Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/13511
Title: Leishmaniose visceral em pacientes infectados por HIV: estudo de casos observados em Campo Grande, MS, 2000-2006
Advisor: Paniago, Anamaria Mello Miranda
Cruz, Alda Maria da
Members of the board: Bóia, Márcio Neves
Rabello, Ana Teles
Oliveira, Ana Lúcia Lyrio de
Authors: Oliveira, Priscilla Alexandrino de
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: expansão e a urbanização da leishmaniose visceral (LV) em Mato Grosso do Sul tornaram a doença um problema de saúde pública no Estado. Para conhecer o comportamento clínico e epidemiológico da LV em indivíduos infectados pelo HIV, foi estudada uma série de 23 casos atendidos em dois hospitais da capital, Campo Grande, região Centro-Oeste do Brasil, de janeiro de 2000 a dezembro de 2006. Foram incluídos os pacientes com resultado sorológico positivo para o HIV documentado no prontuário e cultura positiva para Leishmania sp. em aspirado de medula óssea. Oitenta e sete por cento dos pacientes eram do sexo masculino, com mediana de idade de 37 anos (variando de 21 a 56 anos) Todos os pacientes foram procedentes de Mato Grosso do Sul. 34,8% dos pacientes apresentavam o uso de drogas injetáveis como categoria de exposição para o HIV. A maioria dos pacientes apresentava imunodeficiência avançada, com 80% dos pacientes com contagem de linfócitos T CD4+ inferior a 200 células/mm3 (mediana - 44,5 células/mm3) durante o primeiro episódio de LV. Apesar deste fato, ambas as doenças foram diagnosticadas simultaneamente em 43% dos pacientes. Todos os pacientes infectados pelo HIV com LV apresentaram febre e 78% hepatoesplenomegalia. Os pacientes apresentaram graus variados de diminuição das células sangüíneas e de anormalidades bioquímicas A pesquisa direta de Leishmania sp. em aspirado de medula óssea demonstrou alta positividade (87%) nos pacientes estudados. Cinco pacientes foram tratados exclusivamente com antimoniato de meglumina, cinco pacientes exclusivamente com desoxicolato de Anfotericina B e doze pacientes foram tratados com ambas as terapias, por reação adversa ou falha ao antimoniato de meglumina. Uma a duas recidivas por paciente foram observadas em 56,7% dos casos. Somente um paciente foi a óbito em conseqüência da LV
Abstract: The outspread and urbanization of visceral leishma niasis in Mato Grosso do Sul becoming the disease a public health problem in the state. To know the clinical and epidemiological characteristics of visceral leishmaniasis in HIV patients, a series of 23 patients attended in Campo Grande, center west region of Brazil, from 2000 to 2006, was studied. We selected the patients with HIV and bone marrow culture positive for leishmaniasis The medi an age of patients was 37 years (range 21*56), 87% were male, All the patients live d in Mato Grosso do Sul, 34.8 percent of patients had intravenous drug use as the ir HIV transmission category. The majority of patients had advanced HIV disease, 80 p ercent had CD4+T cells count less than 200 cells/mm 3 and a median of 44.5 cells/mm3 during the first ep isode of visceral leishmaniasis. Despite of this fact, both diseases were diagnosed at the same time in 43 percent of the patients. All HIV in fected patients with visceral leishmaniasis presented fever, 78 percent presented enlargement of the liver and spleen. The patients presented varying degrees of b lood cytopenias and biochemical abnormalities. Diagnosis was also achieved in 87% o f the patients with the detection of Leishmania amastigotes in Giemsa*stained smears from aspirate s of bone marrow Five patients were treated only with meglumine anti moniate, four patients were treated with only amphotericin B and twelve patient s were treated with both therapies. One or two relapses were seen in 56.7 pe rcent of patients. Only one patient died due to leishmaniosis
keywords: Leishmaniose
Epidemiologia
Transmissão
Aspectos Clínicos
Diagnóstico
Tratamento e Prevenção
DeCS: Leishmaniose Visceral
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
Medula Óssea
Contagem de Linfócito CD4/utilização
Leishmania infantum
Issue Date: 2007
Citation: OLIVEIRA, P. A. de. Leishmaniose visceral em pacientes infectados por HIVestudo de casos observados em Campo Grande, MS, 2000-2006. 2007. 62 f. Dissertação (Mestrado em Medicina Tropical) - Fundação Oswaldo Cruz, Instituto Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2007.
Date of defense: 2007-12-07
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Pós-Graduação em Medicina Tropical
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz
Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical
Copyright: open access
Appears in Collections:IOC - PGMT - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
pricilla_oliveira_ioc_dout_2007.pdf1.35 MBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.