Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/11819
Title: Adaptação transcultural e confiabilidade de medidas de características autorreferidas de vizinhança no ELSA-Brasil
Other Titles: Cross-cultural adaptation and reliability of measurements on self-reported neighborhood characteristics in ELSA-Brasil
Authors: Santos, Simone M.
Griep, Rosane Härter
Cardoso, Letícia O.
Alves, Márcia Guimarães de Mello
Fonseca, Maria de Jesus Mendes da
Giatti, Luana
Chor, Dóra
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca. Departamento de Epidemiologia e Métodos Quantitativos. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Laboratório de Educação em Ambiente e Saúde. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca. Departamento de Epidemiologia e Métodos Quantitativos. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Universidade Federal Fluminense. Instituto de Saúde da Comunidade. Departamento de Planejamento em Saúde. Niterói, RJ, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca. Departamento de Epidemiologia e Métodos Quantitativos. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Universidade Federal de Ouro Preto. Escola de Nutrição. Departamento de Nutrição Clínica e Social. Ouro Preto, MG, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca. Departamento de Epidemiologia e Métodos Quantitativos. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: OBJETIVO: Descrever o processo de adaptação de escalas de medida de características de vizinhança para o português brasileiro. MÉTODOS: As dimensões abordadas foram coesão social, ambiente propício para atividade física, disponibilidade de alimentos saudáveis, segurança em relação a crimes, violência percebida e vitimização. No processo de adaptação foram avaliados aspectos de equivalência entre as escalas originais e respectivas versões para o português. A confi abilidade teste-reteste foi avaliada em submostra de 261 participantes do Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto (ELSA-Brasil) que responderam ao mesmo questionário em dois momentos distintos em um intervalo de tempo de sete a 14 dias entre as duas aplicações. RESULTADOS: Os aspectos de equivalência avaliados mostraram-se adequados. O coefi ciente de correlação intraclasse variou entre 0,83 (IC95% 0,78;0,87) para Coesão Social e 0,90 (IC95% 0,87;0,92) para Ambiente para Atividade Física. As escalas apresentaram consistência interna (alfa de Cronbach) que variaram entre 0,60 e 0,84. CONCLUSÕES: As medidas autorreferidas de características de vizinhança tiveram reprodutibilidade muito boa e boa consistência interna. Os resultados sugerem que essas escalas podem ser utilizadas em estudos com população brasileira que apresente características similares àquelas do ELSA-Brasil.
Abstract: OBJECTIVE: To describe the process involved in adapting scales for measuring neighborhood characteristics to Brazilian Portuguese. METHODS: The dimensions addressed were social cohesion, environment suitable for physical activity, availability of healthy foods, safety, perceived violence and victimization. The adaptation process involved assessment of equivalence between the original scales and the Portuguese versions. The testretest reliability was assessed in a subsample of 261 participants from the Brazilian Longitudinal Study for Adult Health (ELSA-Brasil), who answered the same questionnaire on two different occasions, separated by an interval of 7 to 14 days. RESULTS: The aspects of equivalence assessed were shown to be adequate. The intraclass correlation coeffi cient ranged from 0.83 (95%CI 0.78;0.87) for Social Cohesion to 0.90 (95%CI 0.87;0.92) for Walking Environment. The scales showed internal consistency (Cronbach’s alpha) ranging from 0.60 to 0.84. CONCLUSIONS: The measurements on self-reported neighborhood characteristics had very good reproducibility and good internal consistency (Cronbach’s alpha). The results suggest that these scales can be used in studies involving Brazilian populations with characteristics similar to those of ELSA-Brasil.
Keywords: Human Settlements
Environmental Health
Social Environment
Quality of Life
Questionnaires
Translations
Reproducibility of Results
Multicenter Studies as Topic
Cohort Studies
keywords: Assentamentos Humanos
Saúde Ambiental
Meio Social
Qualidade de Vida
Questionários
Traduções
Reprodutibilidade dos Testes
Estudos Multicêntricos como Assunto
Issue Date: 2013
Publisher: Universidade de São Paulo
Citation: SANTOS, Simone M. et al. Adaptação transcultural e confiabilidade de medidas de características autorreferidas de vizinhança no ELSA-Brasil. Revista de Saúde Pública, v. 47, Supl. 2, p. 122-30, 2013.
DOI: 10.1590/S0034-8910.2013047003871
ISSN: 0034-8910
Copyright: open access
Appears in Collections:ENSP - Artigos de Periódicos
IOC - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
rosane_griep_etal_IOC_2013.pdf128.15 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.