Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/13358
Title: Estudo clínico e epidemiológico da leishmaniose tegumentar americana no Departamento de Pando, região fronteiriça entre o Brasil e a Bolívia
Advisor: Costa, Filipe Aníbal Carvalho
Members of the board: Brazil, Reginaldo Peçanha
Moreira, Carlos José de Carvalho
Pereira, Daniela de Pita
Lima, Marli Maria
Authors: Bello, Nadia Rivas
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Abstract: A Leishmaniose Tegumentar Americana (LTA) é uma dermatozoonose de notificação compulsória considerada endêmica em grande parte da Bolívia. Este estudo teve como objetivos descrever aspectos clínicos e epidemiológicos da doença em uma região da fronteira Bolívia-Brasil e propor hipóteses sobre a existência de determinantes socioeconômicos e ambientais que contribuam para a endemicidade da LTA no Departamento de Pando, Bolívia entre os anos de 2008 a 2012. Para tanto, foram aplicados dois desenhos de estudo: i) um estudo de série de casos para o qual foi feita a coleta de informação dos registros médicos de pacientes com LTA entre os anos 2008 a 2012 (n=525) dos centros de saúde dos municípios de Cobija e Filadelfia; estas informações foram adicionadas à base de dados existentes sobre os casos positivos de LTA em todos os municípios do departamento de Pando (n=1.560) segundo dados do SEDES (Serviço Departamental de Saúde) Pando e ii) um estudo transversal realizado em três locais: na comunidade Empresiña do município de Filadelfia, no centro de Cobija e no bairro Villa Busch, pertencente ao município de Cobija. No estudo de série de casos com os dados do SEDES, observou-se que dos 1.560 casos de LTA registrados entre 2008 e 2012, a maior parte era do sexo masculino (73,8%), 16,2% ocorreram em crianças com idade até 12 anos, 74% em jovens de 13 a 43 anos e 26% em pessoas com mais de 30 anos, sendo a média de idade 24,2 ± 13,4 anos A lesão única cutânea ulcerada foi a forma clínica mais comum, localizada principalmente em áreas expostas. A proporção de pacientes com a forma mucosa da doença foi 5,6%. A média de idade dos pacientes acometidos da forma mucosa (26,9± 14,4 anos) foi ligeiramente superior àquela observada nos pacientes com a forma cutânea (24 ± 13,4 anos) (p=0,047). As profissões mais frequentemente identificadas entre os pacientes foram agricultor (13%) e estudante (30%). De 100% dos casos (n=1.560), observou-se que 45% (n=706) pacientes atingiram a cura completa da lesão e 3% dos pacientes (n=49) abandonaram o tratamento. No estudo transversal, comparando-se os três locais de estudo, foi possível observar que a comunidade Empresiña possuía habitações mais precárias do que no centro de Cobija e na Villa Busch, estas moradias por serem mais próximas à mata e pelo material utilizado na estrutura da vivenda (madeira em 78%) tinham maior facilidade de ingresso do vetor, 50% das famílias desta comunidade ia para a mata diariamente e, destes moradores, somente o 44% tinham conhecimento básico da doença Em conclusão, a LTA continua sendo uma doença endêmica e negligenciada na região, relacionada às atividades profissionais, com ênfase para a agricultura, sendo alta a proporção de pacientes que não conclui o tratamento, possivelmente por dificuldade de acesso ao serviço de saúde. A proporção de casos com comprometimento mucoso é alta e relacionada às dificuldades na chegada do fármaco para realizar o tratamento
Abstract: American C utaneous L eishmaniasis (ACL) is a notifiable dermatozoonosis considered endemic in a great part of Bolivia. This study aimed to describe the clinical and epidemiological aspects of the d isease in a Bolivia - Brazil border region and propose hypotheses about socioeconomic and environmental determinants contributing to the endemicity of ACL in the Department of Pando, Bolivia, from 2008 to 2012. To do so, t wo study designs were performed: i) a case series through information from medical records of patients with ACL from 2008 to 2012 (n = 525) obtained in health centers of Cobija and Philadelphia municipalities; this information was added to the existing database of the positive cases of ACL in all municipalities of the Department of Pando (n = 1 . 560) according to the SEDES (Serviço Departamental de Saúde) of Pando and ii) a cross - sectional survey in three localities: Empresiña community of Philadelphia municipality, the center of Cobija and Villa Busch neighborhood of Cobija municipality . In the case series, it was observed that, from the 1.560 ACL cases registered from 2008 to 2012, most of them were male (73,8%), 16, 2% occurred in c hildren aged 12 years, 74 % in young people of 13 to 43 year s old and 26.2% in people over 30 years old, with an average age of 24,2 ± 13,4 years. The unique ulcerated cutaneous lesion was the most common clinical form, located mainly in exposed areas. The proportion of patients with a mucosal form of the disease w as 5.6%, the average age of the patients with mucosal lesions (26,9 ± 14, 4 years) was slightly higher than observed in patients with the cutaneous form (24 ± 13 , 4 years) (p = 0, 047). The most frequently occupations identified a mong patients were farmers (13%) and students (30 %). Among 100% of the cases (n= 1.560 ) , it was observed that 45% of patients (n= 706 ) achieved complete healing of lesions and 3% of the patients (n= 49 ) abandoned the treatment. In the cross - sectional study it was observed that Empresiñ a community was poorer than the center of Cobija and Villa Busch. Empresiña was closer to the forest and the material used in the structure of the houses (wood in 78%) made then more vulnerable to vectors, 50% of families in this community went to the fore st every day, and, among them, only 44% had basic knowledge of the disease. In conclusion, ACL remains an endemic, neglected and poverty related disease in the region, associated to professional activities, with emphasis on agriculture, with a high proport ion of patients that do not complete treatment, possibly due to poor access to health services. The proportion of cases with mucosal involvement is high and is possibly related to difficulties in access to the treatment.
DeCS: Leishmaniose Cutânea
Epidemiologia
Estudo Clínico
Estudos de Coortes
Issue Date: 2014
Citation: BELLO, NADIA RIVAS. Estudo clínico e epidemiológico da leishmaniose tegumentar americana no Departamento de Pando, região fronteiriça entre o Brasil e a Bolívia. 2014. 85f. Dissertação (Mestrado em Medicina Tropical) - Fundação Oswaldo Cruz, Instituto Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, RJ, 2014.
Date of defense: 2014
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Pós-Graduação em Medicina Tropical
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz
Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical
Copyright: open access
Appears in Collections:IOC - PGMT - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
nadia_bello_ioc_mest_2014.pdf2.54 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.