Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/14541
Title: Análise de sobrevida e das covariáveis a ela associada de pacientes em diálise do estado de Pernambuco no período de 2008 a 2012
Other Titles: Survival analysis and covariates associated with it, of Pernambuco’s dialysis since 2008 to 2012.
Advisor: Souza, Wayner Vieira de
Albuquerque, Maria de Fátima Pessoa Militão de
Members of the board: Souza, Wayner Vieira de
Lyra, Tereza Maciel
Montarroyos, Ulisses Ramos
Authors: Formiga, Nicéia Fernandes Barbosa
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães. Recife, PE, Brasil
Abstract: O crescimento das doenças renais crônicas (DRC) em todo o mundo vem ocorrendo aceleradamente. Este fato é influenciado pelo envelhecimento populacional e pelo aumento da prevalência da obesidade, principalmente quando associado às doenças cardiovasculares, hipertensão arterial e ao diabetes mellitus. A doença renal como um problema de saúde pública nas populações atuais gera altos custos com o tratamento, considerado o mais caro dentre as doenças crônicas. Diante disso, o objetivo do presente trabalho foi analisar o tempo e a probabilidade de sobrevida dos pacientes em diálise no estado de Pernambuco no período de 2008 a 2012, assim como identificar as covariáveis associadas a essa sobrevida considerando como desfecho o óbito relacionado à DRC e como eventos competitivos o transplante renal e o óbito por causa externa. Para tanto, foi realizado um estudo observacional a partir de uma coorte aberta de pacientes que fazem uso de diálise em Pernambuco. Primeiro foi construída uma base de dados estadual dos pacientes em diálise, composta por informações de três sistemas de informações do Ministério da Saúde, os quais foram unidos através da técnica de relacionamento probabilístico utilizando o aplicativo Reclink III. As análises feitas a partir do banco de DRC do estado de Pernambuco mostraram que a taxa de mortalidade anual foi de 11,2% pessoas/ano. O tempo médio de seguimento no estudo foi de 23,1 meses e as probabilidades de sobrevivência foram de 86,8% e 61,7% para o primeiro e quinto anos, respectivamente. O modelo de subdistribuição de risco proposto por Fine e Gray foi calculado e percebeu-se que as covariáveis que diminuem o tempo de sobrevida são: idade superior a 55 anos e morar no interior do estado. O estudo mostrou que os pacientes pernambucanos apresentam uma taxa de mortalidade semelhante à encontrada no México e uma probabilidade de sobrevivência maior do que a encontrada no Brasil no primeiro ano de seguimento.
keywords: Diálise Renal
Análise de Sobrevida
Linkage
Insuficiência Renal Crônica
DeCS: Insuficiência Renal Crônica/epidemiologia
Diálise Renal
Análise de Sobrevida
Perfil de Saúde
Seguimentos
Issue Date: 2015
Publisher: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães
Citation: FORMIGA, N. F. B. Análise de sobrevida e das covariáveis a ela associada de pacientes em diálise do estado de Pernambuco no período de 2008 a 2012. 2015. Dissertação (Mestrado acadêmico em Saúde Pública). Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães, Fundação Oswaldo Cruz, Recife, 2015.
Date of defense: Abril 30, 2015
Place of defense: Recife/PE
Defense institution: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães
Program: Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública
Embargo date: 2016-10-28
Copyright: open access
Appears in Collections:PE - IAM - PPGSP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTACAO_Niceia_Formiga_biblioteca.pdf1.84 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.