Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/16452
Title: Envolvimento do nódulo sinusal na Doença de Chagas
Authors: Andrade, Zilton de Araújo
Camara, Edmundo José Nassri
Sadigursky, Moysés
Andrade, Sonia Gumes
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz. Salvador, BA, Brasil
Universidade Federal da Bahia. Faculdade de Medicina. Departamento de Medicina Interna. Salvador, BA, Brasil
Universidade Federal da Bahia. Faculdade de Medicina. Departamento de Medicina Interna. Salvador, BA, Brasil
Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz. Salvador, BA, Brasil
Abstract: Foi encontrada acentuada fibrose, acompanhada de atrofia e fragmentação das fibras específicas, no nódulo sinusal em todos os 11 casos em que esta estrutura foi investigada através de cortes seriados em portadores de miocardiopatia crônica chagásica. A lesão sinusal tinha aspecto cicatricial, em contraste com o ativo processo inflamatório crônico encontrado no miocárdio de todos os casos. Apenas em um destes casos, a disfunção sinusal se apresentava clinicamente bem evidente. Estes achados sugerem que o envolvimento do nódulo sinusal se faz freqüentemente e intensamente nos chagásicos crônicos e que a sua exteriorização clínica pode passar despercebida se testes apropriados não forem utilizados. Em complementação a este estudo, foi feita investigação experimental em que 7 cães jovens, com miocardite chagásica aguda, foram submetidos a duplo bloqueio autonômico com atropina (0,4 mg/kg) e propranolol (2,25 mg/kg) para obtenção da freqüência sinusal intrínseca. Esta foi de 169 ± 5,4 antes da infecção. Aos 18 dias após a inoculação, 60% dos cães exibiam diminuição da FSI (> 10%), sendo considerados portadores de disfunção intrínseca do nódulo sinusal. Ao exame histológico constatou-se acentuado processo de miocardite, a qual se estendia e destruia parcialmente o nódulo sinusal. Este nódulo parece assim vulnerável às alterações da miocardite chagásica e seu envolvimento morfológico-funcional ocorre diretamente e não apenas após destruição do sistema nervoso autonômico.
Abstract: Marked diffuse fibrosis plus atrophy and fragmentation of specific fibers were found in all 11 sinus nodes examined by serial sections from subjects with chronic Chagas’ heart disease. The sinus lesion resembled a scar, in contrast with the process of chronic inflammation going on in the contractile myocardium. Only in one patient from this series a clinically detectable sick sinus syndrome was evident. However, the anatomical findings are suggestive that the involvement of the sinus node in Chagas’ disease is frequent and that its clinical expression may pass unoticed, unless appropriate investigation is undertaken. To add some experimental data to the above study, a double autonomic blockade was made in 7 young dogs with acute Chagas’ myocarditis by means of atropin (0.4 mg/kg) and propranolol (z.25 mg/kg) in order to obtain the intrinsic sinus rate. This latter reached 169 + 5.4 before infection. Eighteen days later, 60% of the animals presented a decreased intrinsic sinus rate which was considered as sinus node disfunction. Severe inflammatory changes were found in the myocardium, as well as within the sinus node causing its partial destruction. Thus, the sinus node appears vulnerable to the changes occuring in Chagas’ heart disease, independently from the indirect alterations which may involve the intrinsic autonomic nervous system.
Keywords: Chagas disease
Sinus node
Chagas cardiomyopathy
Chagasic myocarditis
Animals
keywords: Doença de Chagas
Nodulo sinusal
Miocardiopatia chagásica
Miocardite chagásica
Animal
Issue Date: 1988
Publisher: Sociedade Brasileira de Cardiologia
Citation: ANDRADE, Z. A. et al. Envolvimento do nódulo sinusal na Doença de Chagas. Arquivos Brasileiros de Cardiologia, v. 50, n. 3, p. 153-158, 1988.
ISSN: 0066-782X
Copyright: open access
Appears in Collections:IGM - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Andrade, Z. Envolvimento do nódulo...pdf66.51 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.