Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/13356
Title: Dengue no Estado do Rio Grande do Norte, 2010-2012: vigilância virológica e aspectos epidemiológicos
Advisor: Nogueira, Rita Maria Ribeiro
Araújo, Josélio Maria Galvão de
Members of the board: Filippis, Ana Maria Bispo de
Bentancor, Gonzalo José Bello
Cordeiro, Marli Tenório
Mendonça, Marcos César Lima de
Azeredo, Elzinandes Leal de
Authors: Branco, Mário Sérgio Duarte
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Abstract: A dengue é a arbovirose mais importante do mundo. Nos últimos 50 anos, vem progressivamente alcançando o status de pandemia global. Este trabalho descreve a vigilância virológica e os aspectos epidemiológicos da dengue no Estado do Rio Grande do Norte, no período de 2010 a 2012. Foram estudados 1581 casos pela metodologia de isolamento viral e/ou RT-PCR para detecção e tipagem viral, provenientes de diferentes Centros de Saúde do Estado do Rio Grande do Norte, no período compreendido entre Janeiro de 2010 e Dezembro de 2012. A infecção foi confirmada através do isolamento viral em 27% dos casos, enquanto a RT-PCR confirmou 24% dos casos estudados, a união das duas metodologias confirmou 30% dos casos estudados. Este estudo detectou a circulação de todos os quatro sorotipos do vírus Dengue no Rio Grande do Norte, havendo a circulação do DENV-1, DENV-2 e DENV-3 em 2010, já em 2011 ocorreu a circulação do DENV-1, DENV-2 e a introdução do DENV-4 no Estado, após um período de 30 anos sem registro no país. Em 2012 foi detectada apenas a circulação do DENV-4. O sorotipo predominante em 2010 foi o DENV-2, representando 53,33% dos casos positivos, seguido do DENV-1, com 45,33% e DENV-3 com 1,33%. Em 2011, o DENV-1 foi predominante com 75,49% dos casos positivos, seguido por DENV-2 e DENV-4. Em 2012, o DENV-4 foi o único detectado, com 100% dos casos positivos A distribuição geográfica dos casos concentrou-se em Natal, com 53,97% dos casos confirmados. Em relação à distribuição mensal, tivemos um maior número de casos nos meses de Maio e Abril, 23% e 21% dos casos positivos respectivamente (p< 0,0001). A faixa etária mais acometida foi a de 0 a 10 anos, com 38% dos casos positivos, sendo que apenas em 2012, a faixa etária de 11 a 30 anos foi a mais acometida com 51,33% dos casos (p=0,0001). A média de idade dos casos confirmados por sorotipo foi significativamente maior para o DENV-4 (p<0,0001), sendo de 29,87 anos (DP: 17,01). Em relação ao gênero, o sexo feminino representou 52% dos casos. A média de idade de mulheres afetadas pela Dengue foi maior (p=0,0345) que a dos homens afetados, sendo de 22,69 (DP: 18,85). A caracterização genética das cepas circulantes confirmou a circulação do genótipo V, genótipo Sudeste Asiático/Americano e genótipo II, respectivamente para DENV-1, DENV-2 e DENV-4. Este trabalho subsidiará uma melhor compreensão sobre a ação desses vírus na população Norte-Riograndense, fornecendo auxílio às ações voltadas ao controle da doença na região, constituindo uma importante contribuição ao se considerar o grande impacto dessa doença no RN
Abstract: Dengue is considered as the most important arthropod - borne viral disease throughout the world, which currently represents a major public health problem in tropical and subtropical countries, i ncluding Brazil. This work presents results of virological surveillance and epidemiological aspects of dengue in the state of Rio Grande do Norte, Brazil, 2010 - 2012. A total of 1,581 cases, reported from January 2010 to December 2012 at various health cent ers in the state, were studied by the method of viral isolation and / or RT - PCR for viral detection and typing. The infection was confirmed by virus isolation in 27% of the cases, while the RT - PCR confirmed 24% of the cases studied; the union of the two me thodologies confirmed 30% of the cases studied. This study detected the circulation of all four serotypes of dengue virus in Rio Grande do Norte, with the circulation of DENV - 1, DENV - 2, and DENV - 3 in 2010, and the circulation of DENV - 1, DENV - 2, and the in troduction of DENV - 4 in the state in 2011, after a 30 - year period without registration in the country. The predominant serotype in 2010 was the DENV - 2, representing 53.33% of the positive cases, followed by DENV - 1, with 45.33% and DENV - 3 with 1.33%. In 201 1, DENV - 1 was predominant with 75.49% of the positive cases, followed by DENV - 2 and DENV - 4. In 2012, DENV - 4 was predominant and exclusive, 100% of positive cases. Regarding the spatial distribution, most of cases occurred in Natal, with 53,97% of confirmed cases. The monthly distribution showed a greater number of positive cases in the months of April (21%) and May (23%) (p <0.0001). The most affected age group was 0 - 10 years with 38% positive cases, and only in 2012, the age group 11 - 30 years was the most affected with 51.33% of the cases (p = 0.0001). The average age of confirmed cases was significantly higher for serotype DENV - 4 (p <0.0001), being 29.87 years (SD: 17,01). Regarding gender, females represented 52% of the cases. The average age of women aff ected by dengue was higher (p = 0.0345) than the affected men, with 22.69 (SD: 18.85). Genetic characterization of circulating strains confirmed the circulation of genotypes V, Southeast Asian / American and II, respectively, for DENV - 1, DENV - 2 and DENV - 4. This work furthers a better understanding of the action of these viruses in the local population. Providing assistance to efforts aimed at controlling the disease in the region is an important contribution when considering the major impact of this disease
DeCS: Dengue
Controle de Vetores
Vigilância Epidemiológica
Brasil/epidemiologia
Issue Date: 2014
Citation: BRANCO, M. S. D. Dengue no Estado do Rio Grande do Norte, 2010-2012: vigilância virológica e aspectos epidemiológicos. 2014. 96 f. Dissertação (Mestrado em Medicina Tropical) - Instituto Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2014.
Date of defense: 02-14-2014
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Pós-Graduação em Medicina Tropical
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz
Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical
Copyright: open access
Appears in Collections:IOC - PGMT - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
mario_branco_ioc_mest_2014.pdf3.45 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.