Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/177
Title: As concepções de risco e de prevenção segundo a ótica dos usuários de drogas injetáveis
Other Titles: The concepts of risk and prevention from the perspective of injecting drug users
Authors: Deslandes, Suely Ferreira
Mendonça, Eduardo Alves
Caiaffa, Waleska Teixeira
Doneda, Denise
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Fernandes Figueira. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Fernandes Figueira. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Medicina. Departamento de Medicina Preventiva e Social. Belo Horizonte, MG, Brasil.
Brasil. Ministério da Saúde. Coordenação Nacional de DST/AIDS. Brasília, DF, Brasil.
Abstract: O presente estudo objetivou analisar, em caráter exploratório e segundo uma abordagem qualitativa, a ótica dos usuários de drogas injetáveis (UDI) sobre: (a) riscos associados à prática injetável; (b) riscos frente ao HIV/AIDS; (c) prevenção diante do HIV/AIDS. O estudo foi feito em cinco cidades que possuíam o Projeto de Redução de Danos (Projeto AjUDE-Brasil). Foram realizadas quarenta entrevistas semi-estruturadas. O conceito de “risco” foi a categoria chave deste trabalho. Os UDI apontam que os principais riscos que correm são os de “pegar doenças”, a “overdose” e a violência. Articulam estratégias para lidar com esses riscos ou minimizálos. Revelam alto nível de informação geral sobre HIV/AIDS,mas pouco conhecimento sobre reinfecção e outras doenças transmitidas pelo sangue. Os UDI tentam seguir as recomendações das campanhas de saúde; porém, enfrentam as dificuldades impostas pelas práticas de adição. Sugerem estratégias alternativas e demonstram uma leitura particular do conceito de “compartilhamento”.
Abstract: This paper provides an exploratory analysis, using a qualitative approach, to perceptions by injecting drug users (IDUs) on: (a) risks associated with injecting practices; (b) risks of HIV/AIDS; and (c) prevention of HIV/AIDS. The study was conducted in five harm reduction programs in Brazil (the AjUDE-Brasil Project). Forty semi-structured interviews were carried out. The study focuses on the concept of “risk”. IDUs were mainly concerned over becoming ill and exposure to overdose and violence. IDUs dealt with individual problems in very specific ways in order to minimize them. They admitted that they were well informed about HIV/AIDS but lacked knowledge on reinfection and other bloodborne diseases. IDUs intended to follow guidelines established by health campaigns, but their addiction usually made it difficult. IDUs also suggested alternative harm reduction strategies and displayed a peculiar reading of concepts concerning sharing their injecting paraphernalia.
Keywords: HIV
Sindrome de Imunodeficiência Adquirida
Drogas Ilícitas
Keywords: HIV
Adquired immunodeficiency syndrome
Street Drugs
DeCS: Abuso de substâncias por via intravenosa
Infecções por HIV - transmissão
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
Fatores de Risco
Issue Date: 2002
Citation: DESLANDES, Suely Ferreira et al. As concepções de risco e de prevenção segundo a ótica dos usuários de drogas injetáveis. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 18, n. 1, p. 141-151, jan./fev. 2002.
ISSN: 0102-311X
Copyright: open access
Appears in Collections:IFF - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
concepcoes risco prevencao segundo otica usuario.pdf81.99 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.