Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/10921
Title: Avaliação da infecção por Leishmania spp. em pequenos mamíferos de áreas endêmicas de Minas Gerais, Brasil |
Advisor: Gontijo, Célia Maria Ferreira
Members of the board: Gontijo, Célia Maria Ferreira
Oliveira, Edward José de
Roque, André Luiz Rodrigues
Avelar, Daniel Moreira de
Authors: Pereira, Agnes Antônia Sampaio
Coadvisor: Ferreira, Eduardo de Castro
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas René Rachou. Belo Horizonte, MG, Brasil.
Abstract: O conhecimento dos reservatórios de Leishmania spp. é crucial para o estabelecimento de medidas eficientes de controle das leishmanioses. A detecção, identificação da espécie de Leishmania bem como a quantificação da carga parasitária em diferentes amostras de animais podem ser ferramentas úteis na indicação da participação de um determinado hospedeiro como fonte de infecção para os vetores. Neste trabalho foi realizado um estudo sobre a infecção por Leishmania spp. em roedores e marsupiais em áreas endêmicas para as leishmanioses de Minas Gerais. As amostras utilizadas foram provenientes de pequenos mamíferos capturados em cinco localidades: Regional Nordeste de Belo Horizonte, Município de Divinópolis, Terra Indígena Xakriabá no Município de São João das Missões, Barra do Guaicuí em Várzea da Palma e Casa Branca, localidade pertencente ao Município de Brumadinho. A detecção e quantificação do DNA de Leishmania foram realizadas através da Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) e PCR em tempo real (qPCR) direcionadas ao alvo kDNA e a identificação da espécie através da PCR-RFLP direcionada ao hsp70. Foram capturados animais pertencentes a 14 diferentes espécies, das ordens Rodentia e Didelphimorfia. Os resultados mostraram que, em geral, a maioria dos animais foi capturada em áreas não urbanizadas e a maioria dos espécimes pertencem a ordem Rodentia. Dos 346 animais examinados, 78 (22%) foram positivos em pelo menos um tecido. A maior positividade foi observada na Terra Indígena Xakriabá (35%), seguido pela Regional Nordeste de Belo Horizonte (27%), Casa Branca (24%), Divinópolis (9%) e Barra do Guaicuí (8%). Quanto às espécies de animais, Thrichomys apereoides e Didelphis albiventris tiveram um número expressivo de exemplares capturados (76 e 113 respectivamente) e uma positividade considerada alta (28% e 19%). Com relação aos tecidos, o fígado apresentou maior positividade (14%), seguido por medula (9%), baço (6%), pele de orelha (5%) e pele de cauda (4%). Nas amostras dos animais foram identificadas as espécies L. (V.) braziliensis, L. (L). infantum e L. (V.) guyanensis, sendo que a primeira foi encontrada infectando um maior número e uma maior diversidade de espécies de animais. Os animais capturados na Terra Indígena Xakriabá apresentaram a carga parasitária mais elevada, e, com relação às espécies dos hospedeiros, T. apereoides foi o que apresentou a maior carga parasitária. Quanto aos tecidos, houve uma alta positividade em amostras de fígado enquanto as amostras de baço apresentaram uma alta carga parasitária, o que aponta para a importância desses órgãos na infecção dos pequenos mamíferos por Leishmania spp.. A pele de orelha se mostrou eficiente na detecção das três espécies de Leishmania encontradas. Os resultados obtidos, aliados ao conhecimento epidemiológico da área, mostraram a importância da participação deste animais no ciclo de transmissão de Leishmania nas áreas endêmicas estudadas. Esses dados ressaltam a necessidade de mais estudos a respeito destas diferentes espécies de mamíferos, possíveis reservatórios de Leishmania spp., visando a implementação de novas estratégias de vigilância epidemiológica e aplicação de medidas de controle específicas, tanto para leishmaniose tegumentar como para leishmaniose visceral.
Abstract: The knowledge about the reservoir of Leishmania spp. is crucial to establish the efficient leishmaniasis control measures. The detection, identification of the Leishmania species and the parasite burden quantification in different clinical animal samples can be useful tools to indicate the participation of a certain host as a source of infection to the vectors. In this work it was done a study about the infection by Leishmania spp. in rodents and marsupials in leishmaniasis endemic areas in Minas Gerais. The used samples were from small mammals captured in five localities: the Northeast Region of Belo Horizonte, the municipality of Divinópolis, the Xakriabá Indian Reservation in the municipality of São João das Missões, Barra do Guaicuí in the municipality of Várzea da Palma and Casa Branca, placed in the municipality of Brumadinho. The detection and quantification of the Leishmania DNA was done through the Polimerase Chain Reaction (PCR) targeted to the kDNA and the identification of the species through the PCR-RFLP targeted to the hsp70. Animals from 14 different species of the orders Rodentia and Didelphimorfia were captured. The results showed that, in general, most of the animals were captured in non urbanized areas and most of the specimens belong to the Rodentia order. From the 346 tested animals, 78 (22%) were positive in at least one tissue. The higher positivity was observed in the Xakriabá Indian Reservation (35%), followed by the Northeast Region of Belo Horizonte (27%), Casa Branca (24%), Divinópolis (9%) and Barra do Guaicuí (8%). Related to the animal species, Thrichomys apereoides and Didelphis albiventris had an expressive number of captured specimens (76 and 113 respectively) and a high positivity (28% and 19%). About the tissues, the liver had the higher positivity (14%), followed by bone marrow (9%), spleen (6%), ear skin (5%) and tail skin (4%). In the animals samples were identified the species L. (V.) braziliensis, L. (L). infantum and L.(V.) guyanensis, wherein the first was found infecting a higher number and a higher diversity of animals species. The captured animals in the Xakriabá Indian Reservation showed a more elevated parasite burden and, related to the host species, T. apereoides showed the higher parasite burden. About the tissues, there was a high positivity in liver samples as the spleen samples showed a high parasite burden, which points to the importance of these organs for the infection of small mammals by Leishmania spp. The ear skin was efficient in the detection of the three Leishmania species found. The obtained results, allied to the area epidemiologic knownledge, showed important participation of these animals in the Leishmania cicle transmission in the studied endemic areas. These data show the need of more researches about these different mammals species, possible Leishmania reservoirs, seeking the implementation of new epidemiological surveillance srtatetegies and the aplliance of specific control measures to the cutaneous leishmaniasis as well to the visceral leishmaniasis.
keywords: Leishmaniose
Leishmania
Reservatórios de Doenças
Issue Date: 2015
Citation: PEREIRA, Agnes Antônia Sampaio. Avaliação da infecção por Leishmania spf. em pequenos mamíferos de áreas endêmicas de Minas Gerais, Brasil. 2015. 126 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde)-Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde, Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde)-Centro de Pesquisas René Rachou, Fundação Oswaldo Cruz, Belo Horizonte, 2015
Date of defense: 2015
Place of defense: Belo Horizonte/MG
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisa Rene Rachou
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Copyright: open access
Appears in Collections:MG - IRR - PPGCS - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_DIP_AgnesAntoniaSampaioPereira (2).pdf3.89 MBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.