Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/10596
Title: Desenvolvimento e avaliação de duas novas estratégias vacinais contra o vírus da Dengue
Other Titles: Development and evaluation of two new vaccine strategies against dengue virus
Advisor: Gil, Laura Helena Vega Gonzales
Montenegro, Sílvia Maria Lucena
Marques Junior, Ernesto Torres de Azevedo
Members of the board: Gil, Laura Helena Vega Gonzales
Silva Filha, Maria Helena Neves Lôbo
Leal, Nilma Cintra
Cordeiro, Marli Tenório
Maia, Rita de Cássia
Authors: Silva, Andréa Nazaré Monteiro Rangel da
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães. Recife, PE, Brasil
Abstract: A dengue é um problema de Saúde Pública em termos de morbidade e mortalidade, sendo reconhecida em mais de 100 países. No entanto, o desenvolvimento de uma vacina encontra sua dificuldade na imunopatogênese da doença, fazendo-se necessária a construção de uma vacina tetravalente que seja capaz de imunizar contra os quatro sorotipos do vírus, em diferentes faixas etárias, sem elicitar o efeito deletério da febre hemorrágica do dengue. Para isto, novas tecnologias têm sido utilizadas no lugar dos sistemas de atenuação e inativação viral. Diante disto, o presente trabalho teve como objetivo desenvolver duas novas estratégias vacinais contra o vírus dengue, utilizando as seguintes abordagens: a primeira consistiu no desenvolvimento de uma vacina de DNA que expressava epítopos definidos de células B e T, do DENV-3, associados ao sinal de tráfego celular da proteína de membrana do lisossomo- LAMP. A segunda consistiu na expressão in tandem dos domínios III da proteína do envelope dos quatro sorotipos, fusionados ao replicon do vírus da febre amarela 17D. Foram utilizadas técnicas padrão de clonagem e de recombinação homóloga em levedura para a construção das diferentes abordagens. A expressão da vacina de DNA e a replicação autônoma dos replicons foram confirmadas pelo ensaio de imunofluorescência indireta de células transfectadas. Os resultados para a vacina de DNA mostraram com sucesso a expressão do LAMP-1 humano fusionado aos epítopos, no entanto, a construção não foi capaz de gerar resposta imune por anticorpos neutralizantes. A vacina baseada em replicons mostrou que é possível utilizar com sucesso os replicons como vetores vacinais e que estes permitem a expressão de genes heterólogos alvos. Nossos estudos representam uma etapa inicial para o desenvolvimento de novas formulações vacinais que podem constituir um importante avanço para o desenvolvimento de vacinas de última geração para o dengue
DeCS: Vírus da Dengue
Vacinas contra Dengue
Febre Hemorrágica da Dengue
Issue Date: 2011
Publisher: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães
Citation: Silva, Andréa Nazaré Monteiro Rangel da. Desenvolvimento e avaliação de duas novas estratégias vacinais contra o vírus da Dengue. 2011. 146 f. Tese (Saúde pública) - Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães, Recife, 2011.
Date of defense: Março 1, 2011
Place of defense: Recife/PE
Defense institution: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães
Program: Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública
Copyright: open access
Appears in Collections:PE - IAM - PPGSP - Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
536.pdf11.78 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.