Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/16028
Title: Avaliação da Atividade Antiinflamatória dos Óleos Essenciais de Cinco Espécies de Myrtaceae
Other Titles: Evaluation of the Anti-inflamatory Activity of Essential Oils from Five Myrtaceae Species
Authors: Ramos, Mônica Freiman de Souza
Siani, Antonio Carlos
Souza, Mariana Conceição de
Rosas, Elaine Cruz
Henriques, Maria das Graças Muller Oliveira
Affilliation: Universidade Federal do Rio de Janeiro. Centro de Ciências da Saúde. Departamento de Medicamentos. Faculdade de Farmácia. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Tecnologia em Fármacos. Laboratório de Química de Produtos Naturais. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Tecnologia em Fármacos. Laboratório de Química de Produtos Naturais. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Tecnologia em Fármacos. Laboratório de Química de Produtos Naturais. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Tecnologia em Fármacos. Laboratório de Química de Produtos Naturais. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Os óleos essenciais obtidos das folhas de Eugenia brasiliensis, E. involucrata, E. jambolana, Psidium guajava e P. widgrenianum (Myrtaceae) foram extraídos por arraste a vapor e analisados por CG/EM e correlação com os Índices de Retenções. Os constituintes voláteis foram testados quanto à atividade antiinflamatória nos modelos de pleurisia induzida por zimozan e lipolissacarídeo (LPS). O pré-tratamento de camundongos com os óleos até a dose de 100 mg/Kg, na forma de lipossomas p.o., não inibiram o acúmulo de leucócitos ou o extravasamento de proteínas, na pleurisia induzida por zymozan. O óleo essencial de E. jambolana, no entanto, foi efetiva em inibir os leucócitos totais (56% a 200 mg/Kg) e a migração de eosinófilos, na pleurisia induzida por LPS (74% a 100 mg/Kg), mas nenhuma correlação dose-resposta foi observada. O óleo essencial de P. widgrenianum apenas demonstrou efeito inibitório sobre a migração de eosinófilos (70% a 100 mg/Kg). Os óleos mais ativos de E. jambolana quanto P. widgrenianum também foram testados quanto à habilidade em inibir a produção de óxido nítrico in vitro. O primeiro foi extremamente potente (100%), com efeito dose-dependente, enquanto o segundo demonstrou apenas um efeito moderado (51%), quando testados abaixo das doses citotóxicas (25 μg/poço). Os perfis cromatográficos dos óleos essenciais revelaram a predominância de sesquiterpenos nas espécies E. brasiliensis, E. involucrata e P. guajava, enquanto que os monoterpenos foram mais relevantes em P. widgrenianum e foram predominantes em E. jambolana.
Abstract: The essential oils obtained from leaves of Eugenia brasiliensis, E. involucrata, E. jambolana, Psidium guajava and P. widgrenianum (Myrtaceae) were extracted by steam distillation and analyzed by GC/MS and correlation of Retention Indices. The volatile constituents were assayed for their activity as anti-inflammatory agents in the zymosan and lipopolysaccharide (LPS)-induced inflammatory models. Pre-treatment of mice with any of the oils at up to 100 mg/Kg as liposomes, p. o. had no inhibitory effect on leukocyte accumulation or protein leakage in zymosan-induced-pleurisy. E. jambolana was however effective in inhibiting total leukocyte (up to 56% at 200 mg/Kg) and eosinophil migration in LPS-induced pleurisy (up to 74% at 100 mg/ Kg), but no dose-response correlation was observed. P. widgrenianum showed inhibitory effect only on eosinophil migration (up to 70% at 100 mg/Kg). Both EJ and PW were also assayed for ability to inhibit in vitro nitric oxide production. EJ inhibited NO production potently (up to 100%) and in a dosedependent manner, whereas PW showed only an effect moderate (51%), when tested below the cytotoxic dose (25 μg/well). Chromatographic profiles of the essential oils showed the predominance of sesquiterpenes in oils of E. brasiliensis, E. involucrata and P. guajava, whereas monoterpenes were more important in P. widgrenianum and predominant in E. jambolana.
Keywords: Myrtaceae
Eugenia
Psidium
Essential Oil
Anti-inflammatory Activity
keywords: Myrtaceae
Eugenia
Psidium
Óleos Essenciais
Atividade Antiinflamatória
DeCS: Myrtaceae
Eugenia
Psidium
Issue Date: 2006
Publisher: Fundação Oswaldo Cruz. Farmanguinhos. Núcleo de Gestão em Biodiversidade e Saúde.
Citation: RAMOS, M. F. S. et al. Avaliação da atividade antiinflamatória dos Antiinflamatória dos óleos essenciais de cinco espécies de Myrtaceae. Revista Fitos, [S.l.], v. 2, n. 2, p. 58-66, 2006.
ISSN: 2446-4987
Copyright: open access
Appears in Collections:Farmanguinhos - Revista Fitos - Volume 2 - Número 2
Farmanguinhos - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
14.pdf340.76 kBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.