo minas frescal
Other Titles: Evaluation of the profile of antimicrobial resistance and the presence of the genes mecA and qacA/B in staphylococcus spp. isolated from minas frescal type cheese
Advisor: Marin, Victor Augustus
Miyazaki, Neide Hiromi Tokumaru
Members of the board: Villas Bôas, Maria Helena Simões
Miguel, Marco Antônio Lemos
Mano, Sergio Borges
Marin, Victor Augustus
Authors: Costa, Juliana de Castro Beltrão da
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Diversos relatos indicam que queijos Minas Frescal comercializados no Brasil são amplamente contaminados, sendo o gênero Staphylococcus spp. incriminado em diversos surtos de toxinfecção alimentar. Os objetivos deste estudo são a pesquisa de características fenotípicas e genotípicas de resistência a antimicrobianos de Staphylococcus spp. isolados a partir de queijo Minas Frescal, verificando a presença dos genes mecA e qacA/B através da técnica de reação em cadeia da polimerase (PCR). Estes isolados, caracterizadas como estafilococos coagulase positiva e estafilococos coagulase negativa por Freitas (2005), neste estudo passaram por verificação de sua pureza, através de características macroscópicas das colônias em crescimento em Triptic Soy Agar, coloração de Gram, prova da catalase e da coagulase. Após a seleção de culturas puras de estafilococos foi realizado teste de suscetibilidade a antimicrobianos (mupirocina, ampicilina, tetraciclina, clindamicina, sulfazotrim, norfloxacina, cefotaxima, piperacilina+tazobactam, meropenem, penicilina G, cefepima, cloranfenicol, gentamicina, eritromicina, oxacilina e cefoxitina), extração de DNA e pesquisa dos genes mecA e qacA/B através da reação em cadeia da polimerase. Os resultados foram que apenas 14 (14,7por cento) dos isolados analisados pelo antibiograma se mostraram sensíveis a todos os antibióticos testados. Encontrou-se 27 (28,4por cento) dos isolados multiresistentes e suscetíveis à meticilina e 15 (15,8por cento) eram multiresistentes e resistentes à meticilina. O gene mecA foi detectado em 21 (22,1por cento) dos 95 isolados pesquisados, e dentre estes, 9 (9,5por cento) apresentaram-se como resistentes pelo teste de suscetibilidade a antimicrobianos (incluindo dois isolados coagulase negativos). Dentre os isolados 74 (77,9por cento) não apresentaram o gene mecA e 6 (6,3por cento) apresentaram-se resistentes à meticilina pelo antibiograma...
DeCS: Microbiologia de Alimentos
Queijo
Testes de Sensibilidade Microbiana
Staphylococcus
Genes
Vigilância Sanitária
Issue Date: 2010
Citation: COSTA, J. C. B. Avaliação do perfil de suscetibilidade a antimicrobiologia e presença dos genes necA e quacA/B em staphylococcus spp. isolados de queijo minas frescal. 2010. 87 f. Dissertação (Mestrado em Vigilância Sanitária)- Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2010.
Date of defense: 2010-02-24
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Coordenação de Pós-Graduação
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde
Program: Programa de Pós-Graduação em Vigilância Sanitária
Copyright: open access
Appears in Collections:INCQS - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
72.pdf582.42 kBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.