Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/13512
Title: Avaliação da infecção por Hantavirus em amostras humanas e de roedores silvestres e sinantrópicos no Estado do Rio de Janeiro
Advisor: Lemos, Elba Regina Sampaio de
Members of the board: Santos, Flávia Barreto dos
Gentile, Rosana
Lamas, Cristiane
Santos, Renata Carvalho de Oliveira Pires dos
D`Andrea, Paulo Sérgio
Authors: Pereira, Liana Strecht
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Abstract: A síndrome pulmonar por hantavírus (SPH) tem sido registrada no Brasil desde 1993 e a transmissão para o homem ocorre através da inalação de partículas virais presentes em aerossóis de excretas de roedores infectados. No Brasil, nove genótipos virais caracterizados a partir de roedores e/ou humanos foram descritos, sendo seis comprovadamente patogênicos. Desde os primeiros registros, mais de 1600 casos humanos foram confirmados, com ampla distribuição entre a maioria dos estados brasileiros e alta taxa de letalidade. A SPH apresenta-se como doença febril aguda caracterizada pelo grave comprometimento cardiovascular e respiratório. Os pacientes podem exibir uma ampla variedade de manifestações clínicas, onde os sinais e sintomas podem ser confundidos com os de outras doenças. Assim é necessário o diagnóstico diferencial separando casos de SPH de outros agravos com manifestações clínicas semelhantes, como é o caso da dengue. Embora não existam relatos de casos humanos no estado do Rio de Janeiro, foram encontradas evidências sorológicas em humanos e confirmação de circulação de hantavírus patogênico entre roedores silvestres, mais especificamente, na espécie Oligoryzomys nigripes, no Parque Nacional da Serra dos Órgãos, em Teresópolis Neste cenário, este estudo teve como objetivos avaliar a infecção por hantavírus em amostras humanas e em amostras de roedores silvestres e sinantrópicos provenientes de diversos municípios fluminenses. Um total de 497 amostras de soro de pacientes negativos para dengue pelos testes sorológicos, cedidas pelo LACEN/RJ, provenientes de 25 municípios, e de 235 amostras de roedores provenientes de sete municípios, foram analisadas através do ensaio imunoenzimático para detecção de anticorpos anti-hantavírus da classe IgM e IgG (ELISA IgM e IgG) e de testes moleculares. Cinco amostras de pacientes (1%) procedentes dos municípios de Valença, Vassouras e Nova Friburgo foram ELISA-IgM reativas. Um roedor (0,42%) da espécie Oligoryzomys nigripes ELISA-IgG foi reativo no município de Valença. A ausência de RNA nas amostras humanas impossibilitou a realização de testes moleculares para caracterização e identificação do vírus, porém na amostra do roedor reativo foi possível detectar a variante viral Juquitiba como responsável pela infecção deste espécime Em conclusão, a identificação do hantavírus patogênico Juquitiba em roedores silvestres e a evidência sorológica de infecção em amostras humanas neste estudo reforçam a importância e a necessidade de vigilância da SPH no estado do Rio de Janeiro
Abstract: Toxoplasma gondii usually causes an asymptomatic infection, but it can present severity during pregnancy and in immunocompromised patients . Current therapies for toxoplasmosis are restricted only against tachyzoites, and have little or no effect on bradyzoites, which are kept in tissue cysts like source of the infection recrudescent. Consequently, new therapeutic alternatives have been proposed, as the use of Atovaquone that showed some effica cy against tachyzoites and bradyzoites in tissue cysts. In this work, we propose to study the effect of 3 - BrPA, a compound that is being tested against cancer cells, on the infection of LLC - MK 2 cells with tachyzoites of T. gondii (RH strain) . N o effect of 3 - BrPA on host cell proliferation and viability was observed. Evaluation of 3 - BrPA interference on in vitro growth of T. gondii showed a reduction in intracellular parasite proliferation about 55% after 24 h of treatment, and 61% after 48 h. Intracellular d evelopment of parasite, analyzed by SEM, showed morphological characteristics commonly found in tissue cysts. Incubation of cultures with DBA lectin confirmed the development of cysts and TEM showed the presence of bradyzoites. Moreover, we revealed the pr esence of degraded parasites and the influence of compound on endodyogeny. Another approach used was the treatment of infected cultures with combination of 3 - BrPA and Atovaquone. This r esulted in the reduction of intracellular parasites of 73% after 24 h o f treatment and 71% after 48 h, compared to control, besides the absence of cyst wall formation in these cultures. The refore, it is concluded that use of 3 - BrPA may pres ent as an important tool for study of: (i) in vitro c ystogenesis , (ii) the metabolism o f the parasite, requiring deeper understanding of the target of action of the compound in T. gondii , (iii) the alternatives metabolic pathways of the parasite, and (iv) the molecular / cellular triggered that led to death of the parasites mechanisms.
keywords: Rio de janeiro
DeCS: Síndrome Pulmonar por Hantavirus
Hantavirus
Infecções por Hantavirus/epidemiologia
Técnicas Imunoenzimáticas
Brasil/epidemiologia
Issue Date: 2014
Citation: PEREIRA, L. S. Avaliação da infecção por Hantavirus em amostras humanas e de roedores silvestres e sinantrópicos no Estado do Rio de Janeiro. 2014. 90f. Dissertação (Mestrado em Medicina Tropical) - Fundação Oswaldo Cruz, Instituto Oswaldo Cruz, Rio de janeiro, RJ, 2014
Date of defense: 2014-04-25
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Pós-Graduação em Medicina Tropical
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz
Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical
Copyright: open access
Appears in Collections:IOC - PGMT - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
liana_pereira_ioc_mest_2014.pdf4.59 MBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.