Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/13907
Title: Análise de fatores associados ao desenvolvimento da cárie dentária em uma coorte de crianças da atenção primária do Recife
Other Titles: Analysis of factors associated with the development of dental caries in a cohort of children of primary care in Recife
Advisor: Souza, Wayner Vieira de
Members of the board: Souza, Wayner Vieira de
Militão, Maria de Fátima
Cesse, Eduarda Ângela Pessoa
Lima, Marília de Carvalho
Oliveira, Angelo Giuseppe Roncalli da Costa
Authors: Melo, Márcia Maria Dantas Cabral de
Coadvisor: Goes, Paulo Sávio Angeiras de
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães. Recife, PE, Brasil
Abstract: Este estudo analisou fatores associados ao desenvolvimento da cárie em uma coorte de crianças da Atenção Primária à Saúde do Recife. Define-se como estudo analítico prospectivo, realizado por meio da comparação de dados de dois inquéritos sobre a prevalência de cárie na dentição decídua e fatores associados, realizados em 2006 (idade: 18-36 meses) e 2010 (idade: 5-7 anos). As crianças avaliadas em 2006 (n=1045) que foram recrutadas e reexaminadas em 2010 tiveram seus dados analisados neste estudo, o que correspondeu a 469 crianças. Calculou-se distribuição de freqüência do ceo-d, da incidência cumulativa e médias de incremento. Realizou-se, comparações de médias e proporções do ceo-d entre as amostras nas idades de 5-7 anos e de 5 anos, também, estudada em 2006. Para os fatores de risco do ceo-d=1, estimou-se OR brutas e IC95 por cento. Variáveis associadas ao desfecho com p = 0,20 em análises univariadas foram incluídas no modelo de regressão logística multivariado de cada idade, com critério de permanência no modelo final p = 0,10. Para os fatores de risco associados ao incremento ceo-d, usou-se análise multivariada com modelo binomial negativo. Houve aumento na prevalência e média ceo-d (18-36 meses e 5-7 anos: P= 28,6 por cento e 68,9 por cento; média=1,01 e 3,46). A incidência acumulada e incremento médio ceo-d foram, respectivamente, 8,71 por cento e 2,45. Houve melhoria no acesso ao tratamento restaurador medido pelo índice de cuidado para as idades de 5 anos (14,6 por cento) e 5-7 anos (20,7 por cento), com diferença significativa (p=0,05). Distintos preditores de risco foram encontrados, quando comparados os modelos para ceo-d=1 e para o incremento de cárie. Entretanto, foram comuns a ingestão de doces e o tipo de escola ser pública. Persistiram problemas identificados em 2006 relacionados ao contexto de vida das crianças e apesar de melhorias assistenciais, usar serviços privados foi fator de proteção (RR=0,68; IC95 por cento: 0,54 - 0,87)
keywords: Cárie Dentária Crianças Fatores de risco Saúde Bucal
DeCS: Cárie Dentária
Fatores Epidemiológicos
Criança
Fatores de Risco
Saúde Bucal
Issue Date: 2014
Publisher: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães
Citation: MELO, Márcia Maria Dantas Cabral de. Análise de fatores associados ao desenvolvimento da cárie dentária em uma coorte de crianças da atenção primária do Recife. 2014. 296 f. Tese (Doutorado em Saúde Pública) - Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães, Recife, 2014.
Date of defense: Maio 13, 2014
Place of defense: Recife/PE
Defense institution: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães
Program: Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública
Copyright: open access
Appears in Collections:PE - IAM - PPGSP - Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
188.pdf2.38 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.