Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/12014
Title: Detecção e caracterização genotípica de rotavírus da espécie A e norovírus em amostras fecais humanas de Fortaleza, Ceará
Advisor: Leite, José Paulo Gagliardi
Members of the board: Soares, Caroline Cordeiro
Paula, Vanessa Salete de
Santos, Debora R. Lopes dos
Amado, Luciane Almeida
Vitral, Cláudia Lamarca
Authors: Sá, Ana Caroline Costa
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Abstract: A gastronterite aguda (GA) é uma causa importante de morbidade e mortalidade entre crianças com menos de cinco anos no mundo. Segundo a Organização Mundial de Saúde, a GA e as infecções respiratórias agudas são os mais importantes agravos à saúde das crianças \2264 5 anos, responsáveis por 17% das 10,4 milhões de mortes a cada ano. As GA causadas por rotavírus da espécie A (RVA) são responsáveis por aproximadamente 390.000 mortes ao ano, 80% dessas nos países em desenvolvimento, principalmente na Ásia e na África. Os rotavírus são classificados em cinco espécies (A-E), sendo os da espécie A os principais agentes etiológicos da diarreia aguda em crianças menores de 5 anos. Pertencem à família Reoviridae, gênero Rotavirus. Baseando-se nas proteínas de superfície, VP4 e VP7, os RVA são classificados em genótipos P e G, respectivamente. Estudos de epidemiologia molecular demonstraram que, mundialmente, cinco genótipos G são prevalentes: G1-4 e 9; em associação com os genótipos P[8], P[4] ou P[6]. Os norovírus (NoV), gênero Norovirus da família Caliciviridae, são amplamente reconhecidos como os principais agentes causadores de surtos de GA não bacteriana e como o segundo vírus mais prevalente em infecções esporádicas. Neste estudo, foi analisada a presença de RVA e NoV em 200 espécimes clínicos coletados de maio de 2008 a abril de 2009, em Fortaleza, Ceará. Os resultados revelaram 12% e 17% de prevalência para RVA e NoV, respectivamente. Todas as amostras positivas para RVA pertencem ao genótipo G2P[4], sugerindo a predominância deste genótipo Diferentes estudos realizados em vários Estados brasileiros revelaram que o genótipo G2P[4] é o mais prevalente desde 2005. Entretanto, foi demonstrado que existem flutuações, tanto temporais quanto geográficas, das combinações G-P de RVA circulantes. As análises filogenéticas permitiram identificar 3 variantes do gene que codifica para a proteína VP7, 2 variantes do gene que codifica a proteína VP4, 3 variantes do gene que codifica para a proteína NSP4, demonstrando a segregação independente dos genes de RV-A analisados. Em 2009, uma nova variante foi identificada. Dos mecanismos de geração de diversidade em RVA, foi possível evidenciar a ocorrência de: i) mutações pontuais; ii) reassortment entre amostras humanas; iii) reassortment entre amostras humanas e amostras bovinas para o gene que codifica para a proteína NSP4. Dentre os NoV, foram detectados os seguintes genótipos GII.4 (59%), GII.12 (17%), GII.6 (9%), GII.3 (6%) e GII.? (9%). O genótipo GII.4 foi predominante, seguido de GII.12, corroborando o fenômeno de emergência deste, descrito mundialmente a partir de 2008. Os resultados aqui apresentados mostram que os RVA e os NoV são importantes causas de GA no Estado do Ceará e o acompanhamento contínuo da epidemiologia destes vírus, em diferentes regiões do Brasil, será essencial para determinar o impacto real destas infecções no país
Abstract: Acute gastroenteritis (AGE) is an important cause of morbidity and mortality of children <5 years old worldwide. According to WHO, AGE and the acute respiratory infections are the most important health problems in 5 - year - old children, being responsible of 17% of 10.4 million of death e very year. AGE caused by Rotavirus species A (RVA) are responsible for approximately 390,000 deaths annually, 80% of those in developing countries, mainly in Asia and Africa. Rotav iruses are classified into five species (A - E ) and species A constitute the m ost important etiological agent of acute diarrhea in children with less than 5 years old. Based on surface proteins, VP4 and VP7, R VA are classified as genotype P and G, respectively. Molecular epidemiology studies have shown that five G genotypes are prev alent worldwide: G1, G2, G3, G4 and G9, in association with the genotypes P[8], P[4] or P[6]. Noroviruses (NoV), gender Norovirus from the Caliciviridae family, are widely recognized as the most important causative agents of non - bacterial AGE outbreaks and the second most prevalent viruses in sporadic infections. In this study, we screened the presence of RVA and NoV in 200 fecal samples originated from clinical specimens in Fortaleza, Ceará collected from May 2008 to April 2009. The results obtained reveal ed prevalence of 12% and 17% for RVA and NoV, respectively. All positive samples for RVA belong to P[4]G2 genotype, suggesting the predominance of this genotype. Studies in various Brazilian states showed that the genotype P[4]G2 is the most prevalent sinc e 2005 . However, it was shown that there are fluctuations, both temporal and geographic, on the circulating RVA genotypes. Phylogenetic analyzes have identified 3 variants of the VP7, 2 variants of the VP4 gene, 3 variants of the NSP4 gene, demonstrating the independent assortment of the RVA genes analyzed. In 2009, a new variant was identified. Between the mechanisms of diversity generation in RVA, it was possible to demonstrate the occurrence of: i ) mutations ii ) reassortment between human samples iii ) r eassortment between human and bovine samples, regarding NSP4 gene analysis. Among NoV, t he following genotypes were detected: GII.4 (59%), GII.12 (17%), GII.6 (9%), GII.3 (6%) and GII.? (9%). The genotype GII.4 was predominant, followed by GII.12, corrobor ating its global emergency, described since 2008. The results presented here show that RVA and NoV are important causes of AGE in Ceará State and its continuous monitoring in different regions of Brazil will be essential to determine their real impact in A GE infections in Brazil .
keywords: Ceará
DeCS: Gastroenterite
Rotavirus
Epidemiologia
Norovirus
Issue Date: 2012
Citation: SÁ, A. C. C. Detecção e caracterização genotípica de rotavírus da espécie A e norovírus em amostras fecais humanas de Fortaleza, Ceará. 2012. 105f. Dissertação (Mestrado em Biologia Parasitária) - Fundação Oswaldo Cruz, Instituto Oswaldo Cruz, Rio de janeiro, RJ, 2012
Date of defense: 2012-03-22
Place of defense: Rio de Janeiro/ RJ
Department: Pós-Graduação em Biologia Parasitária
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz
Program: Programa de Pós-Graduação em Biologia Parasitária
Copyright: open access
Appears in Collections:IOC - PGBP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ana_sa_ ioc_mest_2012.pdf3.1 MBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.