Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/15305
Title: Materiais educativos impressos sobre saúde sexual e reprodutiva utilizados na atenção básica em Belo Horizonte, MG: caracterização e algumas considerações
Other Titles: Printed educational materials about sexual and reproductive health used in basic care in Belo Horizonte, MG: characterization and some considerations
Authors: Nogueira, Maria José
Modena, Celina Maria
Schall, Virgínia Torres
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas René Rachou. Belo Horizonte, MG, Brasil
Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas René Rachou. Belo Horizonte, MG, Brasil
Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas René Rachou. Belo Horizonte, MG, Brasil
Abstract: Realizou-se uma análise inicial de materiais educativos impressos utilizados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Belo Horizonte (BH) sobre temas ligados à saúde sexual e reprodutiva. Foram considerados como pressupostos que a educação em saúde é uma prática que se desenvolve ao nível das relações sociais e que os meios de comunicação de massa e as interações cotidianas podem ser elos entre a população e os serviços de saúde. A partir da coleta de materiais impressos em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) da SMS/BH, foi realizada classificação, descrição e análise de conteúdo e ilustração dos mesmos. Para contemplar os significados atribuídos às dimensões sexuais e reprodutivas do corpo pelos adolescentes, mediados por um dos materiais, utilizou-se um grupo focal. Com os profissionais de saúde foram realizadas entrevistas semi- estruturadas. Destaca-se que os materiais são produzidos de forma vertical, tratando o público alvo como algo estanque e homogêneo, prevalecendo a temática DST/AIDS. Alguns dos materiais que focalizam a aids demonstram boa qualidade, apresentando uma linguagem objetiva, clara e ilustrações pertinentes. Contudo, na maioria, prevalece a abordagem da dimensão do corpo biomédico em detrimento de uma abordagem mais ampla da sexualidade. Fazem-se necessários avaliações e estudos de recepção para que a produção de material educativo esteja associada ao contexto existencial do público a que é direcionado e que critérios de qualidade dos mesmos estejam incluídos na formação dos profissionais de saúde.
Abstract: An initial analysis of printed educational materials used by the Municipal Health Office (MHO) of Belo Horizonte (BH) on themes linked to sexual and reproductive health was carried out. Premises were that health education is a practice developed at the social relations level and that mass media and daily interaction can be a link between the population and the health services. Printed material was collected from a Basic Health Unit (BHU) of the MHO/BH and its content was classified, described and analyzed. To study the meanings that teenagers attributed to the body’s sexual and reproductive dimensions, using one of the materials, a focal group was formed. Semi-structured interviews were carried out with health professionals. It should be emphasized that the materials are produced in a vertical manner, treating the target audience as an airtight and homogenous block, with the STD/AIDS thematic prevailing. Some of the materials focusing on aids display good quality, presenting an objective and clear language and pertinent illustrations. However, in the majority, the prevailing approach is that of the biomedical body in detriment to a broader approach to sexuality. Assessments and reception studies are needed so that the production of educational material can be linked to the target audience’s existential context and that quality criteria for these materials are included in health professionals’ training.
Keywords: Educational materials
Sexual health;
Reproductive health
Teenagers
keywords: Materiais Educativos
Saúde Sexual
Saúde Reprodutiva
Adolescentes
Issue Date: 2009
Publisher: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Comunicação e Informação Cientifica e Tecnológica em Saúde.
Citation: NOGUEIRA, M. J.; MODENA, C. M.; SCHALL, V. T. Materiais educativos impressos sobre saúde sexual e reprodutiva utilizados na atenção básica em Belo Horizonte, MG: caracterização e algumas considerações. RECIIS - Revista Eletrônica de Comunicação, Informação e Inovação em Saúde, Rio de Janeiro, v. 3, n. 4, p.169-179. 2009.
DOI: 10.3395/reciis.v3i4.727
ISSN: 1981-6278
Copyright: open access
Appears in Collections:ICICT - RECIIS - Volume 3 - Número 4
MG - IRR - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MARIA_NOGUEIRA_etal_CPqRR_2009.pdf1.68 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.