Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/16796
Title: Resposta imune de Rhodnius prolixus frente à infecção por Trypanosoma cruzifunção de espécies reativas de nitrogênio na interação parasita, vetor e microbiota
Advisor: Castro, Daniele Pereira de
Members of the board: Bruno, Rafaela Vieira
Moreira, Octacilio da Cruz
Gonzalez, Marcelo Salabert
Pereira, Daniela de Pita
Vigoder, Felipe de Mello
Authors: Gomes, Kate Katherine da Silva Batista
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Abstract: O desenvolvimento completo de Trypanosoma cruzi no hospedeiro invertebrado depende de muitos fatores, dentre os quais as respostas imunes, como a produção de espécies reativas de nitrogênio, e o crescimento de bactérias no trato intestinal dos insetos, são os principais. Assim, investigamos os efeitos de espécies reativas de nitrogênio no inseto vetor, Rhodnius prolixus, sobre a infecção por T. cruzi, a microbiota bacteriana intestinal e sinalização de outras respostas imunes no inseto. Para isto, tratamos ninfas de quinto estádio de R. prolixus com L-arginina, o substrato para a produção de espécies reativas de nitrogênio, e L-NAME, o composto análogo que inibe a ação da óxido nítrico sintase. Ambos os compostos foram administrados oralmente por alimentação e por inoculação na hemocele dos insetos. Os efeitos dos tratamentos sobre as diferentes respostas imunológicas em diferentes tecidos de insetos infectados ou não com T. cruzi Dm28c e efeito sobre a quantidade de bactérias cultiváveis da microbiota intestinam foram analisados L-arginina aumentou a produção de óxido nítrico, reduziu a quantidade de parasitas, aumentou a quantidade de bactérias e diminuiu a atividade antibacteriana contra Serratia marcescens no trato digestivo dos insetos tratados por via oral. A inoculação da droga na hemocele, diminuiu a expressão do gene da óxido nítrico sintase induzível um dia após a aplicação e aumentou a expressão do peptídeo antimicrobiano, defensina C no intestino um dia após a inoculação. No entanto, o tratamento oral com a L-NAME, resultou em menor produção de óxido nítrico na hemolinfa, um aumento do número de parasitas e redução de atividade fenoloxidase no trato digestivo dos insetos. Após a inoculação de L-NAME, observou-se uma menor expressão de sintase de óxido nítrico e aumento da expressão de defensina C na gordura corporal. Conclui-se que o óxido nítrico desempenha um papel fundamental na modulação da imunidade de insetos, que influencia a interação entre o parasita, a microbiota e fisiologia do inseto
Abstract: The whole development of Trypanosoma cruzi in the invertebrate host depends on many factors, from which the immune responses such as the production of reactive nitrogen species and the growth of bacteria found in the intestinal tract of the insects are the principal. Thus, we investigated the effects of reactive nitrogen species in the insect vector, Rhodnius prolixus, on the infection of T. cruzi, the intestinal bacterial microbiota and signaling of other insect immune responses. Therefore, we treated fifth stage nymphs of R. prolixus with L-arginine, the substrate for production of reactive nitrogen species and L-NAME, the analogue compound that inhibits the action of nitric oxide synthase. Both compounds were given orally by feeding and by inoculation in the hemocele of the insects. The effects of treatments on different immune responses in different tissues of insects or not with T. cruzi Dm28c and effect on the amount of cultivable bacteria of the intestinal microbiota were analyzed L-arginine increased nitric oxide production, reduced the amount of parasites, increased the amount of bacteria and decreased the antibacterial activity against Serratia marcescens in the digestive tract of the insects orally treated. The inoculation of the drug in the hemocele, decreased the gene expression of inducible nitric oxide synthase one day after application and increased the expression of the antimicrobial peptide, defensing C in the intestine one day after inoculation. However, the oral treatment with L-NAME, resulted in lower production of nitric oxide in the hemolymph, and increase of the parasite number and reduction of phenoloxidase activity in the digestive tract of the insects. After the inoculation of L-NAME, we observed a lower expression of the nitric oxide synthase and increased expression of defensing C in the fat body. We conclude that nitric oxide plays a fundamental role in insect immunity modulation, influencing the interaction between the parasite, the microbiota and the insect phisiology
DeCS: Rhodnius
Trypanosoma cruzi
Doença de Chagas
Insetos/imunologia
Microbiota
Issue Date: 2016
Citation: GOMES, Kate Katherine da Silva Batista. Resposta imune de Rhodnius prolixus frente à infecção por Trypanosoma cruzi função de espécies reativas de nitrogênio na interação parasita, vetor e microbiota. 2016. 69f. Dissertação (Mestrado em Biologia Parasitária) - Fundação Oswaldo Cruz, Instituto Oswaldo Cruz, Rio de janeiro, RJ, 2016
Date of defense: 2016-03-28
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Pós-Graduação em Biologia Parasitária
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz
Program: Programa de Pós-Graduação em Biologia Parasitária
Copyright: open access
Appears in Collections:IOC - PGBP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
kate_gomes_ioc_mest_2016.pdf20.64 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.