Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/10660
Title: Avaliação do impacto do Programa Um Milhão de Cisternas Rurais (P1MC) na saúde: ocorrência de diarréia no Agreste Central de Pernambuco
Other Titles: Evaluation of impact of program one million of rural cisterns (P1MC) in the health: occurrence of diarrhea in Central Agreste of Pernambuco
Advisor: Brito, Ana Maria
Costa, André Monteiro
Lapa, Tiago Maria
Members of the board: Lira, Pedro Israel Cabral de
Lima, Marilia de Carvalho
Souza, Wayner Vieira de
Câmara, Henrique Fernandes
Brito, Ana Maria de
Authors: Luna, Carlos Feitosa
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães. Recife, PE, Brasil
Abstract: A importância de avaliar o impacto da construção de cisternas no processo de obtenção de água potável em regiões com escassez de abastecimento e carência de condições sanitárias e na redução das taxas de mortalidade infantil associadas a doenças transmitidas pela água faz-se necessário decorrente da insuficiência de estudos que comprovem sua relevância. A pouca produção de conhecimento, no Brasil e no mundo, acerca do impacto da captação e utilização de água de chuva na redução da prevalência de diarréia, especialmente em crianças e idosos, ressalta a importância do P1MC. Este programa promove independência e autonomia na obtenção da água de qualidade, além de permitir possível melhoria na qualidade da saúde e de vida em geral. Para avaliar o impacto do uso da água de cisternas na ocorrência de episódios diarréicos comparando o número e a duração de episódios entre moradores de domicílios com e sem cisternas, foi delineado um estudo longitudinal prospectivo aninhado a um estudo de corte transversal com dois grupos de comparação. Este estudo foi realizado, em 21 municípios do Agreste Central de Pernambuco entre agosto e dezembro de 2007, com período de acompanhamento de 60 dias. A casuística final contou com 1.765 indivíduos onde se obteve em análise bivariada reduções significantes no risco de ocorrência de episódios diarréicos tal como no número e duração dos episódios. A análise multivariada corrobora a importância das cisternas no processo de redução do número de episódios. Assim, a construção de cisternas para armazenamento de água da chuva, estocando-a para os períodos de estiagem, é uma solução simples, economicamente viável e que pode contribuir significativamente no processo de obtenção de água para o consumo humano no Semi-Árido Brasileiro. O estudo constatou que a ocorrência de diarréia, bem como seus indicadores de gravidade - número de episódios e duração da diarréia foram consistentemente maiores entre os residentes de domicílios sem cisternas
DeCS: Água potável
Diarréia
Armazenamento de Água
Issue Date: 2011
Publisher: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães
Citation: Luna, Carlos Feitosa. Avaliação do impacto do Programa Um Milhão de Cisternas Rurais (P1MC) na saúde: ocorrência de diarréia no Agreste Central de Pernambuco. 2011. 207 f. Tese (Saúde pública) - Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães, Recife, 2011.
Place of defense: Recife/PE
Defense institution: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães
Program: Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública
Copyright: open access
Appears in Collections:PE - IAM - PPGSP - Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
489.pdf1.61 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.