Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/14457
Title: Intensificação do trabalho e saúde dos trabalhadores na indústria automobilística: estudo de caso na Mercedes Benz do Brasil, São Bernardo do Campo
Other Titles: Intensification of work and health of workers in the auto industry: a case study in the Mercedes Benz of Brazil, São Bernardo do Campo
Advisor: Stotz, Eduardo Navarro
Authors: Pina, José Augusto
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Este estudo analisa o processo de intensificação do trabalho e saúde dos trabalhadores na indústria automobilística a partir da percepção dos trabalhadores: o caso da MercedesBenz do Brasil, em São Bernardo do Campo. Com base no materialismo histórico que, na Saúde Coletiva, encontra sua expressão na determinação social do processo saúdedoença, realizamos levantamento e análise da literatura, dos dados secundários da produção automobilística e de documentos sindicais (acordos coletivos e artigos do Departamento de Saúde do Trabalhador do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC), assim como visitas à fábrica e 30 entrevistas com 3 grupos: 22 trabalhadores, 7 representantes sindicais da Comissão de Fábrica e 1 profissional do Departamento de Saúde doTrabalhador. Os resultados e a discussão destacam as práticas de exploração e expropriação dos trabalhadores por meio de cinco categorias: ritmo de trabalho;prolongamento do trabalho; administração por estresse; mobilidade interna do trabalhador; e trabalhador compatível . As mesmas práticas de intensificação dotrabalho na determinação dos acidentes de trabalho e das LER/DORT (perfilpredominante do trabalhador compatível ocupacional) integram o contexto em que se desencadeiam os transtornos psíquicos, as doenças cardiovasculares e do aparelho digestivo, bem como as manifestações de desgaste e de sofrimento difuso dos trabalhadores, ou seja, um processo implicado as penosidades no trabalho.Intensificação do trabalho é entendida como uma dimensão social particular daexploração, resultado e processo histórico de obtenção de um maior quantum de trabalho por unidade de tempo, e efetivada pela expropriação do conhecimento técnico e social possuído pelo trabalhador. Intensificação do trabalho e saúde caracteriza-se pela tendência das práticas de exploração / expropriação de enfraquecer a capacidade individual e coletiva do trabalhador para proteger sua saúde e questionar as determinações dos problemas e agravos à sua saúde. Esta pesquisa, a partir do caso estudado, contribui para o conhecimento científico do processo de trabalho e saúde por avançar na delimitação conceitual da intensificação do trabalho e saúde e, ao mesmo tempo, trazer indicações sobre os limites e as possibilidades postos à ação coletiva dos trabalhadores pelas condições históricas.
Abstract: This study analyses the work intensification process and workers’ health in the automotive industry from the workers’ point of view: the case of Mercedes Benz of Brazil, at São Bernardo do Campo. Based on the historical materialism, which at Collective Health expresses itself in the social determination of the health-disease process, we conducted a review and analysis of the literature, of the automotive production secondary data and of workers’ unions documents (collective agreements and articles from the ABC Metallurgical Union Department of Worker’s Health), as well as visits to the factory and 30 interviews with 3 groups: 22 workers, 7 union representatives from the Factory Commission and 1 Worker’s Health Department professional. The results and the discussion highlights workers exploration and expropriation practices via five categories: work pace; longer working times; management by stress; flexible worker; and readapted worker due to functional disability by occupational accident or occupational disease. The same work intensification practices that lead to occupational accident and Repetitive Strain Injuries - RSI (predominant profile of those readapted workers) comprise the context in which psychic disorders, cardiovascular and digestive tract diseases are triggered, as well as workers’ manifestation of wearing down and diffuse suffering, i.e., a process involved with the penibility at work. Labor intensification is understood as a particular social dimension of exploitation, a historical result and process of obtaining a larger quantum of work per each time unit, achieved by the expropriation of worker’s technical and social knowledge. Work intensification and health is characterized by the tendency of exploitation/expropriation practices of weakening individual and collective worker capacity to protect her health and to question the determination of her health problems and damages. Based on the case study, this investigation contributes to the scientific knowledge of the labor process and health by advancing in the conceptual delimitation of work intensification and health and, also, by indicating the limits and possibilities imposed to workers’ collective action by the historical conditions.
Keywords: Work intensification and health
Workers’ Health
Management by stress
Workers' wearing down
Diffuse suffering
Penibility at work
keywords: Intensificação do trabalho e saúde
Administração por estresse
Desgaste operário
Sofrimento difuso
Penosidade no trabalho
DeCS: Saúde do Trabalhador
Estresse Psicológico/epidemiologia
Indústrias/recursos humanos
Trabalhadores/psicologia
Carga de Trabalho/psicologia
Processo Saúde-Doença
Transtornos Traumáticos Cumulativos
Traumatismos da Coluna Vertebral
Issue Date: 2012
Citation: PINA, José Augusto. Intensificação do trabalho e saúde dos trabalhadores na indústria automobilística: estudo de caso na Mercedes Benz do Brasil, São Bernardo do Campo. 2012. 367 f. Tese (Doutorado em Saúde Pública) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2012.
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz.
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz, Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca.
Program: Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública
Copyright: open access
Appears in Collections:ENSP - PPG-SP - Teses de Doutorado
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ve_José_Pina_ENSP_2012.pdf2.97 MBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.