Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/12464
Title: Desempenho da reação em cadeia da polimerase no líquido amniótico para diagnóstico da toxoplasmose congênitarevisão sistemática e metanálise
Advisor: Moreira, Maria Elizabeth Lopes
Brasil, Pedro Emmanuel Alvarenga Americano do
Authors: Azevedo, Christianne Terra de Oliveira
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: A toxoplasmose é uma zoonose endêmica em todo o mundo causada pelo Toxoplasma gondii. Embora a maioria das infecções sejam subclínicas e assintomáticas, tem uma grande importância em hospedeiros imunocomprometidos e em recém-nascidos com infecção congênita. A infecção causada pelo Toxoplasma gondii durante a gestação pode causar graves lesões ao feto. A realização de exames laboratoriais para investigação diagnóstica da toxoplasmose congênita durante o prenatal é imprescindível para o tratamento correto da gestante e melhor prognóstico das crianças infectadas.O grande avanço no diagnóstico prenatal da infecção fetal pelo Toxoplasma gondii foi o uso da reação em cadeia da polimerase (PCR) no líquido amniótico. O objetivo da investigação é avaliar o desempenho diagnóstico da PCR para identificação da toxoplasmose fetal em gestantes com diagnóstico sorológico de toxoplasmose recente, através de uma revisão sistemática da literatura. Nessa revisão a sensibilidade global do teste da PCR foi de 77% e a especificidade de 98,3%, alcançando sensibilidade de 87% e especificidade de 99% quando realizado até cinco semanas após o diagnóstico materno. No entanto o desempenho do teste pode variar de acordo com o trimestre da gravidez. Pode ser recomendado para uso nas primeiras cinco semanas após o diagnóstico materno quando há suspeita de toxoplasmose fetal
DeCS: Toxoplasmose Congênita
Reação em Cadeia da Polimerase
Diagnóstico Pré-Natal
Revisão
Issue Date: 2013
Citation: AZEVEDO, C. T. O. Desempenho da Reação em Cadeia da Polimerase no Líquido Amniótico para Diagnóstico da Toxoplasmose Congênita. Revisão Sistemática e Metanálise. 2013. 63 f. Dissertação (Mestrado em Pesquisa Clínica em Doenças Infecciosas) - Fundação Oswaldo Cruz, Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, Rio de Janeiro, RJ, 2013.
Date of defense: 2013
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Pós-Graduação em Pesquisa Clínica em Doenças Infecciosas
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas
Program: Programa de Pós-Graduação em Pesquisa Clínica em Doenças Infecciosas
Copyright: open access
Appears in Collections:INI - MPPC - Dissertações de Mestrado Profissional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
christiane_azevedo_ini_mest_2013.pdf9.35 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.